Beleza Saúde

Papos femininos aleatórios

04/08/2015

Voltando da ginecologista dia desses fiquei pensando que faltou perguntar a ela sobre meu hábito muito antigo de usar Carefree todos os dias. Eis que por ironia do destino recebi um release que falava exatamente sobre isso, e não resisti, porque há anos acho que faço a coisa errada. Não consigo não usar e realmente é uma das coisas que não vivo sem, compro direto o pacotão king size que é para nunca ficar desabastecida. Que alívio saber que é ok! 😀

‘Um estudo realizado pela UNICAMP, avaliou mulheres usuárias de protetores diários por 75 dias e observou que 92,8% das mulheres afirmaram que se sentiram mais seguras, confiantes e limpas com a utilização diária do protetor. “No estudo não ocorreram alterações clínicas e nem desconfortos associados ao uso frequente do produto”, detalha a Prof. Dra. Di Bella (EPM- UNIFESP e FEBRASGO: Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia). Além disso, duas publicações relevantes na revista “International Journal of Gynecology and Obstetrics” sobre o uso de protetores respiráveis, concluíram que o uso diário não impacta negativamente a área genital femininaPara desmistificar o uso do protetor diário, a Prof. Dra. Zsuzsanna Di Bella responde alguns mitos e verdades sobre o produto.

CAREFREE_61611.pdf

1. O uso de protetores diários é prejudicial porque abafa a região íntima

Profa. Dra. Di Bella: Mito. Diferentemente da barreira plástica dos absorventes menstruais, o protetor de uso diário é feito de material respirável com microporos que permite a ventilação e não abafa a região genital, podendo ser utilizado nos dias em que não estamos menstruadas.

2. O protetor é indicado só para mulheres com problemas ginecológicos.

Prof. Dra. Di Bella: Mito. O protetor foi desenvolvido para o uso diário com objetivo de atender às necessidades femininas comuns, como absorver a umidade natural, a transpiração excessiva, leves escapes de urina e os fluídos vaginais, além de neutralizar os possíveis odores da área íntima. A anatomia feminina favorece o acúmulo de secreções e umidade na região íntima externa, que podem causar desconforto. O papel do produto é absorver esses fluídos, proporcionando, assim, uma sensação de limpeza e bem-estar ao longo do dia.

3. O uso diário do protetor aumenta as chances de desenvolver infecções.

Prof. Dra. Di Bella: Mito. Foi comprovado, por meio de estudo realizado e acompanhado por ginecologistas, que o protetor diário, quando utilizado corretamente, não aumenta as chances de infecções, como por exemplo a candidíase. Ele é feito com material respirável e permeável, que não abafa e nem altera a condição natural da região íntima. Sendo assim, seu efeito é justamente o contrário: ele ajuda a prevenir possíveis infecções normalmente causadas pela umidade que pode ficar na calcinha.

4. É preciso trocá-lo durante o dia.

Prof. Dra. Di Bella: Verdade. A mulher pode trocar o protetor sempre que achar conveniente para se sentir limpa e seca. Porém, o mais indicado é substituí-lo, ao menos, duas vezes ao dia para garantir qualidades máximas na adesão à calcinha, na integridade do protetor diário de calcinha e na atuação do sistema de controle de odores.

5. O uso diário causa irritação e coceiras.

Prof. Dra. Di Bella: Mito. O uso do protetor diário possibilita uma sensação semelhante à de uma calcinha de algodão, uma vez que é feito deste produto natural. Entretanto, se você perceber alguma sensação anormal, como coceiras ou irritações, é importante visitar seu ginecologista.

6. O protetor diário não modifica o pH da região íntima.

Prof. Dra. Di Bella: Verdade. O protetor diário respirável pode ser utilizado diariamente pois é feito de material respirável, que permite a circulação de ar, e não interfere na flora vaginal, nem no pH conforme estudos realizados.

sleep

Tenho mania de dormir de sutiã desde que me conheço por gente, e quem tem peitão natural com certeza me entende. A pessoa quer dormir e tem que ficar lidando com duas ‘coisas’ que parecem ter vida própria no meio da noite, são horas até achar uma posição confortável pra conseguir dormir. Ninguém merece!!! Depois que casei precisei abandonar os sutiãs de verdade e migrar para aqueles tipo Lupo e Trifil que são mais fininhos e confortáveis – e pensar nas noites em que dormi de body modelador quase sem respirar, meldels, eu era mucho loka mesmo. Dia desses li um estudo que dizia que dormir de sutiã não ajuda em nada a segurar os efeitos da gravidade. Meu objetivo sempre foi o de prensar e acondicionar os peitos de um jeito que eu pudesse dormir em paz sem lembrar que eles existiam… Peitinhos, um sonho.

