Amor Myself

Mulheres modernas, tremei!

17/06/2009

imagem11

Eu tentei, people!! Capturei alguns amigos na esperança que eles elucidassem a questão. Porém, minhas flores, mais me emputeci com o machismo existente em pleno ano de 2009 do que qualquer outra coisa. Pedi sinceridade, e foi o que eles me deram.

A pergunta foi a seguinte: “Porque uma mulher moderna (independente, inteligente, descolada, com vida própria) assusta os homens?? Porque os caras mais interessantes acabam sempre com aquelas estilo ‘mulherzinha amélia“??”

Amigo 1: Graças a Deus, essa regra nunca se aplicou a mim. Pelo contrário. Vários de meus relacionamentos não deram certo porque as mulheres não tinham ambição. Não falo de ambiçao material… mas ambição de vida. O que mais me irritou/irrita é que, a partir da vida a dois, acaba a vida a um… ou seja, no momento que se inicia um relacionamento as ambições pessoais se vão. Particularmente, adoro mulheres modernas, inteligentes e independentes. Mas faço uma ressalva, muitas mulheres acham que algumas atividades acabam por rebaixá-las, o que não é verdade. Pelo fato de uma mulher ir para a cozinha às vezes, por exemplo, não significa que ela está sendo rebaixada. E isso tem sido interpretado de forma errada. Muitas mulheres se dizem modernas, independentes, etc. e esquecem da outra parte que também é importante. Conheço mulheres interessantissimas que gostam de ter seus dias de amélia. Também conheço várias que se recusam a fazer um jantar, mesmo que romântico, porque tarefa doméstica era coisa da sua avó…

Amigo 2: Acredito que tudo o que for extremo não é bom… leia-se TUDO! Uma comida muito gordurosa ou uma comida muito light,ir numa festa e nao beber nada ou ir numa festa e beber até cair, uma mulher “amélia” ou uma mulher super independente…Prefiro que a mulher tenha independência, seja moderna, com atitude, com vontade própria! Que quando eu assista ao futebol com meus amigos ela jante com as amigas dela. Mas se for exageradamente moderna, já assusta, nao diria medo, mas o homem fica inseguro, instável. E chega uma idade que queremos estabilidade e uma mulher muito independente cria essa desconforto no homem. Uma parte  interessante da tua pergunta foi “os caras mais interessantes acabam sempre com umas gurias estilo ‘mulherzinha amélia”. Existe aquela velha história de um completar o outro.Se o cara é muito ativo, ele precisa de alguem mais calmo pra equilibrar. Já vi muitas mulheres bonitas e descoladas com uns caras bem bobinhos, bocabertas. O que isso quer dizer? O contrário também vale? Ou realmente está faltando homem?

Amigo 3: Homem não gosta de mulher independente demais, que ganhe muito bem, more sozinha. Claro que generalizar isso é uma grande besteira, mas os homens são inseguros. Em geral, preferem as ‘mulherzinhas‘ – já perceberam que elas estão sempre namorando?? Homem tem esse medo. Homem não aceita que a mulher brilhe mais, ganhe mais.  Eles não se sentem bem. O homem brasileiro é muito machista. Quem perde são eles, uma pena. Tenho muitos amigos bem sucedidos que preferem as fúteis, aquelas que só pensam em manter o corpo em dia e comprar a roupa do momento. Exibem como troféus, é impressionante como beleza conta nesse sentido. Homem quer mulher santa e sem passado (mesmo que seja santa do pau oco).

Amigo 4: A gente idealiza uma história, um relacionamento, um casamento e a outra pessoa não está na mesma onda que a nossa. Aí pensamos que nós somos errados, temos problemas, somos feios, cagados…etc! Adoro uma mulher linda, descolada, despachada ,moderna, mas alguns homens (por mais encantadores que sejam) preferem ‘mulherzinhas‘. É assim mesmo!

Amigo 5: Os homens estão acostumados a uma definição de mulher que lhes foi passada pelos pais e amigos na infância e adolescência, ou seja, uma concepção que não condiz mais com a realidade. Então, é natural que estranhemos ao conhecer uma mulher diferente dessa idéia pré-concebida que temos. O que não quer dizer que rejeitamos uma mulher de personalidade, apenas precisamos de tempo para nos acostumarmos a ela.

Amigo 6: Acho mesmo que no fundo está um certo medo. Com a liberação da mulher, buscando e atingindo igualdades reais frente aos homens, acho que elas perderam um pouco de referência sobre o que é liberdade – o que é normal quando um preso sai em liberdade,por exemplo. Há tendência em exagerar nos primeiros tempos. Depois o equilibrio se estabelece. Que o sexo feminino é mais delicado, isso é. E que me perdoem as que dizem o contrário, que não há sexo frágil. Fragilidade não tem relação com delicadeza. Sendo um pouco conservador, acho que cada um no seu quadrado,ou seja, mulheres que partem pro ataque na hora da conquista assustam sim o homem, parece que farão a mesma coisa com vários… É óbvio que os homens são machistas e, com raras exceções, preferem tomar conta da situação desde o início, ou seja, preferem tomar a iniciativa da conquista. O problema não é a independência, e sim o controle. Essa ‘mulherzinha’ é mais fácil de controlar, pois fica dependente do homem e sob sua tutela e vigilância. Acho que há uma parcela de insegurança que assusta os homens! Por isso a ‘mulherzinha’ leva a melhor, pois ela é controlável. A independente demais fica muito solta e homem que se preze não gosta disso. Na verdade, ninguém sabe direito o que quer. Quem não sabe o que procura, não percebe quando encontra. No fundo acho que todos, secretamente, querem é ter um relacionamento à moda antiga, e o fato de a mulher ser independente ou não, não é o ponto principal. O principal é confiança e cumplicidade.

Amigo 7: Uma mulher moderna assusta porque nós homens, no fundo, queremos uma amélia, porque ela será dependente. Continuaremos a ser o homem da casa, a última palavra será nossa, teremos uma jantinha quente nos esperando ao chegar…E isso não ocorre com uma mulher moderna! Ela terá suas próprias coisas, se quisermos a jantinha quente teremos que esquentar, ela não precisará do nosso dinheiro e, se criar muito caso, ‘tchau pra ti que arrumo outro’. Seremos apenas mais um pois ela não dependerá de nós para nada! Prefiro uma mulher moderna do que uma amélia, quero alguém que me olhe nos olhos e esteja à minha altura. Não alguém que abaixe a cabeça pra mim.

Conclusão:

Alguns homens gostam de desafios. Ou melhor, de mulheres que requerem um certo esforço mental para serem amadas e compreendidas. A maioria, porém, não gosta, e está presa com correntes e cadeados àquela mentalidade mórbida de que as ‘santinhas’ são as ideais. Hellloooo, burrice. Hellooo, cegueira. Não existe mulher santa. Ou homem santo. Vocês nos colocam em maus lençóis desse jeito! Mulheres não são robôs para serem manipuladas ou controladas. Curioso como as ‘santinhas’ são quase sempre aquelas que dependem financeiramente de um homem. Portanto, pensem: será que esse ‘amor’, essa’ devoção’ e essa ‘santidade’ não têm outro nome? Oi, interesse?? O machismo é tão gritante (e não escrevo isso baseada somente nas respostas dos meus queridos amigos) que os caras mal sabem o que É uma mulher moderna. O que há de tão ruim em possuir um cérebro, se sustentar, ter vida própria, desejos, ambição, opiniões e coragem para expressá-las?? A verdade é que é preciso ser MUITO macho pra ser capaz de se relacionar com mulheres assim. Os toscos inseguros não conseguem, por mais bonitinhos que sejam. Judiaria!

