Viagem

Vontade de conhecer ou morar na África?

21/01/2011

Já deu pra perceber que ando numa vibe viagem, né? Ando pentelhando todos os amigos ‘viajadouros’ (hahaha) para que eles colaborem com um post especial aqui no blog. 🙂

“Jambo!!

Pois então, a pedido da querida Paula e completando essa série sobre viagens pelo mundo, estou eu aqui escrevendo um pouquinho sobre um dos continentes menos explorados e lembrados pelos viajantes. Acredito que não seja pela falta de belezas naturais, como vocês logo irão ver, mas pela falta de informação, infra-estrutura e possivelmente um pouquinho de medo da grande maioria.

Antes de começar a escrever enlouquecidamente sobre a África, vou me apresentar. Meu nome é Tiago Bortolin Maciel, sou natural de Santa Maria, RS , formado em Administração de Empresas pela UFSM. Estou morando na África desde julho de 2010, mais especificadamente em Moçambique, na província de Tete. Trabalho em uma mineradora brasileira que tem um projeto no norte de Moçambique.

Morar e viajar pela África não é aquele bicho de 300 cabeças que sempre ouvimos por aí. É claro, é um lugar TOTALMENTE diferente do Brasil, principalmente quando falamos em termos de infra-estrutura de cidades, níveis de corrupção do governo (altíssimos e completamente escancarados) e cultura. E aqui, toco no principal assunto de uma viagem para a África. A África é cultura PURA. Diferente da cultura que tu vais conhecer na França, uma cultura documentada e estudada por todos, a cultura africana é MUITO forte, inexplorada e é simplesmente lindíssima. E o pior? Ela está sumindo com o “desenvolvimento” do continente. Veja este exemplo: Nyau.

Além da cultura, esse é um lugar de beleza naturais intocadas. Lugares paradisíacos, animais exóticos, pessoas e culturas inalteradas, aqui tu encontras tudo isso. Para quem é fã de fotografia (como eu), isso é o paraíso! Pode se fotografar o dia inteiro, se quiser.

Para quem tem tempo, há muito o que se visitar na África e as viagens podem ser feitas com os mais variados tipos de budget. Aqui, tu encontra como viajar nos mesmos lugares onde tu encontra sobre a Europa. Hostelworld, Tripadvisor e sites do gênero, possuem hotéis e hostels cadastrados nos principais pontos turísticos da África. Diárias podem variar de 10 USD a 500 USD, é uma questão de escolha.

Infelizmente, não é tão fácil viajar de avião, pois se tu não mora ou está em capitais, o deslocamento já é mais limitado. Mas dentro dos países, dá pra viajar de forma bem barata com os transportes “públicos”. Mas nessas viagens assim, tem que ser aventureiro mesmo, não é tão fácil de aguentar uma viagem longa dividindo um carro que teoricamente cabem 8 pessoas, com umas 20 dentro.

Uma coisa ótima aqui na África é que o povo é muito receptivo (pelo menos nas minhas experiências), em especial em Moçambique – tratam os estrangeiros muito bem. É um povo muito aberto e muito feliz. Muitas vezes isso faz tu pensar novamente sobre os teus problemas, afinal, um povo que passa a dificuldade que passa, sorri mais que a gente. Será que não estamos exagerando nos nossos problemas não? Eles podem te ajudar a organizar tuas viagens de uma maneira barata, mesmo não tendo todas as informações, poderão lhe dar uma linha guia de como começar a organizar a trip.

Mas nem tudo é um mar de rosas ao viajar pela África. O grande problema aqui são os funcionários de aeroporto, migração, policiais etc. Esses, que deveriam ser os maiores ajudantes dos viajantes, infelizmente ainda utilizam seu poder e se aproveitam da falta de informação dos turistas para tirar proveito financeiro dos visitantes. É muito importante ter noção dos seus direitos e procedimentos para evitar problemas em excesso durante sua viagem.

Ficarei por 1 ano morando em Moçambique. Desde de julho de 2010 já tive o prazer de visitar alguns lugares dentro e aos arredores de Moçambique. Entre eles: Lago Cahora Bassa e Ilha de Inhaaca (Moçambique), um safári no South Ludwanga National Park (Zâmbia), Dar Es Salaam e Ilha de Zanzibar (Tanzânia) e Lago Niassa (Malawi). Fora esses lugares, já tenho confirmada uma ada a Joanesburgo na Africa do Sul e tenho interesse em conhecer mais o Zimbabwe, Suazilândia, Kenya e Botswana antes de ir embora. Veremos se vou conseguir.