coletor

Quando alguém me diz que usa absorvente em pleno ano de 2015 eu fico um pouco perturbada e sem reação. Descobri a existência dos coletores menstruais há alguns anos quando uma marca me contatou querendo contratar um publi sobre isso – não conhecia e pedi que me enviassem um antes para pensar no assunto. Foi um marco na minha vida!! Quem já usa entende a maravilha que é passar por uma menstruação sem sequer lembrar que está menstruada. Fico pensando em como diabos eu conseguia caminhar 40 minutos na esteira com um absorvente gigante coçando e roçando a pele, entre outras coisas. Coletor mentrual é liberdade total. Dá pra ir pra piscina, praia, academia e fazer tudo o que um absorventão te impede de fazer com dignidade. Taí outra coisa que não vivo sem. Há pouco tempo quando viajei pro RS e fiquei mais do que o previsto, me deparei com a situação de ter esquecido o meu. Que desespero! Usar um modess de novo foi o tipo da experiência que não quero ter que repetir anymore

 

File illustration picture showing the logo of car-sharing service app Uber on a smartphone next to the picture of an official German taxi sign in Frankfurt, September 15, 2014. A Frankfurt court earlier this month instituted a temporary injunction against Uber from offering car-sharing services across Germany. San Francisco-based Uber, which allows users to summon taxi-like services on their smartphones, offers two main services, Uber, its classic low-cost, limousine pick-up service, and Uberpop, a newer ride-sharing service, which connects private drivers to passengers - an established practice in Germany that nonetheless operates in a legal grey area of rules governing commercial transportation.    REUTERS/Kai Pfaffenbach/Files  (GERMANY - Tags: BUSINESS EMPLOYMENT CRIME LAW TRANSPORT)

 

Uber, eis a questão: como não usar? Quem usa táxi no Rio vive à mercê dos motoristas. Um bom exemplo é que na esquina da minha casa tem um ponto de táxi e um boteco. Os taxistas vivem ali bebendo uma cervejinha. Porque cargas d’água vou deixar o carro na garagem e pegar carona com alguém que bebeu? Enfim. A primeira vez que usei o Uber fiquei de queixo caído: carro novo, limpíssimo, cheiroso, motorista educado, água à disposição, música baixinha. Sem falar na sensação de segurança de saber quem é a pessoa que está dirigindo, poder monitorar um passageiro pelo GPS e poder avaliar o serviço depois – e ser avaliado enquanto passageiro, o que também é muito bacana. Sou fã e usuária do Uber. E vocês?

24 amaram.

Você também poderá gostar

5 Comentários

  • Responder Lucia 04/08/2015 at 9:33 am

    Comecei a usar o coletor depois de ler um post seu. Mudou minha vida! Nem acredito quando lembro o tempo que perdi sem conhecer essa maravilha.

  • Responder Geovana Cavendish 04/08/2015 at 11:00 am

    Muito interessante. Mas cara, pensando aqui… Imagina a quantidade de lixo que só uma mulher produz ao usar o carefree todos os dias? Até assusto. Por outro lado, o coletor menstrual é realmente uma benção (enquanto conforto, sustentabilidade, liberdade e afins).

  • Responder Analice 04/08/2015 at 3:00 pm

    Paula, comecei a usar o coletor depois d ver aqui no blog, gostei, mas fico insegura de usar em determinados dias pq meu fluxo é demais da conta. Qto ao uso do protetor diário eu tb não usava direto com medo de prejudicar, mas tem uma coisa, tem protetores q são “respiráveis” e outros q tem sim a barreira plástica, na embalagem normalmente vem dizendo.

  • Responder Joice 04/08/2015 at 8:29 pm

    Qual marca você recomenda, Paula? Achei Me Luna Brasil e Inciclo, não sei qual escolher, poderia me ajudar?

  • Responder Amanda 13/08/2015 at 2:26 pm

    Uso carefree todo dia e tb fiquei feliz em saber que tudo bem. O coletor eu acho ainda incômodo, mas sempre tento. Sobre o Uber, eu usava bem até ler isso https://www.youpix.com.br/por-que-eu-n%C3%A3o-vou-assinar-o-abaixo-assinado-a-favor-do-uber-b84f08a08e02

  • Deixe seu comentário