 PS: vamos fazer um BAFÃO nos comments?? Quero saber a opinião de TODAS que lerem esse post do início ao fim (isso vai render outro post depois!). 

4 amaram.

Você também poderá gostar

77 Comentários

  • Responder Daiana 17/06/2009 at 1:59 pm

    Arrasou Paulinha!!!!!
    Olha eu acho que no fundo os homens não sabem o que querem, ou melhor, não sabem como agir com relação às mulheres, porque foram criados em uma sociedade machista, mas onde as mulheres não aceitam ser dominadas por eles, daí acho que eles tendem a gostar mais das “santinhas” porque se aproximam mais do ideal de mulher que herdaram de seus pais. É cultural.
    Mulheres independentes e bem resolvidas não são raridade na nossa sociedade, mas essa mesma sociedade age como se fossem. Mas, acho que se/quando tivermos nossos filhos educá-los para serem homens melhores (para relacionamentos). As mulheres também são machistas muitas vezes, vivemos julgando umas às outras.
    BJOKS Paulinha ótimo post.

  • Responder Elisa 17/06/2009 at 2:00 pm

    Entao vou comentar mesmo. Moro na Alemanha faz 4 anos… sinceramente eu nunca mais na vida que me vejo do lado de um brasileiro. É muito machismo!! Eu fui criada numa família de homens modernos. Meu pai cuidou muito de mim e ele ou meu vô (que muito cafá da tarde preparou pra mim) nunca me disserem um nao por eu ser mulher.

    Eu tenho espasmos quando uma mulher elegia o marido porque ele “ajuda em casa”, pqp, “ajudar em casa”?! Pior ainda sao as que acham a coisa mais maravilhosa do mundo quando o marido/pai troca as fraldas do bebê. Por um acaso a mae faz a crianca sozinha?! Já nao basta gestar e amamentar, ainda tem que fazer o resto sozinha?!

    Sinceramente, acho que muito da culpa do machismo é de mulherzinhas mesmo que criam filhos machistas e filhas mulherzinhas. Existem criaturas iluminadas que deixam os filhos (o coitadinho estuda/trabalha demais) e o marido viver como rei enquanto ela e as filhas (que tb estudam e trabalham) se acabam pra preparar o almoco de domingo e depois ainda deixar tudo em ordem.

    Ser mulherzinha nao é questao de trabalhar ou nao, tem casais que optam por um dois dois trabalhar menos e poder acompanhar a prole de perto e isso nao tem nada de ruim. Ser mulherzinha é um estado de espírito mesmo.Tem muita mulher que trabalha e ganha o seu dinheiro, mas mesmo assim nao tem as rédeas da sua vida, acha que o trabalho dela é menos importante que o do marido e nem cogita delegar funcoes da casa ou com os filhos pro marido porque isso é coisa de mulher e homem nao sabe fazer direito (nao sabe porque nunca pediram pro infeliz fazer).

  • Responder Rubia 17/06/2009 at 2:29 pm

    Putz, os homens são assim mesmo!!! Querem a amélia, a dependente, a insegura, a que faz tuuuuuuuuuudo por eles, a que morreria por eles!! Tem algumas vertentes…
    1º – O cara quer que a mulher não trabalhe, que seja seu bibelô, sua Amélia! (joia! A idiota aceita e das duas uma: ou ele te troca daqui a uns tempos por um modelo novo! (e vc fica com cara de babaca e humilhada, dependendo de pensão alimentícia, que às vezes é uma miséria, e tá meio tarde (nunca é tarde, mas é mais difícil) pra conseguir um trabalho legal) ou no caso de serem “felizes para sempre” vc tem que pedir dindim até pra comprar um vidro de esmalte!
    2º – Os que dizem que gostam das independentes! Desde que, claro, elas tenham um emprego “inferior” e com salário “inferior” ao deles! Na real, eles querem que a sua mulher tenha o dinheirinho dela pra não ficar toda hora pedindo dindim pra eles (pq mulher gasta…. abafa). Mas tipo, e principalmente se tem a mesma formação/profissão, se a mulher consegue algo melhor eles não aguentam! Isso aconteceu comigo, um ex simplesmente não aguentou quando o meu chefe que era juiz e foi promovido a desembargador (e eu tb fui promovida), passei a ganhar umas 4x a mais que ele! Ele se sentiu humilhado! E eu nunca insinuei coisas do tipo: ah, agora to ganhando mais, estou numa posição melhor que a sua! E eu não sou daquelas mulheres babacas que fazem questão do cara bancar as coisas, não sou um troféu, não sou um bibelô, ralei e ralo mto pra chegar onde estou, mas as vezes, as oportunidades acontecem pra um e não pra outro, isso dói, mas é normal! E pros caras que tão pensando que eu sou um “bucho” por ter essa opinião estão enganados tá! Sou gata, bonita e gostosa (auto-estima nas alturas!!! kkkkk), sou só uma mulher com cerébro, que não vai sair correndo atrás do primeiro cara que balançar um punhado de dinheiro pro meu lado! Se vc quer respeito, tem que se dar ao respeito! E pra não dizer que estou sendo hipócrita, meu atual ganha menos que eu e isso não é problema pra gente! Ele nunca se sentiu humilhado por ganhar menos (e nem é gigolô!rsrs)! Somos super felizes!
    3º – Bom, com certeza tem os caras que gostam e dão valor a mulher independente (não to falando de uma mulher extremamente independente, incapaz de nada, até mesmo de um agrado!), justamente pelo que eu falei ali em cima, ou seja, dão valor a mulher que trabalha, que rala, que ta cansada, que as vezes faz um jantar, as vezes uma comida rápida, as vezes lanche. Mas os caras tb tem que ser independentes! Lavar louça e ajudar nas tarefas domésticas não faz cair a mão, nem faz com que o cara seja menos homem!
    PS.: Depois ainda falam mal de algumas mulheres serem interesseiras… Dar valor pras que ralam que é bom nada! Tipo, se viram em mil, trabalham o dia inteiro (igual aos caras), pega trânsito, chega em casa morta (chefe chato, gente chata no trabalho, tudo pra ontem), às vezes, rola ânimo pra fazer um jantarzinho, mas as vezes não! Poxa, e na maioria, eles nem ajudam a lavar a louça! Cada um tem que ajudar um pouquinho! Vou dar um exemplo, meu pai (que é um cara que tem 71 anos de idade) não tem essa mentalidade retrógrada de mtos caras… minha mãe sempre trabalhou, ralou pra cuidar das filhas (papai sempre ajudava). Raras são as vezes em que mamãe foi para o fogão à noite, depois do trabalho, fazer jantinha pra ele! Ele nunca exigiu, pediu, lógico que às vezes mamãe faz, mas não é obrigação sabe? E ele vai lá, esquenta o almoço ou cria uma coisa diferente, lava toda a louça (as vezes nem eu faço isso quando to em casa!! Abafa), e eles são super felizes! Tipo, meu pai, apesar da idade, não curte sair não, mas mamãe adora! Ele nunca se importou, nunca rolou ciúme besta, tanto que ele a leva a hora que ela quer e a busca tb na hora que ela quer! Ele faz tudo por ela e ela idem! Como já diria freud (não sou psicóloga) se eu quero um cara pra minha vida igual ao meu pai: yes, we can!!!(Ressalvem o bordão e o plural!!!rsrsrs) Quero sim!!!

  • Responder Rubia 17/06/2009 at 2:35 pm

    Bjsssssss Paulinha (fazendo a íntima)!
    E desculpe o tamanho do comentário!!