Todos lugares que visitei são ALTAMENTE recomendados para qualquer viajante, mas vou escrever de um em especial, a Ilha de Zanzibar.

Quando decidi que não iria para o Brasil na virada do ano, fiquei me perguntando que viagem valeria a pena a ponto que compensar a minha saudade do Brasil. Para minha sorte, uma amiga que viajou pela África havia  comentado de um paraíso não muito conhecido chamado Zanzibar.

Zanzibar é uma Ilha do Complexo de Pemba na Tânzania que antigamente era um ponto central de comércio de escravos. A 2 horas de barco da capital Dar Es Salaam (ou 35 min de avião), é uma ilha perfeita para uma lua-de-mel. Primeira dica: ou você vai para Zanzibar com alguém (em formato casal) ou planeje uma ida com vários amigos. Não é um lugar com uma vida noturna agitada nem com uma grande quantidade de solteiros.

A ilha é muito bonita e realmente muito romântica. Os hóteis da região de Nungwi (considerada a região mais bonita da ilha) são muito preparados e o povo é muito tranquilo. Pelo menos acho que tive muita sorte em ficar em um hotel no qual os funcionários e os donos eram muito gente boa e muito atenciosos. Como é um ponto turístico muito interessante, grande parte do povo fala inglês então a comunicação é fácil.

Não existe 1 milhão de coisas para fazer na Ilha, além de visitar Stone Town (cidade principal da Ilha, a 1h 30min de Nungwi), que é uma cidade super antiga toda feita de pedra e que é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e conhecer um pouco da culinária e feiras locais. O bom mesmo é aproveitar as praias. Além de um mar azul e transparente de uma maneira inacreditável, o clima do lugar dá uma vontade muito grande de descansar. O ideal é uma visita a ilha de uns 5 dias, 2 dias fazendo atividades de turismo, e outros 3 apenas para relaxar e curtir o hotel, praia e sol.

Quando fui, no natal de 2010, fiquei apenas 2 dias e meio devido a uma troca inesperada da minha passagem de volta pela empresa aérea de Moçambique. Mas mesmo assim, valeu a pena, só foram dias corridos para conhecer o mínimo do lugar, que para mim eram: 1) Conhecer Stone Town; 2) Caminhar pelas praias, conhecer a aproveitar o mar; 3) Ir de barco até os arredores da Ilha de Mnemba e fazer snorkling (mergulho) e comer um peixinho assado em pleno mar.

Com certeza foi uma das viagens mais maravilhosas da minha vida e indico para qualquer pessoa que tiver condições de vir. Se for fazer um mochilão pela Africa, pode colocar nos seus Must see. Meu único arrependimento foi ter sido tão pouco tempo.

Se você quiser conhecer melhor  Zanzibar e uma descrição mais detalhada da viagem, pode acessar o meu blog pessoal: DOTS CONNECTED . Lá, conto direitinho sobre tudo, inclusive com mais fotos e detalhes. Dar Es Salaam e Stone Town / Zanzibar (Nungwi). Os relatos das outras viagens e das minhas percepções e pensamentos aqui na África também podem ser encontrados no blog pessoal. Rapidamente o link dos outros paraísos que pude conhecer: Songo, Ilha de Inhaaca e Zambia.

Para quem tiver a chance de vir para a África é bom se organizar e tentar conhecer o lugar o máximo possível, planejando bem a viagem. O que mais me fez ficar aqui na virada do ano e não ir para o Brasil foi pensar em quantas outras vezes na vida eu teria a chance de estar em plena África e conhecer esse continente… Acho que isso serve para todos; a viagem para cá não é algo muito comum, então o negócio é aproveitar o máximo.

Acho que ainda temos muito o que conhecer do mundo, e com certeza absoluta eu afirmo: a África é um lugar muito inexplorado e MUITO lindo para ser deixado para trás por aqueles que amam conhecer lugares e culturas diferentes.

Aos que quiserem mais informações, sintam-se à vontade para perguntar, estarei à disposição a responder e ajudar, é só me procurar pelo blog.

http://dotsconnected.wordpress.com

HAKUNA MATATA (“Não há problema” em Swahili, língua local em Zanzibar).”

PS: Se você ainda se pergunta o que é o Jambo lá do início, é “Oi” em Swahili!

21 amaram.

