Amor Myself Pequenos Escritos

Pequenos Escritos VIII

04/12/2009

 

Me despeço com alívio. Os amores devem ser leves. Mesmo que curtos, leves. Mesmo que só fantasia, leves. Velhos hábitos são difíceis de largar. Demorou mais do que deveria. Culpa minha. Que gracinha, você. Um dia, fugindo da chuva em alguma rua escura de uma cidade grande, vou lembrar do seu rosto, da sua esquisitice e cintilância. Do seu andar desengonçado e fala enrolada. E vou fazer aquele beicinho triste de quando a gente sente saudade do que sentia por alguém. Ou não.

1 pessoa amou.

Você também poderá gostar

19 Comentários

  • Responder Mel Salvi 04/12/2009 at 8:55 am

    Lindo! E caetaneou o final… rsrsrsrssrrsrs

  • Responder Priscila Karen 04/12/2009 at 9:20 am

    Paulaaaaa!!
    Eu simplesmente adoro seus escritos.
    O OU NÃO do final foi de matar.
    Amei e mandei pra uma amiga minha (espero que vc me permita ter mandado)

    Beijos

  • Responder Jennifer Fernandes 04/12/2009 at 9:47 am

    Adóóórooooooo!
    Fico encantada sempre!

  • Responder Thaís Nascimento 04/12/2009 at 10:30 am

    Mesmo que adore maquiagem, moda, beleza, etc etc etc, meus post preferidos daqui são os pequenos escritos!
    Amei em especial esse, tudo a ver com oq estou sentindo hueheuhe
    Beijos Paula ^^

  • Responder Alice Silveira 04/12/2009 at 10:58 am

    Sempre visito o seu blog !
    É muito bom ler ” coisas escritas para mim ” hehehe

    Assim que me sinto, quando leio seus escritos ! Muito bom 🙂

    Espero que você goste do RJ !
    Um grande beijo

  • Responder Bel Lüscher 04/12/2009 at 2:21 pm

    Ai flor… adorei
    a vida tem mesmo que ser leve… e quem acha que tem muito peso nas costas é porque escolheu carregá-lo.
    beijos
    😉

  • Responder Juliana da Rosa 04/12/2009 at 2:27 pm

    lindo!!!
    Tu deveria escrever um livro!

    beijos

  • Responder Ka Oliver 04/12/2009 at 2:47 pm

    Foto fantástica, blog demais!!! Doreiiii….
    Bjos

  • Responder Raquel 04/12/2009 at 3:51 pm

    Adorei! Fico impressionada com o teu talento. Isso é um dom.

    Bj

  • Responder Nine Copetti 04/12/2009 at 6:02 pm

    Eu estava com saudade dos teus escritos, florzinha!! Amoo!!! Aliviam minha alma de tal forma…
    Qdo o livro sair, quero ser a primeira a ganhar o autógrafado, tá???

    Beijoooooooooooooo

  • Responder maite 04/12/2009 at 6:54 pm

    eu amooo esses textos!!
    Paula hoje me lembrei de vc, seguinte , fui na endocrinologista pois minha pele eh ultra seca(como a sua) e ela me indicou tomar todo dia vitamina E (400 unid) 1 por dia pela manha junto com o cafe… ela disse que melhora quase 100 %!
    beijo

  • Responder Leana Sá 04/12/2009 at 10:44 pm

    Assim vc me emociona!!

  • Responder Fla 07/12/2009 at 12:18 pm

    Me identifiquei um pouco!hehe

  • Responder Amanda Medeiros 07/12/2009 at 6:20 pm

    Nossa Paula, que coisa linda…

  • Responder Débora Fonseca 10/12/2009 at 3:39 pm

    Entre tantas qualidades, é uma poeta também.
    Se as leitoras me permitem, em nome de todas, eu agradeço a delicia de ler os pequenos escritos.
    Quem sabe um dia eles ganham o mundo e viram grandes, hein? Talento nao falta..
    Tem algum projeto de escrever um livro ou algo assim? Vai em frente…

  • Responder Camila Martins 12/12/2009 at 1:44 pm

    Saudade do que sentia por alguém… lindo, como todos seus pequenos escritos! Te admiro, beijos.

  • Responder Paula Katherinne 20/12/2009 at 12:50 pm

    Maravilhoso!!! Arrumei um tempinho para olhar seu blog melhor, e adorei as suas palavras simples e fáceis de compreensão, vai lá no fundo da gente e nos faz sentir e pensar tanta coisa … o mundo poderia ser assim, palavras que confortam, interpretações que alimentam. Fui lendo e vendo os olhos de alguém muito querido … me deu saudade 🙂
    Brigada por responder no meu e-mail, fiquei super feliz.
    Aproveito para desejar um 2010 cheio de grandes realizações, cheio de letras e versos.
    Um grande beijo
    Paula Katherinne

  • Deixe seu comentário