  • Responder Beatriz Saltarelli 17/06/2009 at 2:44 pm

    Paula, vou ser bem sincera nesse comentário!
    Olha, eu tenho 24 anos, solteira e me considero uma mulher bem independente, “moderna” mas certinha (certinha no sentido que quando gosto de alguém gosto mesmooo, sou fiel, não traio). O que acontece é que não acredito nesses relacionamentos comuns que a gente vê por aí, amor pra mim é só mais uma área da minha vida, assim como tenho carreira, família, amigos, tem o amor também. Sempre converso com minhas amigas que tem namorado e elas vivem reclamando, sempre ficam estressadas, com ciúmes, tendo que fazer algum joguinho e tal. Depois de algumas tentativas frustradas nos relacionamentos, percebi que agora só vou namorar mesmo se for “o homem”, e “o homem” pra mim é seguro, companheiro, determinado, aceita minha individualidade e independência e também tem a dele. Eu quero um homem que acrescente algo na minha vida, que faça eu me sentir ainda mais feliz e não que me deixe estressada, cheia de neuras ou preocupada em como tenho que agir para agradá-lo. Tenho percebido que a maioria dos homens é inseguro e não aceita a mulher que aparece tão ou mais que ele (e isso eu já ouvi da boca de 2 com quem eu me relacionei!). Agora eu pergunto, será possível que eu vou ter que fazer toda uma reforma no meu jeito para ser aquela mulherzinha que faz o homem se sentir seguro? Não mesmo! De jeito nenhum. Realmente, nesse quesito, apesar de me sentir carente e sozinha às vezes, eu decidi que ia ser bem resolvida. Nada mais de stress, de chorar por quem não vale à pena, ou de me submeter à situações só para agradar. Sou mulher moderna com orgulho, mas adoro homem educado, cavalheiro, surpresas e carinho!
    Bem, resumindo, é isso…só para finalizar, já dizia Nietzsche: “Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeira companhia.”

    • Responder Daniel Ferraz 03/11/2011 at 6:47 pm

      Quer que te agrade mas não quer agradar?

  • Responder Natalie 17/06/2009 at 2:49 pm

    Nossa, estou chocada com tanta sinceridade. Sempre discuto esse assunto com umas amigas e lógico que passavamos por cada tópico sitado acima, mas acho que realmente nunca acreditamos que isso fizesse diferença no começo de um relacionamento, até porque sempre discutimos com uns amigos também (machistas demais!!) e eles nunca foram tão honestos com a gente. Por exemplo a mulher tomar a iniciativa, eles falam que adoram e que o homem q não gosta é porque não curte a coisa rsss, mas pelo que percebi (não só lendo o post mas também por uma recém adquirida experiência hehehe) é que realmente são eles que tem que dar o primeiro passo, o segundo o terceiro… se vc convida para sair parece que o cara foge, só que no dia seguinte ele vem com o mesmo convite! Ainda não processei muito bem essa história, é muito confuso porque por um lado penso que se um cara se assuta com a minha independencia é porque ele não serve para mim, mas por outro penso quero uma pessoa ao meu lado será que vale a pena entrar nesse jogo?? Porque no fundo o começo de todo relacionamento é um jogo, um jogo de poder, ilusão, controle, auto-controle (sim pq as vezes tem medo de se expor demais),….
    Paulinha, adorei o post.. vou recomentar ele em meu twitter para minhas amigas!
    Se quiser me add lá!
    bjos querida!

  • Responder Erika 17/06/2009 at 3:18 pm

    bom, eu tenho namorado, nós nos damos muito bem, mas eu sei que certas coisas eu não posso falar na frente dele. não posso comentar sobre dinheiro, pois ganho mais do que ele. às vezes, eu quero sair pra jantar e ele não quer, pois não quer gastar dinheiro. daí eu falo que tudo bem, eu pago. e é óbvio que ele nunca quer. isso irrita, sabe? quando ele paga, não tem problema nenhum, mas eu não posso pagar nunca? chato demais.. ele sente sua masculinidade super ameaçada. que besteira, né?

  • Responder Lorena 17/06/2009 at 3:20 pm

    O que os meninos disseram a mais pura verdade: OS HOMENS SÃO INSEGUROS! não conseguem ter mulhres assim e manter o controle, pois mulheres independentes significa, inclusive, independentes deles!! é mais facil ter uma mulherzinha sem graça ao lado pois os passo são controlados.
    Eu tenho serios problemas no meu relacionamento por causa disso, tenho meu carro, meu salario, meus amigos, minhas baladas e sair sem ele vira uma guerra, pois sabe que eu estarei falante, bebendo e sendo muitas vezes assediada…só que tenho uma postura seria com relaçao a isso, nao é pq estou sozinha que nao serei fiel.
    O que mais me dá raiva são essas falsas amelias!! que fazem pose, saanteenhas, nao bebem, nao fumam e não F! e são as maiores vagabas!
    Acho legal ser as 2 coisas, tem horas que ser amelia é legal…mas não abro mão da minha independencia.
    Tem que ter postura, pois nas minhas experiências garotos descolados se tornavam grandes machistas pois nao conseguiram acompanhar meu ritimo.

    Ser “descolada” é um estilo de vida, mas tem seu preço e é caro, pq ainda somos uma merda de positivistas machistas!!

  • Responder Luisa 17/06/2009 at 3:50 pm

    Paula, o que o Amigo 5 (rsrs) falou me chamou mais atenção. Inclusive estava discutindo sobre isso hoje na supervisão do estágio (eu faço Psicologia). A minha supervisora estava falando exatamente sobre como os homens de hoje estão perdidos, pq eles simplesmente não sabem mais qual o papel deles na relação. Eu concordo que ainda existe um machismo absurdo, mas isso é um pouco (ou muito) culpa nossa tbm, né? Não somos nós, enquanto mães, que criamos e educamos os homens pra serem assim? Claro que hoje as coisas já estão mudando. A nossa geração vai criar os filhos de uma forma diferente, e eu já vejo os homens hoje (claro que não todos) fazendo um esforço sincero pra encontrarem “seu lugar” nessa nova realidade e aprenderem a lidar melhor com isso (e com a gente). Como diz o Lulu: “eu vejo a vida melhor no futuro”… rs. Acho que as coisas estão caminhando… o caminho é longo, mas a gente chega lá.. rs.
    Bjo.

  • Responder larissa 17/06/2009 at 3:51 pm

    gente, esse assunto já me deu mto desgosto no começo, de vez em quando me dá raiva, agora eu estou meio que “conformada”…
    Se as coisas são assim no Sul, imagina aqui em Fortaleza, Nordeste, onde a cabeça das pessoas é ainda mais provinciana… E essa cidade não tem homem… Digo em quantidade mesmo! A proporção homensXmulheres é absurda!
    Eu ando há um bom tempo solteira e isso foi um motivo de surpresa pra mim…
    Antes achava que meus atributos iam me render um namorado logo logo… Mas enquanto o tempo vai passando e eu vou me aprimorando, me formando, conquistando minha profissão, me cuidando mais, menos aparecem homem interessados (enquanto mtas meninas menos capacitadas estão aí, com os seus namorados)…
    Mas o que eu percebi tbm é que QUANTO MAIS EU MELHORO, MENOS APARECEM HOMENS INTERESSANTES… Você quer aumentar o nível de acordo com o seu, certo?!
    Dessa história toda, o que eu aprendi foi a me concentrar nas coisas que dependem só de mim, e me tornar cada vez melhor… Talvez apareça um cara que valorize isso (ótimo!), mas, se não aparecer, eu terei me tornado uma pessoa suficiente pra mim mesma!
    E, Paula, seus textos tiveram uma contribuição bacana nesse processo todo!
    Grande beijo!!

  • Responder Nary 17/06/2009 at 3:54 pm

    Escutei isso o ano passado: “nayara vc assusta!”
    Puts, por isso que eu to solteira, porque não vou virar amélia pra homem nenhum. =/
    E isso é triste, porque nós, mulheres independentes temos muuuito a oferecer!