Você também poderá gostar

29 Comentários

  • Responder Patrícia Maia 21/01/2011 at 10:40 am

    Paula,
    Meu marido foi para a África do Sul um pouco antes de me conhecer e amou. Ele está doido para programar uma nova viagem a África para me apresentar a este continente.
    Ele não ficou só na África do Sul, mas com o tempo que teve (20 dias) não teve como conhecer tudo o que queria.
    Uma coisa muito importante antes de ir é se informar muito sobre os países nos quais irá passar. A África ainda é um continente em que alguns lugares são perigosos. Temos um amigo que morava em Angola e voltou desesperado após um assalto super brutal ocorrer no apartamento ao lado do dele, isto porquê ele morava no bairro mais seguro da cidade.
    Mas, fora os países em guerra e com altíssimos índices de violência, parece ser um continente maravilhoso.
    Bjs

  • Responder Carol Marques 21/01/2011 at 10:46 am

    Que delícia de post!!!
    Tb amo viajar e quero um dia conhecer a Africa!

    Beijo!

  • Responder Catarine Menezes 21/01/2011 at 1:13 pm

    Oi Paulinha,
    olha eu sou mto urbana… e a Africa do Sul (da qual voltei ha cerca de 2 semanas) realemtne surpreeende! eita lugar lindo, limpo, com estradas amplas e boas!!!
    claro que são heranças da copa.. mas gente AMEI!!!!
    mas ja aviso: nao é lugar pra qm goosta de desvendar a cidade de metro, trem e bus (como eu adoro fazer).. Pois esses serviços são inexistentes ou precarios.
    Vale a visita!!!!

    beeijo

  • Responder Rosana 21/01/2011 at 1:32 pm

    Morei um ano e meio em Moçambique e retornei ao Brasil há três dias… Concordo com muita coisa que o Tiago disse, mas gostaria de fazer uma pequena observação: África é um continente gente! Não dá pra dizer “eu conheço a África” se você só esteve em alguns países… Moçambique, por exemplo, não tem muito a ver com a África do Sul, apesar de serem vizinhos… Não quero parecer chata, mas acho importante fazer esta observação…

    • Responder Tiago Maciel 31/01/2011 at 12:36 pm

      Rosana,

      De maneira alguma quis generalizar a Africa no resumo de países que eu pude visitar até agora. Quando dizemos em visitar a Africa, falamos como quem diz que está indo para a Europa, Asia ou algo assim… sem querer transformar aquele continente gigante em um país só. Concordo contigo que Africa do Sul é um caso a parte dentro da Africa (apesar de não ter ido ainda para lá, conheço por fotos dos amigos que foram), mas inclusive ele é um dos únicos que se difere principalmente nos pontos abordados por mim acima.

      Belezas naturais, corrupção, problemas sociais são algo generalizado pelo continente inteiro… Salvando-se dos males apenas alguns países com IDH alto (Líbia, Tunísia, Mauricia e Argélia)… Países que inclusive, acho que não conseguirei visitar…

      Mas é isso, concordo com a tua colocação, acredito que se dei a expressão foi apenas um vício de linguagem.

      Bjo

  • Responder Flavia Mariano 21/01/2011 at 2:09 pm

    A África nunca esteve nos meus planos. Bicho não tem nada a ver comigo. e é nisso que as pessoas logo pensam: safari.

    Mas ai me rendi ao Marrocos (AMEI) e depois ao Egito (gostei…). Como viajante (fresca) do mundo, concordo com a Rosana que não só a África , mas qualquer local do mundo, você não pode dizer que conhece total, afinal, nem o Brasil a gente dá conta de entender muito bem.

    Mas na boa? Com essa dica maravilhosa da Ilha de Zamzibar, ainda não me animo a colocar o restante da África no meu roteiro, ao menos de 2010, apesar de amar ler livros sobre os conflitos, até recomendo para quem quer ir para essas bandas, afinal, conhecer a história é o primeiro passo para a viagem:

    – Muito longe de casa, história de um menino soldado – Maravilhoso! Amei!
    – Sobrevivi para contar – rapidinho e bom.
    – A mordida na manga – também é 10, mas um pouco forte…

    Relaxar nessas águas com um bom livro? Quer mais o que da vida?

    Beijos

  • Responder Mirella G Sousa 21/01/2011 at 3:35 pm

    Paulinah tá me devendo uma visitinha no meu blog…dá uma força…bjooo

  • Responder Claudia Anderson 21/01/2011 at 5:22 pm

    Que vontade de cair naquele mar…lindo demais,parabéns para o Tiago que pode curtir essa beleza aonde muitos acreditam ser o berço da vida ….Paula coloque bastante postagens assim pra gente curtir e conhecer um pouco mais esse mundo a fora…..

  • Responder Nayanne Louise 21/01/2011 at 5:28 pm

    Olá Paula!

    Tenho sim vontade de visitar a África, porém, morar já vejo como algo difícil para me adaptar.

