Amor Pequenos Escritos

Pequenos Escritos XI

05/03/2010

É impossível que você não saiba. Não sinta. Sequer suspeite. E é difícil parecer blasè e apresentável enquanto finjo que não te vejo e torço para não derrubar o prato. Os braços tremem. Terremoto interno.  Há o que dizer? Nem sei. Desvio o olhar. E se você parasse bem em frente a mim como quem diz ‘fala comigo’, que palavras sairiam da minha boca, oh my? Aposto que não seriam nada condizentes com coração, sentimento, espera. Que dureza sentir. Chega perto? Ou então vai pra bem longe. Não aguento meio-termo.

1 pessoa amou.

Você também poderá gostar

16 Comentários

  • Responder Carol 05/03/2010 at 9:44 am

    Ahh esses encontros com o Mr. Big!!! rsrsrsrs

  • Responder Graziele Pacheco 05/03/2010 at 9:59 am

    Olá!
    Gostei muito!
    jogo de palavras e sensações me inspiram muito também!
    bjo bjo

    graziele pacheco.
    http://www.grazielepacheco.blogspot.com

  • Responder Mel Salvi 05/03/2010 at 10:12 am

    Amo os Pequenos Escritos!!!
    Ficção ou realidade eles balançam meu coração (essa rima ficou ridícula! haahahah)
    bjks
    Mel

    P.S. Só quero ver o dia que sair um grande escrito!

  • Responder Luciana 05/03/2010 at 12:27 pm

    hummmmmmmmm….

    tem alguem apaixonada…..

  • Responder Livia 05/03/2010 at 2:11 pm

    Paulinha, me sinto exatamente assim… Na última vez que encontrei com o meu “Mr. Big” por aí, fiquei literalmente com as pernas tremendo por vários minutos… Queria tanto que esse sentimento passasse logo…
    Adoro o blog, mas os escritos com certeza é o que mais gosto!
    Beijo!

  • Responder Lilly 05/03/2010 at 4:14 pm

    Lindo … Atóóóóóron! bjs :o))

  • Responder Renata 05/03/2010 at 4:19 pm

    Paula, você é tão divina que define em palavras muito do que muitas mulheres sentem… Amo os escritos, por ser um momento aonde você se permite expor uma outra face de você. Admiro seu talento e seguirei sempre você por aqui e via Twitter.
    Beijo!

  • Responder Elianinha 05/03/2010 at 5:21 pm

    Se você morasse por aqui já estaria na Academia Guaçuana ou estaria na Casa do Escritor.
    Você é excelente na escrita.
    Já pensou em aprofundar em Literatura Estrangeira?
    Beijos tamanho do céu!!!

  • Responder Fabi 05/03/2010 at 10:32 pm

    “Que dureza sentir” ai ai, sei bem como é isso !!! :)))

  • Responder Kaira 06/03/2010 at 9:02 am

    Como é bom amar assim, nem tô dizendo ser correspondida, que aí já é uma bênção, mas simplesmente sentir tudo isso, mesmo que secretamente…

  • Responder isabel 06/03/2010 at 10:38 am

    Adorei esse texto!Meio se joga!!!

  • Responder janaina 08/03/2010 at 8:29 pm

    Sempre me identifico com os seus pequenos escritos!

  • Responder Letícia (Futilidade Inteligente) 09/03/2010 at 2:20 pm

    Texto sensível … característico de quem tem a qualidade de parar e observar. E melhor … ter a habilidade de posicionar as palavras de um jeito que elas descrevam perfeitamente as sensações. Beijaummm …

  • Responder Juliana Zago 09/03/2010 at 7:25 pm

    Lindo, lindo. Perfeito.
    Adorei.
    Bjs**

  • Responder Ana Carolina Souza 11/03/2010 at 8:51 am

    oi, Paulinha.
    Que tal publicares um livro? Pliss… eu amo muiito ler o que tu escreves… toca o meu coração. .. diz o que sentimos de uma forma incrível….
    Parabéns…
    bjs, Ana.

  • Deixe seu comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.