  • Responder Carolina Branco 17/06/2009 at 3:58 pm

    Paula, gostei muito do post… essa discussão (no bom sentido) ainda vai dar muito pano pra manga…
    então aqui vai minha opnião sobre isso.
    minha classificação para esse tópico é que eu descobri que sou uma mulher que rala…e que rala muito
    Trabalho pacas, e quando chego em casa lavo, passo e cozinho,não tenho faxineira e gosto da minha casa limpa… então alguém tem que fazer o trabalho sujo…hahaha
    Meu marido me ajuda sim, limpa a casa, passa a roupa muito bem (melhor que eu) e cozinha tbm, não estou elogiando não…por que ele não faz mais que a obrigação dele em me ajudar… se quer as coisas nos eixos vai ralar tbm… Ele desde o começo do namoro soube quem eu era, que ao mesmo tempo que to na maior disposição de ir para a cozinha fazer uma comidinha posso virar para ele e dizer “vamos pedir uma pizza que me deu preguiça” ou “amor faz aquela lasanha gostosa que só vc sabe fazer” e ele não acha ruim não.
    Acho ridículo caras machistas, mesmo tendo sido criada por um… meu pai é bem machista, como ele é o provedor da casa e minha mãe não trabalha fora, ele não leva nem o copo sujo na pia… mas graças a Deus meu marido é desencanado, ele adora o fato de eu ser independente e ao mesmo tempo uma mulher prendada, ele gosta do fato de eu ser uma mulher versátil, que posso estar numa festa muito da chique e ser a mulher mais elegante de lá e depois ir para um buteco e acabar sendo “o cara mais feminino” (piada interna) que ele conhece…
    é isso… mulherada querida e homens do meu Brasil, ninguém vai morrer por lavar uma louça suja na pia, mas também não daremos pulinhos de alegria toda vez que vocês quiserem uma cerveja gelada na mão na hora do jogo de futebol…
    Somos poderosas sim… mas não abusem da nossa boa vontade. bjo…fui!

  • Responder Carol 17/06/2009 at 4:05 pm

    Acho que seu amigo 5 está certíssimo: “apenas precisamos de tempo para nos acostumarmos a ela”. A nossa geração ainda foi criada com grande parte das mulheres (mães, avós, etc) sendo “Amélias”, então agora que o cenário está diferente eles se assustam.

    E essa história de achar que as mulheres não ficariam com eles caso não fossem dependentes…isso pra mim é o fim da picada! Se eu fosse homem, a última coisa que eu ia querer era uma mulher que estivesse comigo pq depende de mim financeiramente!! Esses homens sao loucos qndo despezam as indepentes por este motivo…mas acho que isso logo mudará!! Os adolescentes que estão vindo já estão mais familiarizados com essa geração de mulheres trabalhadores e independentes.

    E as santinhas dependentes, acho que elas são “santinhas” exatamente pela dependencia…ninguém tem brilho qndo depende de uma outra pessoa pra fazer tudo!!! Conheço milhões de mulheres que dependem dos maridos mas têm que ficar caladas, pq quem tem a ultima palavra é deles, já que é quem “manda”……..se elas são interesseiras eu não sei…mas na minha opinião falta um pouco de amor próprio e inteligência tanto para os homens que têm medo das independentes, quanto para as mulheres deixam a situação de dependência tomar conta!!!!

    Beijos

  • Responder Michele 17/06/2009 at 4:14 pm

    Na verdade eu já sabia disso, mas ver escrito choca um pouco.

    E ainda acho que aqueles amigos que falaram que “curtem” mulher independente estão mentindo pra contornar a situação, porque na verdade eles também querem uma amélia, mas caso não encontrem, pra não ficarem sozinhos, encaram o desafio de namorar uma mulher com cerébro.

    Acho que no fundo homem tem é preguiça de pensar sobre o relacionamento.

  • Responder Zabéti 17/06/2009 at 4:19 pm

    Gostaria de saber o perfil desses amigos que responderam a pergunta, tais como idade, naturalidade, profissão e grau de instrução pra poder fazer uma análise acerca das respostas. Me consegue isso, hun??? Bjssss

  • Responder midut 17/06/2009 at 4:37 pm

    Paula,
    não concordo muito com o seu ponto de vista não. Honestamente, acho que todo mundo, mulher e homem acham muito mais CÔMODO ter alguém para fazer as coisas por eles. Como é bom chegar em casa e ter pão para tomar café, ou uma comida pronta esperando para ser esquentada, roupinha limpinha dobradinha e cheirosinha esperando no guarda roupa, casa arrumadinha e limpa. Não é ótimo? Poize, eu acho isso ótimo, mas ODEIO fazer todas essas coisas. Por isso contratei uma pessoa que faça isso por mim. Não deixo de fazer essas coisas por pirraça ou porque eu acho machismo ter que fazer isso, ou absurdo porque meu marido não faz. Não faço porque odeio cuidar de casa! Sou como “homem”. Quero chegar em casa e ter tudo pronto! Chego do trabalho cansada e quero tomar um banho e ler um livro ou sair de novo para curtir o maridão, que mal há nisso? Acho que isso é ser uma mulher moderna. Sou independente sim. Financeiramente! Tenho meu dinheiro, compro meus shampoos caros, e nao tenho que prestar conta pra marido. Pago massagens, compro roupa, sem ter que dar conta de nada pra ele. Tenho meus afazeres independentes, viajo a trabalho e tenho minhas responsabilidades. Mas, sou dependente dele tambem. Sentimentalmente dependo dele sim. Gosto de sair com ele, gosto de te-lo por perto, entao, acho que nisso, eu sou “mulherzinha”. Nao preciso perder isso para ser mulher moderna.
    Eu me considero uma mulher moderna! Estou estudando doutorado, tenho minha independência financeira, carro, apartamento proprios e nunca tive ninguém tão apaixonado por mim quanto meu marido! No meu ponto de vista, estou longe de ser uma Amélia. E discordo de que os homens mais interessantes prefiram uma Amélia. Pelo menos os que eu considero interessantes não são assim! Eles fazem questao de terem seres pensantes ao seu lado. Mas, ser mulher interessante e inteligente nao significa deixar de ser mulherzinha.
    Mas acho que o problema maior não é o machismo dos homens, mas aquele que está incutido na mulher moderna. Se vc prestar atenção, estamos face-a-face com ele em vários comentários femininos nos posts acima. O homem deve pagar o restaurante, as contas da casa, tem que ter o programa para a noite, tem que querer sexo na hora que vc quiser… Mas aí vc vai dizer ah… mas isso não é machismo, isso é cavalheirismo! Balela! É machismo sim! E mulher moderna gosta e não abre mão disso!!! Acho que no fundo, a mulher moderna tem que aceitar seu lado mulherzinha também e assumir que quer um homem que tome as redeas do relacionamento. Vc quer pra vc um homem que deixa as coisas acontecerem? Que vc, mulher tenha que tomar conta de tudo, se preocupar com tudo? Tenha que sugerir sempre as coisas, os programas, lembrar sempre de fazer as compras… tudo? Nao, vc tambem nao quer isso!

  • Responder midut 17/06/2009 at 4:51 pm

    So pra arrematar…hehehehe
    Adorei o post, Paula! Acho que precisávamos disso! Opinião masculina é sempre importante. Sempre acompanho seu blog e, pelo que tenho percebido pelos ultimos posts, vc está repensando sua vida! Acho que deve ter terminado algo sério no qual vc apostava muita coisa e que agora está tendo que repensar! Isso é muito importante na nossa vida! Sempre temos um rio gelado para cruzar… no inicio é muito gelado, depois acostumamos com a temperatura, mas depois… temos que sair do outro lado de novo!
    Bjos e sucesso sempre.

