Myself

O homem dos meus sonhos

03/05/2013

A vida real é dureza, intimidade é difícil e encontrar cumplicidade verdadeira, artigo de luxo. Tão mais fácil descartar os caras ao primeiro sinal de chatice ou manter várias cartas na manga para quando a gente enjoa de um ou de outro. Só que, putz, cadê o desafio de construir uma história com alguém? Pra mim, a graça reside nisso. Uma história. A dois.

Captura de tela inteira 03052013 152800.bmp

O homem dos meus sonhos me deixa ser doce. Me desarma e me causa desassossego. Ao mesmo tempo. Gosta de vinhos – franceses e portugueses, por favor. Pede desculpas com flores – tulipas, claro. Fala outras línguas, assim posso ficar olhando com um sorriso no rosto enquanto ele diz palavras cuja pronúncia vou lembrar para sempre só porque ouvi da boca dele. Ele me faz rir e entende o meu sarcasmo ácido, que nada mais é do que uma forma de defesa boba. Faz perguntas sobre as minhas viagens, quer saber de todos os meus dissabores. Sabe que a vida é curta, vive o hoje e não promete o que não pode cumprir. O homem dos meus sonhos também é doce. Nem demais, nem de menos – uma ternura assim, palpável. Ele gosta de filmes, sabe os diálogos de Before Sunset e ja viajou mais do que eu. Tem manias chatinhas, porém toleráveis. Abraça, abraça muito, abraços de urso. Beija e puxa pra perto sem a menor cerimônia. Escreve cartas e esconde-as nos livros que estou lendo só pra me fazer torcer o queixo quando encontrá-las. O homem dos meus sonhos sabe que só gosto de música suave e por isso nao sente ciúmes do meu amor por Ben Harper e Jack Johnson. Conversa por horas a fio e tem argumentos fortes. Manda mensagens fofíssimas quando sente saudade e não tem vergonha nenhuma de dizer o que sente. Ele também acha que frio é igual a felicidade, e sua estação preferida é o inverno. Aprendeu a fazer Cosmopolitans só porque eu gosto e sou preguiçosa. Não me deixa dirigir e protege com o olhar. Acha que o céu do Uruguai tem um azul diferente de todos os outros céus. Me compra canetas e diz que adora as bobagens que escrevo. Sabe todas as minhas comidas favoritas e ama sair pra comer. Ele escolhe vinhos e quase nunca erra. Tem uma coleção de pimentas em casa. Ele cozinha, eu lavo a louça. Fala sempre de frente pra mim e não tenta conversar no escuro. Pede carinho e dá colo. E me tapa quando vê que estou descoberta. O homem dos meus sonhos sabe fazer companhia nas horas boas e ruins. Me beija na testa e diz que me ama. Muito. ♥

PS: e o homem dos sonhos de vocês, como é? #sonharnãocustanada  🙂

95 amaram.

Você também poderá gostar

11 Comentários

  • Responder Isabel Ayala 03/05/2013 at 5:19 pm

    Olá, Paula. Tudo bem?

    Esta frase: “A parte boa dos tropeços pelo caminho é que fica bem claro aquilo que a gente NÃO quer de jeito nenhum.” Concordo com ela em gênero, número e grau. Por isso, não consigo idealizar o homem perfeito…como você descreveu no decorrer do texto. Eu sei, exatamente, o que não quero…mas o que quero…é tão difícil saber.

    Embora eu tenha dificuldade em me apaixonar de verdade…quando isso acontece, logo logo eu desapaixono. Parece que as coisas que eu não quero, de jeito nenhum, tomam proporções gigantescas. Também…ELES não cooperam comigo! Rsrsrss

    Grande beijo, pra ti!

