Restaurantes Viagem

Dicas de Santiago do Chile: NoSo, no W Hotel

15/09/2011

Quem estiver de viagem marcada para Santiago e for pesquisar restaurantes vai encontrar uma lista turistona básica: Giratório, Como água para Chocolate, Astrid y Gaston, Tiramisú, Onde está Coco, Osaka. Minha experiência com o Osaka de Buenos Aires foi una mierda, e como sou teimosa (às vezes pro bem, às vezes pro mal, hehehe), resolvi que daria uma chance pro Osaka chileno.

Massss…chegando lá, me dei por conta que não tinha feito reserva. O restaurante fica dentro do prédio no qual está o W Hotel, e estava lotadaço. Aí, o jeito foi conseguir uma mesa no NoSo, no mesmo local.

Um minuto de silêncio pra essa parede-adega que ia do térreo até o terceiro andar. Legal seria se tivesse um Homem Aranha sommelier, fantasiado à caráter, e ele que fosse buscar os vinhos escalando a parede! #aloka

Um dia antes, eu tinha ido a um restaurante chamado Coco Loco. O legítimo turistão tragédia, do tipo em que, no mesmo minuto em que você dá o primeiro gole na bebida, bate um arrependimento monstro de ter entrado ali. E, pasmem: ele era MUITO mais caro que o NoSo. O lugar mais cool e bem frequentado de Santiago, sem dúvida, é o W e seus ‘anexos’: NoSo, Osaka, Whiskey Blue e W Lounge. Não dá vontade de ir embora!

A sorte foi ter chegado cedo. Meia hora depois, não entrava mais uma mosca lá dentro – culpa de um campeonato internacional de snowboarding em Valle Nevado. Rolou até um regalo de cumpleaños com direito a velinha – mas era só véspera de aniversário. Todos os pratos + as bebidas saíram por 34.000 pesos (e no Coco Loco que muito menos que isso e de qualidade 20x inferior deu 55.000?!!!).

O lugar é chique, o atendimento é impecável, a comida é deliciosa, os drinks são perfeitos. E de brinde você ainda ganha uma infinidade de boys magia de todas as nacionalidades para passar a noite inteira olhando – todos lindos, claro! 🙂

NoSo, W Hotel
Ysidora Goyenechea 3000
Santiago – Chile

7 amaram.

Você também poderá gostar

7 Comentários

  • Responder candida 15/09/2011 at 4:24 pm

    Paula,em las vegas tem um restaurante com parede – adega….uma mulher …fica esc alando,através de um cabo de aço…..ela usa uma roupa para baixas temperaturas,adorei! bjo

  • Responder Milis 15/09/2011 at 8:31 pm

    Adorei esse restaurante! A arquitetura é demais! E confesso que fiquei com água na boca dessas comidinhas, hihihi!

    Beijinhos!

  • Responder Fabiane Sanguine 15/09/2011 at 11:17 pm

    Paula, fiquei morrendo de vontade de conhecer. Só pra tirar uma dúvida, qto sai 34000 mil pesos em reais???

    Bjus!!

  • Responder Greize 16/09/2011 at 7:40 pm

    Uau que aniversário marcante hein?!!Lindo!

  • Responder Leticia 19/09/2011 at 8:00 pm

    Ola Paula!
    Estou sempre por aqui e raramente comento.
    Estive em Santiago recentemente pela terceira vez e comi no Coco Loco. Ele é bem turistico sim mas adorei a comida. Provei dos pratos de mais 3 pessoas e tb estavam tao bons quanto o meu. Dos turisticos, foi o que mais gostei. E olha que conheco os turisticos e outros nada turisticos.
    Enfim, adoro seus relatos mas nao gostei da forma que vc colocou, pq vc pode ter apenas ter feito uma escolha infeliz. O NoSo é maravilhoso, sim, tambem conheco. So nao gostei como foi colocada a comparacao.
    Espero mais relatos. Amo Santiago.

    • Responder Paula Sweetest Person Blog 19/09/2011 at 8:15 pm

      Lets,
      Sim foi uma escolha infeliz mesmo!
      Pedi um polvo grelhado que veio mergulhado em oleo, e nao era nadada fresco!
      Os camarões pareciam de borracha!
      A salada tb bem ruim..
      E o salmão nao tinha gosto!!
      Mais a conta de 55.000 pesos, enfim, sai de lá odiando a experiência!
      🙁
      Beijis

  • Responder L’Etoile: o restaurante do Sheraton Rio 05/01/2015 at 7:27 am

    […] Passamos um final de semana no Sheraton Rio Hotel & Resort (uma delícia, fica a dica pra escapar da loucura urbana de vez em quando) e o ponto alto foi conhecer o L’Etoile, mais novo restaurante francês do lugar. O restaurante possui assinatura do renomado Chef Jean Paul Bondoux, do La Bourgogne de Punta del Este e Buenos Aires. Seu braço direito é o Chef Emmanuel Serrano, que já passou por muitos estrelados Michelin e foi sous Chef no NoSo do W Santigo – amo, tem post sobre o NoSo aqui. […]

  • Deixe seu comentário

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.