  • Responder Danni 17/06/2009 at 4:52 pm

    ai, vou ter que pensar por algumas horas antes de me pronunciar! hahaha 😛
    que coisa… Oo

  • Responder andrea 17/06/2009 at 5:05 pm

    Paula,
    pela minha experiência (lembrando que eu tenho 10 ANOS a mais que você- sou quase uma idosa,né?) e 13 anos de casada, acho que os homens que responderam foram até bonzinhos. Homem não gosta de mulher independente, ou que ganhe mais, ou que seja bem resolvida. Sempre trabalhei, nunca fui de pedir nada para meu marido, cuidava dos problemas da casa, dos filhos, etc (totalmente a Sra. fodona-sou+eu) e quase me F…
    Levei anos até ir a uma terapeuta e escutar que precisava deixar de ser o homem da casa (senão era séria candidata a levar um par de chifres – já que ele teria que ser homem em outro lugar…). Então agora eu FINJO que ele manda e que PRECISO dele e meu casamento melhorou 100%… Falo que meu dinheiro acabou e peço para ele pagar o meu carro, precisa comprar alguma coisa vou e pego na carteira dele (aviso é claro!!), peço para trocar o óleo, a lâmpada, cuidar do pequeno que eu tô cansada, etc… E ele faz tudo. E acha bom, conta para os amigos, tá um pinto no lixo!!! Nossa vida está melhor, meu bolso agradece e ainda brinco que eu queria era ficar em casa dançando e ganhando ouro (que nem as mulheres dessa novela que tá passando – é claro que BRINCANDO!!!). No fim as coisas melhoram mais para mim, mas agora ele PODE dizer que é provedor, “homem da casa”, essas tolices que os homens precisam para viver…
    Bjs, Andrea

  • Responder Bruno Celidonio 17/06/2009 at 5:08 pm

    Inicialmente, obrigado meu senhor por não ter comentário meu neste post! Se bem que eu não colocaria desta forma…fui criado por uma pai liberal e uma mãe independente, ambos com sucesso em suas carreiras, que dividem despesas, que surpreendem-se nas tarefas cotidianas…lá em casa minha mãe que colava azuleijos que caiam da parede, usava a furadeira e sabia pregar bem…meu pai sempre foi fantástico na cozinha, e até hj é ele quem faz almoços e jantares (e isso eu puxei dele). Muito embora minha mãe tenha abandonado algumas oportunidades pelo emprego do meu pai, ele nunca deixou ela ser rebaixada a Amélia, nem a marli, nem a luiza, mariana, fátima ou irene. Ela sempre foi a Eni!
    Isso refletiu muito na minha educação, no meu jeito de levar a vida…sempre fui, no meu círculo de amigos, um dos mais tranquilos, dos mais aberto, mais liberal…nunca pensei em amélias e radicais chics, mas em mulheres…sexo feminino…e ae volta um pouco do que eu tinha dito noutra oportunidade de perguntas e respostas aqui: homem burro tem medo de mulher inteligente…e só…assim como mulher burra te medo de homem inteligente!

    Agora, o que me pergunto é: qual é o medo de vcs, mulheres? Não se questionem de ser independentes, e se isso vai assustar homens…pelo contrário! Esta preocupação, para mim (opinião MINHA) é que dá pano pra manga, faz a situação piorar e ainda existirem homens que querem o estilo mulherzinha…aliás: pq existe mulherzinha ainda? Alias de novo: se existe mulherzinha, não existe “homenzinho”? então mulheres independentes, busquem homens independentes…eles existem! deixem o estereótipo para o estereótipo!

    Machistas, preconceituosos, babacas, idiotas, feministas, amélias, mulherzinhas, fúteis, esnobes, socialites, liberais, independentes, estigmadas, chiques, peruas, intelectuais, especiais, perfeitos, gostosas, frutas, babões, etc…
    TUDO ISSO É RÓTULO…somente farão diferença se assumirmos eles…e, para mim (outra vez, OPINIÃO PRÓPRIA) ainda questionamos a mulherzinha pq existem mulheres que se colocam como tal e homens estúpidos que se colocam como machistas…

    O problema não é só masculino…é da mulher também…

    E depois, no final, tudo se resume a uma pergunta, com apenas uma resposta: QUEM É VOCÊ? VC ASSUME ALGUM RÓTULO?

    A bola tá com vcs, mulheres…e que venha o turbilhão!

  • Responder Aline Copetti {Nine} 17/06/2009 at 5:12 pm

    Paula, arrasou menina!!! post bombástico!!!

    Eu, assim, cresci com uma mãe pra lá de modernosa e um pai super presente e colaborativo, parceiro mesmo!!!!
    Namorei todo tipo de cara desde machões, filinhos de mamãe e donos da vida. Me casei com um guri (daí da tua terrinha, como já te contei) que foi criado apenas pela mãe, aprendendo a se virar e a respeitar a todos da mesma forma. Pra ele não tem essa de homem/mulher, a vida gira da mesma forma para os dois, tipo se os dois estão cansados, os dois vão relaxar e descansar. E a rotina da casa gira conforme a disposição de cada um, sem cobranças… Mesma coisa com viagens, com passeio com os amigos, com trabalho. Cada um vai cumprindo suas etapas, e no tempo que sobra a gente se curte. Quem estranha é a família (tios, avós e agregados), que não entende ainda como que a nossa casa as vezes não está impecável – nos padrões deles (a maioria das mulheres nunca trabalhou, viveu a vida inteira para marido e filhos), de comidinha na hora, casa de bonequinha… e tal. Temos alguns acordos e também sabemos ser gentis um com o outro. Respeitamos nosso espaço. Brigamos, as vezes perdemos as estribeiras, mas na verdade, nos diferenciamos por valorizar cada pedacinho na história, e ao mesmo tempo ser parceria sempre, até quando um se sai melhor no trabalho que o outro – o que muitas vezes é motivo de separação.

    Acredito que tanto o machismo quanto o feminismo exacerbado são prejudiciais e ultrapassados, além de não condizerem com uma relação saudável entre um casal, que é o que se espera quando procuramos alguém, independente de qualquer conceito, procuramos parceria, e não propriedade. Nossos sonhos, nossas ambições, nossos desejos, tudo deve ser respeitado – com a dose exata de bom senso – e inclusive, realizado.

    Acho que é isso. E vejo diariamente exemplo de mulheres totalmente submissas, e homens terrivelmente machistas. Mulheres que chegam a preparar a comida para a semana inteira, porque vão viajar e não tem que faça a refeição do marido e dos dois filhos… (alôooouuu!!! Pizza, Miojo, tele-entrega-tudo, gente… será que não conhecem isso???) E homens que não querem saber se a mulher passou o dia a mil no trabalho, ou em casa mesmo, e exigem atenção exclusiva, demandando diretamente do sofá da sala (sim, isso não acontece só na TV… infelizmente).

    E se deixar, a gente fica aqui escrevendo até não ter mais espaço em branco, ou até gastar o teclado…

    Um beijo grande.
    Essa discussão vai longe!