    Bem, acompanho seu trabalho há um tempo, sou blogueira também e agora estou de endereço novo. Confere lá? http://www.parisdm/parecomuderna

    Obrigada, beijos.

  • Responder Raquel 21/01/2011 at 6:04 pm

    Eu regressei à pouco tempo depois de 3 anos em Cabo Verde. É tudo mto diferente do que estamos habituados, mas se no início se estranha,depois confesso que deixa saudade. Mas quem sabe s voltarei a áfrica…provável…

  • Responder Yasmine 21/01/2011 at 7:33 pm

    Amei o post! Tenho uma grande amiga caboverdiana e sonho em ir para lá visitá-la.
    Beijo,
    Yasmine

  • Responder Louise 21/01/2011 at 8:48 pm

    Olá,

    Eu morei 1 ano e meio na cidade de Beira em Moçambique, conheço Tete e boa parte da África.
    O mais incrível de ter morado lá, foi aprender a se contentar com a vida que se tem. Ás vezes, parece que o mundo vai acabar se você não tiver tal carro ou aquele celular e lá, você vê pessoas que nem sabem se irão ter o que comer à noite, mas estão felizes, com aquele sorriso escancarado no rosto. Isso é uma lição e tanto de vida.
    Realmente não tem como comparar a África do Sul com qualquer outro país da África… as diferenças são absurdas! É como se a África do Sul fosse a cidade e os outros países a área rural de antigamente…
    Enfim, vale a pena sim uma visita à África e um safari noturno é imprecindível.

    Beijo!

  • Responder Thaís Cannavezes 21/01/2011 at 10:30 pm

    Oii Paula, primeira vez que comento aqui, mas venho frequentemente ver as novidades. Até comprei minhas sombras com o Tio Coreano por confiar no seu blog e ver o quanto você o elogia ( e elas chegaram ontem lindas&maravilhosas).
    Enfim, me animei pra comentar, hahahaha.
    Nossa, nunca pensei em visitar a África, mas com esse post confesso que fiquei com muuuita vontade. rs Lugar divino!
    Posta mais lugares legais pra gente conhecer!
    Beeijos

  • Responder Dâmaris Oliveira 23/01/2011 at 10:28 am

    Querida!

    que post bacana. África está na minha lista de desejos de viagem….lindas fotos e ótimo texto.

    Agradeço se puderes participar deste meu bloguito iniciante, ainda tímido:
    http://www.quebela.blogspot.com

    bjos
    Dâmaris

  • Responder Bebel 23/01/2011 at 6:34 pm

    AMEI o post, Tiago (e Paula)!!!
    Sou carioca e morei em Angola por quase três anos. Não cheguei a viajar pela África como o Tiago mas ele acertou em cheio em tudo o que disse no post, sem tirar nem por, sobre a receptividade, as belezas, a cultura em todos os cantos…
    Um post como esse só me deixa mais feliz de saber que metade de mim vem desse continente lindo, e como tem gente bacana no mundo que tá pronta pra derrubar qualquer pré-concepção sobre os países africanos e se aventurar por eles. E, é claro, me deixou com mais vontade ainda de passear por lá!
    Um beijo!

    • Responder Paula Sweetest Person Blog 24/01/2011 at 8:08 pm

      quem é vivo sempre aparece!
      saudades tuas, guria!!

  • Responder Danni 24/01/2011 at 2:50 pm

    Que legal esse post do Tiago!

    Tenho acompanhado os posts no blog dele e me parece que a vida na África é realmente incrível. Tô com vontade de conhecer crescente!! HAHAHA

    Muito legal essa tag Viagem, Paulinha! Keep it coming! 😀
    Bjos

  • Responder Daniele Pinna 06/05/2011 at 4:06 pm

    Olá Tiago,

    Muito legal seu relato. Eu e meu namorado estamos viajando de carro pelas Américas e já estamos de olho na África e quanto mais informações melhor. Já estivemos no Egito e gostamos bastante, mas este é um pedaço pequeno deste grande continente que certamente merecer ser explorado mais intensamente.
    Abraços,

    Daniele

  • Responder Ygor 14/09/2011 at 6:47 pm

    Ola amigos, em janeiro de 2012 estarei embracando para Africa do sul e gostaria de tirar algumas duvidas e quem sabe até pegar algumas dicas.

    Como os brasileiros são tratados na Africa?
    E como fica a ofertas de empregos?
    Quanto custa em media um ap basicão em Joanesburgo?

    Bem essas são as principais, segue meu e-mail : ygor.geann.leite@gmail.com

    Desde já agradeço, um grande abraço!