    Bel Ayala

  • Responder candida carvalho 03/05/2013 at 5:30 pm

    Lindo…cadê esse cara….tbm quero… bjoooo

  • Responder Cybele Costa Moreira 03/05/2013 at 7:33 pm

    Já deixei de sonhar o homem dos meus sonhos há tempos.. 🙁
    A vida a dois é muita realidade e pouco espaço para sonhar..
    No entanto desejo a vc o homem dos seus sonhos sem tirar nem por..
    beijooo

  • Responder Lita Nazario 03/05/2013 at 8:59 pm

    e irás conseguir!!!!

    simples assim….

    talvez sem a coleção de pimentas ou goste mais de Whisky à vinho…

    mas sim ele existe e esta a tua espera….

  • Responder Mariana 03/05/2013 at 9:16 pm

    Achei ótimo Paula, e mesmo depois de 8 anos de namoro, quando fui morar junto, a 9 meses atrás, achei que já sabia tudo sobre o nosso relacionamento, hoje percebo quantas surpresas diárias a vida e principalmente a convivência nos mostra. Momentos maravilhosos e momentos muito, mas muito difíceis! Ouvi dia desses que é muito complicado conviver com alguém que teve outra criação muito diferente da nossa, e realmente é, mas não ha nada melhor! E mesmo que em alguns momentos não se pareça tão perfeito, em outros tantos, e em muitas vezes em pequenos detalhes, é!

  • Responder Viviane 03/05/2013 at 9:28 pm

    Paula querida…
    Ultimamente, dadas as circunstâncias, se ele não me aparecer com cueca do Batman (aos quarenta e poucos anos), tiver coragem para descer do carro e comprar o vinho sem medo da lei seca, e ainda pagar pelo vinho, já é um bom candidato na minha lista!!! Do alto dos meus trinta e tantos, estou achando um pouco mais fácil é acertar a Mega Sena.
    Bjo e parabéns pelo texto – adorei!

  • Responder Harumi 03/05/2013 at 9:50 pm

    Talvez o homem da realidade seja melhor que o dos sonhos simplesmente por ser real.
    Sorte!

  • Responder Yeda Alencar 03/05/2013 at 11:32 pm

    Acho q NUNCA me identifiquei tanto com um texto como aconteceu com esse (e, sou mega fã dos teus textos, inclusive já compartilhei no face). Eu sou desse jeito, Paula. Me recuso a ficar com qualquer um, só por ficar, só pra mudar o status do facebook. Me dizem q eu idealizo demais, q “escolho” demais, q vou ficar pra titia, antes tia do que mulher de qualquer um!”Só que, putz, cadê o desafio de construir uma história com alguém? Pra mim, a graça reside nisso. Uma história. A dois.” É isso q eu quero, história! Mas tenho fé q um dia aparece, se não for aqui, q seja bem distante. Mas tenho certeza de que um dia, eu vou ser muito mais feliz, do q todos os casais q estão a minha volta, juntos. Torço por vc tb, Paula! Escreve aí: Nós vamos achar nossa “história”, pode crer! Bjos.

  • Responder Maria Denise de Souza 04/05/2013 at 4:20 pm

    Adorei!

  • Responder Mariana 05/05/2013 at 7:45 pm

    Lindo, totalmente de acuerdo!
    y el cielo en uruguay tiene un color diferente, es solo mirarlo con otros ojos.
    un beso grande querida
    Mari- de Rivera ahora en Montevideo

  • Responder Bruna 17/12/2014 at 12:35 am

    O cara dos meus sonhos sabe mais do que eu sobre a vida, e justamente isso que me faz querer estar sempre ao lado dele. Ele gosta das coisas pequenas e quase imperceptíveis detalhes,enxerga os meus defeitos e sabe conviver com eles,e nesses momentos, e ele ignora absolutamente todos os meus erros e depois me beija causando uma amnésia temporária,até eu entender que nao vale a pena voltar ao passado,naão me importo tanto com a cor dos seus olhos.mas me derreto pela maneira com que eles me encaram quando acham que estou distraída.também não me importo com a cor dos cabelos. Torço e para que ele nao seja tão cuidadoso com eles, porque eu vou amar bagunçá-los quando estiver com tédio.e que ele não se preocupe tanto com o corpo. E que não compra besteiras todo dia.

  • Deixe seu comentário