  • Responder Aline Copetti {Nine} 17/06/2009 at 5:31 pm

    Bruno, tu te puxa nos comentários aqui, heim!!! Adoro ler do início ao fim. NA verdade é um raciocínio que compartilho, e muitas amigas brigam comigo, porque as vezes acabo defendendo os meninos que seguem essa linha. Só pra ilustrar, uma vez me obriguei a sair de uma sala onde acontecia uma (suposta) homenagem ao dia da mulher, com palestras e tal, porque começaram a falar “ah, pobrezinhas das mulheres, apanhando dos homens, e não conseguem se defender” e tal, poxa, a mulher tem raciocinio, pode prever um cara que não vai fazer bem, e vice-versa, homem também entra em cilada, com as famosas “chaves de cadeia”, que aprontam todas. Todos temos livre arbítrio, cada um escolhe seu caminho, tem suas opções, e no relacionamento é assim também… e não venham me dizer “mas eu amo ele/ela”, porque, por favor, depois do mal feito..
    Eu juro que não entendo. Acho que sempre tem um jeito de sair da cilada. E com certeza não é se achando o mais esperto, ou fazendo filhos por aí, que a coisa vai melhorar, não!!! E tem coisas piores…
    (vou deixar por aqui, cansei de escrever… é um assunto que definitivamente não se esgota)]

    Bjooooo

  • Responder Let´s 17/06/2009 at 5:37 pm

    O problema é que os homens são tão espertos quanto nós.

    Nós queremos o cara independente, profissionalmente bem sucessedido, seguro, culto, inteligente mas ao mesmo tempo sensível, que faça tarefas domésticas e nos ame.

    Agora por sua vez eles também querem uma mulher completa que ganhe seu dinheiro, tenha uma profissão, mas seja sexy e quente na cama,com boa aparência , uma dona de casa perfeita e mãe exemplar.

    Como é impossível achar esses seres perfeitos as pessoas acabam elegendo a qualidade que preferem. E se ele valoriza mais a casa e familia vai preferir a que dê mais importância a familia que ao trabalho. Se ele não quer filhos, vai preferir a mais independente tb.

    O duro é que a mulher independente tem sonhos de Amélia (casinha, filhos maridinho). Se os dois só pensam em trabalho não dá. Alguém tem que ficar mais para a casa e filhos, e outro com a carreira e dinheiro. Infelizmente é a verdade pois se não for assim o casamento não vai para frente.é uma verdade tão dura e cruel, tanto quanto ter que parar de comer e fazer execícios para emagrecer.

    Mas ambos podem trabalhar e fazer tarefas domésticas, mas tendo em vista que são um time , e cada um fica mais responsável por uma parte. Se achar um cara que que queira ser o mais caseiro tudo bem.Mas assim como o homem se sente humilhado com uma mulher que ganha mais do que ele, a maioria das mulheres ficaria frustrada e até envergonhada, se o marido não trabalhasse e ficasse em casa cuidando de filhos e da casa.

    A vida é feita de escolhas e não dá para ter tudo. Viver a dois é 50% amor e 50% doação.

  • Responder Cecília 17/06/2009 at 5:44 pm

    Olha… Esse assunto rende conversa…
    Acho que existe homem inseguro e com medo de uma mulher independente demais sim. Assim como acho que tem mulher que adora ter alguém pra pagar as contas e viver uma vida de conforto, para isso se submetendo a muitas coisas (ou seja, existe o grupo que aceita se encaixar no estereótipo da “mulherzinha”).
    Relacionamento é parceria, é igual para igual, independente da função que cada um desempenha. Fiquei pensando no que seria mulher moderna. Seria aquela que trabalha fora e não depende financeiramente do marido/companheiro? Pode ser, mas pode não ser tb (e a gente conhece várias que têm independência financeira mas se agarram à dependência emocional).
    Seria mulherzinha aquela que cuida da casa e decide, não por falta de condições, mas por opção de vida criar os filhos e parar de trabalhar por um tempo? Pode ser, mas pode não ser tb! (conheço algumas que fizeram essa opção e cumprem muito bem seu papel como mães, sem por isso serem “amélias”, e ainda tendo que aguentar o preconceito de algumas pessoas que acham que toda mulher que fica em casa é burra e sem opção na vida).
    Para mim, ser moderna é não confiar sua felicidade em um homem. É ser a própria fonte de felicidade, dentro de um relacionamento ou fora dele. É ser corajosa o suficiente para assumir a carreira, mas para dizer também em alto e bom tom que gosta sim de fazer uma comidinha gostosa em casa (ou de cuidar do jardim, sei lá…). É ter confiança em si mesmo e nas escolhas que faz.
    E se por enquanto os únicos homens que aparecem são aqueles que procuram fraquezas em você para se sentirem melhor sobre si mesmos, mande embora mesmo. Esses não valem à pena. Precisam tratar da própria autoestima antes. E ainda existem os poucos dispostos a serem parceiros de verdade, felizes com conquistas que vc faz em todas as áreas, e não com o grau de dependência nele. Eu encontrei o meu.

  • Responder beta 17/06/2009 at 6:06 pm

    Oieee Paula…que loucura tudo isso hein.
    Olha, depois de anos refletinho sobre todas essas coisas que permeiam o universo feminino & masculino…percebi que não cheguei a conclusão nenhuma hahahahahahahaha. Que terrível!!
    Mas na verdado acho que antes de tentarmos entender o outro, temos que nos entender. Uma pessoa, sendo amélia ou não, precisa encarar o que a faz realmente feliz. Uma vez que você consegue isso, consegue também perceber que o homem irá te completar e não definir quem você é. Existem mulheres que são amélias e gostam disso, e se essa maneira de viver as satisfaz, perfeito.
    Se o século 21 é tão democrático quanto parece, ele merece ter amélias e independentes juntas, obviamente não de mãos dadas, mas convivendo pacificamente. Se os homens acompanham essas mudanças no universo feminino, não sei, mas se a necessidade faz a ocasião, é possível que eles aprendam a mudar muito em breve. No final das contas acredito que existam homens para ambas as personalidades, uns mais fáceis outros mais difíceis de encontrar.

    =)
    Bjuuu

  • Responder Dominique Lee 17/06/2009 at 6:09 pm

    Com certeza essa discussão vai longe!
    Eu acho que tudo é uma grande contradição que nós ajudamos a manter. Acho que ninguém é 100% moderna ou mulherzinha. Afinal, ninguém é um pacote definido de características a serem rotuladas.
    Eu moro sozinha, ganho meu dinheirinho e sobrevivo com ele, não sou santa e tenho meu passado. Mas também adoro mimar meu namorado, sou paranóica com arrumação, adoro cozinhar, sou vaidosa até a última ponta da unha pintada de jackie.
    Se nem eu sei me definir, não posso exigir que os homens definam o que eles querem. Porque se existe amor a gente se aceita e ponto final. Meu namorado diz que se assusta com as minhas histórias, mas também adoraria que eu fosse mais “brother”, de ir beber com ele no bar e conversar sobre carros. E ele também procura em mim um pouco dessa coisa meio mãe, de cuidados que sim, toda mulher sabe ter.
    E como eu vou reclamar dessa indefinição?
    Vocês sabem decidir se preferem um homem romântico e sensível ou um homem decidido com cara e jeito de homem?
    Acho que moderno mesmo é ser uma mistura equilibrada de tudo isso! Tanto para homens quanto para mulheres!
    Beijos!

  • Responder cristina 17/06/2009 at 6:18 pm

    eu acho o seguinte: cada um tem a mulher ou homem que merece! bobagem essa discussão… os homens que as mulheres modernas “procuram” não estão na rodinha de homens que procuram por amélias.
    ABRAÇO!

  • Responder Cá Viude 17/06/2009 at 6:21 pm

    Adorei o comentário do Bruno.
    Tenho menos de 30 e sou casada com um homem incrível, que estímula meu crescimento profissional, pessoal e me quer linda ao lado dele. Me vê como uma pessoa inteira. Respeitamos nossos espaços e dividimos nossas responsabilidades e nossas conquistas. Gosto de cozinhar e ele de assistir ao futebol e nem de longe somos Amélia e Machão.
    Acho que o que você disse sobre interesse é preconceituoso, nem todas as mulheres que dependem do marido financeiramente são submissas, desinteressantes e interesseiras e nesse tipo de relação pode existir amor sim, afinal é isso que a “mulherzinha” e a “independe” buscam! O que acho que muda é a ideia que cada um faz do que é amor, do que é ser mulher e de como deve ser um relacionamento.
    Geralmente gosto do jeito que você se expressa, mas achei esse seu texto meio maniqueísta: os homens machistas ou inseguros que só querem as santinhas interesseiras X as independentes e solitárias, que não encontraram um homem macho o suficiente para amá-las.
    Não acho bacana desqualificar as escolhas das pessoas e rotulá-las. Cada um é o que pode ou quer ser.
    Bjin!