  • Responder Laiz 15/12/2011 at 9:36 pm

    Olá Tiago,

    ano passado estive na África do Sul com meu noivo, passamos dois meses em Cape Town.
    Voltei pro Brasil pra encerrar a faculdade, me formei em Odontologia, estou trabalhando, mas desde então, procuramos uma oportunidade na África, para voltar e tentar morar permanentemente.
    Quando estava no voo de ida, conheci um engenheiro de uma multinacional (acho que era Vale ou Odebrecht) que trabalha e mora em Moçambique. Ele nos informou que existem vilas de brasileiros, e que esses lugares, ou a empresa, não sei ao certo, procuram profissionais de saúde pra morar e trabalhar lá.
    Gostaria de saber se vc pode me ajudar.
    Desde já agradeço.
    Laiz – lalafolha@hotmail.com

  • Responder Joao 12/09/2012 at 12:04 am

    Ola! Qual a possibilidade de, atraves de ti, conseguir algumas moedas dos paises por onde voce passa, ou passou? Moedas africanas em geral sao muito dificeis de se conseguir,principalmente em funcao do idioma. Desde ja, agradeco.

    • Responder thais 04/11/2012 at 10:45 pm

      olá! acabei de voltar de cape town… lugar MARAVILHOSO, quero morar lá! tenho moedas ainda, qual o seu interesse?

  • Responder Carol 17/09/2012 at 9:57 pm

    Olá!!! Nunca tinha me interessado muito sobre a África, porém meu pai esta indo trabalhar em Uma cidade que se chama Nacala em Moçambique! Estamos muito apreensivas… Vc conhece a cidade?! Obrigada

  • Responder Lucimar 02/02/2013 at 9:33 pm

    Olá!
    E sobre a Cidade do Cabo? Alguém de vocês já esteve por lá? Gostaria de saber como é a cidade, transporte, segurança, etc…
    obrigada,

  • Responder luciaba 04/10/2013 at 9:37 am

    Conhecer a Africa? Ainda não conheço ninguém que a tenha conhecido toda nessa vida. Vivi 4 anos no Senegal que fica na Africa ocidental. Ao lado do Mali, Guinés, Burkina Faso e etc, os 4 anos que vivi e viajei por lá foram insuficientes para desbravar essa região tão complexa e cheias de história. Imagine a Africa….. Mas o que mais gostei no Senegal foi a experiência de ter vivido num país muçulmano e a ausência de violência urbana que assola nosso Brasil. Boa sorte a todos que queiram ter a coragem de descobrir que somos todos iguais.

  • Responder Teresa 10/10/2013 at 4:05 am

    Muito obrigado por falar das coisas lindas do meu pais Mocambique………..Um dia irei visitar o Brasil sei que tambem e lindo de morrer

  • Responder Gabriela 24/09/2014 at 10:21 am

    Olá,

    Se possivel, entrar em contato atraves de e-mail.
    ecebi uma proposta de emprego e gostaria de mais ifnormções quanto a cidades e Pais.
    Obrigado.
    Abs.

  • Responder CLEUSA DORNELLES 28/05/2015 at 12:31 am

    Olá, amo a África, especialmente, Moçambique. Como faço para conseguir um emprego neste país? Sou especialista em História do Brasil, professora de Ensino Médio no Brasil. E, gostaria muito de saber se você conhece as vias legais para eu desempenhar a função de professora em qualquer cidade de Moçambique. Tem alguma agência confiável que você conheça?
    Att
    Cleusa Oliveira Dornelles
    Professora de História e Sociologia – Governo do Estado do Rio Grande do Sul
    Licenciada em História (1992) – Universidade Federal de Santa Maria – RS
    Curso de Aperfeiçoamento em Educação de Jovens e Adultos (2010) – Universidade Federal de Pelotas – RS
    Pós Graduanda em Mídias da Educação (2013) – Universidade Federal de Federal de Santa Maria – RS
    Tutora Presencial do Curso de Informática (2012-2014) do IFET Farroupilha – Campus de Santo Augusto – Polo de Formigueiro –RS
    Curriculum lates:: http://lattes.cnpq.br/ 3727631161795469

    Curso de Produção de Material Didático(2014) da Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul – UFRGS – RS

    Curso de Capacitação do Ambiente Virtual Moodle (2012 –2013) IFET FARROUPILHA – RS

    Curso de Capacitação (2013) Plataforma Moodle – Ênfase suporte ao Usuário – IFET FARROUPÍLHA- RS

    Projeto Quilombo Digital (2014) – Ifet Farroupilha – RS

  • Responder Manoel 16/07/2015 at 12:19 am

    A África é um lugar realmente fantástico, pretendo visitar o quanto antes esse continente maravilho.

  • Deixe seu comentário

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.