  • Responder Amanda Medeiros 17/06/2009 at 6:25 pm

    Parei de ler na metade, porque me deu vontade de quebrar o computador! Homens inseguros simplesmente tem medo de mulher bem sucedida, de mulher que chama atenção e que consegue as coisas que quer. Eles gostam de ser os fodões e odeiam quando a mulher compra um carro melhor, quando a mulher gasta horrores no cartão de crédito e consegue pagar todas suas contas sem a menor dificuldade. Muitos homens toscos querem as bonitas dependentes financeiramente que se sujeitam a tudo… porque ai eles podem trair e fazer o que bem quiserem porque elas tem medo de ficar sozinha/largada/sem cartão de crédio. Ahf, pronto falei. Falei até demais, acho eu. Isso me irrita demais!

  • Responder Elisa 17/06/2009 at 6:50 pm

    No fim eu comentei um monte sobre machismo, mas nao tanto pela predilecao dos homens por Amélias. Fiquei meio chocada com a opiniao dos amigos. Acho que os homens estao perdidos mesmo, dá pena de ver que eles querem uma mulherzinha só pra se afirmar com isso.

    Acho que aqui na Alemanha as coisas estao um pouquinho mais avacadas, nunca vi cena de ciúmes em boate, nem cara passando a mao. Se bem que outro dia eu vi uma reportagem e fiquei chocada. Ela sobre um casal jovenzinho cujo namorado gosta de obesas, daí a namorada que pesava 60 kg no início do namoro já está com 115 kg só pra agradar ele e vai engordar até 150 kg…. isso claro que é doenca dos dois, mas o interessante é o controle dele até sobre o peso dela, deixar ela inatraente pra outros homens. Coitada, no dia que acordar vai ficar louca.

    Minha sugestao é que a mulherada dê chance para aquele cara legal que tá lá quando você precisa, mentalize que só porque ele é legal nao significa que ele é mané. Tipo abrir os olhos mesmo. Queira estar com um cara que te admire, te respeite, que nao queira te mudar. Um cara que só acha legal as coisas que você fizer pra ele nao te merece porque ele nao te enxerga como pessoa, apenas como namorada. Tá cheio de cara legal no mundo o problema é que a mulherada quer encontrar um cara sensível no xavecador da balada, no gostosao da academia e por aí vai.

    Dica da minha mae: reparar como o cidadao fala das irmas, da mae, das primas. Alguém que fica repetindo em alto e bom som que as primas sao vagabundas, que as tias sao malucas, que a irma é burra nao presta. Se ele nao respeita as mulheres da família dele ele nao vai respeitar mulher nenhuma. Se uma dessas coisas for verdade, um cidadao de bem simplesmente abafaria o caso.

  • Responder alda 17/06/2009 at 7:08 pm

    Nossa esse post tá dando pano p/ manga heim Paulinha? rs concordo com vários pontos citados e comentados aqui, acho que existem muitos homens perdidos hoje em dia no papel deles numa relação, mas vejo a mulherada bastante perdida também!! Quanto aos homens serem machistas?? sei não, acho que essa denominação pode ser dada tanto p/ homens como p/ mulheres, machismo p/ mim não têm a ver com sexo, mas sim com pensamento, postura de vida! As vezes fico pensando se foi o homem que ficou p/ trás na disparada da mulher nas ultimas décadas ou foi a mulher que foi indo tão obstinada, sem olhar p/ trás, na ânsia de conquistar independência e direitos (justos é claro) e acabou de fato conquistando tudo isso, mas dai ficou um vazio e talvez a pior das dependências que é a emocional!! É uma delícia se gostar e se curtir (independente de estar com alguém ou não) mas é maravilhoso também poder compartilhar a vida com alguém ao seu lado.
    bjão

  • Responder Luiza 17/06/2009 at 8:12 pm

    Pra mim, a única coisa que não pode ocorrer, de maneira alguma, é a pessoa anular seu jeito de ser em função do outro. Seja ela amélia, mulherzinha, mulher moderna, cada uma dessas mulheres deve encontrar um homem que a aceite da maneira que é, e que ela possa ser com ele a verdadeira amélia/mulherzinha/mulher moderna que é…. Assim como a recíproca…. acho muito importante não sermos egoístas e deixarmos o nosso amor ser ele, aceitarmos ele como é, etc, etc, etc…. Pois afinal, o que é um relacionamento senão uma GRANDE PARCEIRIA entre outras várias coisas!!?!!!
    Eu acho que antes de se jogar no primeiro Mr. Big que aparece, tem que dar uma bela analisada…. pois é claro que o mundo está cheio de machistas, mas não é só deles que o mundo é feito…

  • Responder aline 17/06/2009 at 8:15 pm

    Homem (nem ninguém) nao gosta é de dessas mulheres “pseudo-modernas”, “pseudo-independentes”, mas q estão sempre com esse papinho chato de machismo e tal, isso é muito chato, pra conquistar as pessoas a gente tem q ser autentica se nao te aceitam assim ou pq ele s sao uns trouxas ou tu tem q repensar o teu modo de ser pq as vezes isso é saudavel…

  • Responder Christine 17/06/2009 at 8:33 pm

    quando eu era solteira e me reunia com um grupo de amigas solteironas (vulgo específico para elas: invejosas controladoras, cofcof), eu era novinha e a gente passava bastante tempo observando esse tipo de comportamento masculino, chamávamos as amélias de maria, de maria sem-graça, as meninas tom pastel, que não se arrumam, sem maquiagem, sem sal, sem açúcar etc. mas bem ou mal, é culpa delas? elas já são assim, de criação, as vezes abrem os olhos, começam a se cuidar, sair sozinha, mas os homens que as cultuam é que é o problema, isso é pura fraqueza de espírito, tem até homens com tendência …feminina…que se aproximam dessas meninas para atrair homens, mesmo inconscientemente, eu vejo muito isso. eu até acho que a mulher deve observar seu comportamento tambem, não é a TOTAL INDEPENDENCIA, NAO PRECISAMOS DE HOMENS, pq o feitiço esta voltando pro feiticeiro, acho que existem varios tipos de comportamentos femininos e masculinos, tem homem que gosta de uma mulher mais forte, que vc cresça junto, mais possibilidades, e tem homem que gosta de se sentir superior, ou que gosta de estar “comprometido” com uma mulher-nada pra farrear escondido e ter uma segurança, etc. são todas relações um pouco doentias. Acho que relacionamentos, o amor, deve ser simples e tranquilamente o puro relaxamento da alma com o seu par. Sejamos nós mesmas, e observemos isso, estamos sendo honestas? estamos compartilhando o amor que queremos? Estamos competindo com alguem? o resto é consequencia.

  • Responder Camila Chedid Khouri 17/06/2009 at 9:33 pm

    Paula, encontrei teu blog hoje, ameiiii, estou aos poucos lendo, me informando e me divertindo muito.

    óó lançamento de site http://www.mulherelastica.com.br/

  • Responder Vanessa Pontes 17/06/2009 at 11:02 pm

    Ei Paulinha,
    Nossa, to chocada!!!
    Credo saber que tanto homem pensa assim…
    O engracado eh que a gente sempre quer alguem que acrescente, que desafie a gente.
    Eu jamais conseguiria ficar com um cara sem ambicao, sem independencia.
    E outra coisa, que tedio seria viver so o sonho de uma pessoa, tao bom, como um casal poder vibrar pelo outro e ver ele vibrar por voce.
    Ainda bem que eu encontrei alguem que me desafia e que me estimula.
    E que vibra tb quando ve as minhas conquistas.
    Gostei do primeiro, tambem acho que mulher fica meio radical, NAO PODE entrar na cozinha… Adoro fazer jantar pro meu maridinho, e adoro quando ele faz pra mim.
    Quer dizer, acho que vale pros dois lados, mulher pode ir ter um dia de amelia, mas homem tb ne…
    Adorei o debate!!
    Beijao

  • Responder Iris 18/06/2009 at 12:43 am

    Olha ha semanas /meses atras esta pauta foi do progama da Oprah, baseado em um Livro lançado por um comediante de titulo “Pense como um homem, seja uma Lady” (mais ou menos assim) eu nunca dei taata risada com o programa e nunca concordei tanto com q ele disse, as mulheres estao esquecendo de serem ladys estao sim se masculinisando e esfregam na cara de todo homem q elas sao idependente e nao precisam de nada, se nao precisam e nao exigem q um homem seja um cavalheiro vcs tao reclamando do q…eles estao assim por consequencias de nos mesmas! entao nao reclamem se adequem ao mercado ou passem a exigir e se enchergarem como estao agindo…

    nao sei mas procurem o video deste programa da Oprah q vale muito a pena ver

  • Responder Flávia Oliveira 18/06/2009 at 1:38 am

    Claro que uma mulher independente assusta um homem. E eu acredito piamente que eles prefiram as amélias. Ai, homens… posso falar? A maioria não passa de idiota.
    Beijos.

  • Responder Aline 18/06/2009 at 3:38 am

    No post “perguntas, perguntas, perguntas” puxei esse assunto com os meninos e gostei muito dos comentários do Ricardo e do Bruno.

    O comentário do amigo 7 resume bem o que passa na cabeça da maioria dos homens. O problema é q para muitos homens a mulher independente não é delicada, não é feminina e se acha a super-mega-blaster-mulher. Não é nada disso! Eu luto por uma carreira melhor, por exemplo, pq gosto da minha profissão, quero ter possibilidade de pagar minhas contas e ter certos luxos sem ter que ficar pedindo dinheiro para marido. Mas não significa que não vou ficar toda derretida se ele me der presentes e quiser pagar por aquele vestido que eu achei lindo, por exemplo. Não vou deixar de trabalhar para virar dona de casa, mas não vou ver problema nenhum em verificar se a roupa dele está em ordem e fazer uma comidinha especial para ele de vez em quando, rs!

    A independência por qual eu luto é a financeira e não a afetiva. Porém quando se fala em “mulher independente” os homens sempre associam essa independência ao lado afetivo.

  • Responder Christine 18/06/2009 at 5:32 am

    alias, queria registrar o caso de uma amiga minha lindíssima, loura, bem cuidada apesar das noitadas, mas pro tipo que ela gosta, noitada é fator positivo. ja esteve em 3 relacionamentos relativamente longos e ela sempre encarnou a manda-chuva da historia, mesmo nao tendo dinheiro e emprego envolvido, ela é universitaria, vejo que ela sempre escolhe homens meio murchos, sabe? que ela consiga controlar, ela nao gosta de demostrações de carinhos, datas, enfim, feminisses, sabe? existe tambem o papo do fio-terra, mas nao devia nem ter comentado haha!
    com certeza ela não é gay, sabe, mas existe aí uma tendencia machista e de encarnar a super-hiper-independente que eu nao acho que traz coisas boas pra ela, acho que afasta pessoas legais do caminho dela que se assustam ou acham que ela nao quer nada. e ai? e quando a mulher independente fica auto-suficiente sem querer? eu nao acho nada legal. e o pior é quando querem te levar pra esse caminho, e eu to achando cada vez mais comum, ja que vamo combinar que os homens por ai tao cada vez piores. ainda bem que achei um carinhoso e que me satisfaz.

  • Responder Lêda Villas Bôas 18/06/2009 at 11:40 am

    Nossaaa esse assunto vai render é post, começou com o post Perguntas, Perguntas, Perguntas e ainda vem mais por aí.
    Olha muita coisa que eu penso algumas gurias já escreveram e uma coisa é certa a Insegurança é o carro chefe para esses homens.
    E eu senti isso na pele com um ex, Paula era tanto absurdo que ele me falava que chegava a ser surreal.

    E ta tudo tão confuso, que daqui a uns tempo a pessoa tem que vim com o botão e vc vai apertar e adequar do jeito que vc quer, só falta isso né.!!!!

    bjuss
    Agora me diga outra coisa vc recebeu o email que eu expliquei a puruficação da mente?

  • Responder MARCELA 18/06/2009 at 3:30 pm

    Homens tem sim medo de mulher “grande”. Eu sou um exemplo vivo e andante disso, nunca fui extremamente ambiciosa com dinheiro, ou qualquer coisa material, mas nasci dotada de inteligência e esse parece ser um repelente de homens legais.

    Eu terminei a facul com 21 e a pós graduação com 22, ou seja, se eu conheço um crinha na night e ele me pergunta o que eu faço da vida eu acabo dizendo:

    ” Ah eu trabalho numa firma de comércio exterior.”

    E ele logo pergunta algo do tipo: estuda?

    E eu respondo:” Não ja fiz faculdade e pós, mas depois de quase dois anos desisti da profissão e tô partindo pra outra…”

    Pronto, acabou! O cara já arregala o olho e diz que eu sou muito nova, com 24 anos já fiz isso tudo…ou seja: foge!!!

    Se eu começar um papo de nível mais alto (entenda-se: algo que fuja da banalidade, o papo que a gente leva aqui sem problemas)…a coisa fica feia!

    Enfim, eles tem medo da gente.

  • Responder Karina 18/06/2009 at 4:57 pm

    Vejam como é a vida… Batalhei anos pra ter uma vida confortável aos 30, durante 5 anos eu chegava em casa quase meia-noite em casa, depois do dia todo fazendo estágio e fazendo faculdade à noite… Lutei tanto pra ter minha casa, me sustentar sem depender dos meus pais, pra isso hoje em dia ser uma coisa… RUIM? Para o mundo que eu quero descer!!! Que culpa tenho eu se hoje tenho dinheiro pra sair à noite, jantar fora, viajar no mínimo uma vez por ano, comprar meu carro, mobiliar minha casa, estar atualizada sobre livros e filmes e até (qual o problema?) para ser sócia do meu time de futebol e ir a todos os jogos? Eu não tenho culpa não… Eu MEREÇO isso. Se estar ao lado de uma mulher que batalhou para viver o melhor da vida é uma coisa que dá medo aos homens, então tudo está invertido mesmo… Eu não trocaria a minha vida pela vida de amélia da minha mãe, nem trocaria pela vida dessas gurias que se vê na noite, que não tem grana nem pra pagar uma champagne e aí ficam se pendurando no pescoço de um bando de feios só pra ganhar a tal champagne “de graça”. As mulheres ditas “modernas” podem se dar ao luxo de estar com uma pessoa pelo único interesse chamado amor, não em outros interesses… Se homens gostam de mulheres que tem “outros” interesses neles, então eles as merecem! Estão perdendo uma grande oportunidade de ter uma parceira bacana, descolada, sem frescura, com assunto e conteúdo do lado deles.

  • Responder Rita 18/06/2009 at 6:10 pm

    Por que que a gente perde tanto tempo refletindo sobre o que os homens acham a nosso respeito? Se eles são inseguros, medrosos, machistas, isso é problema deles! Não ligo pra homem assim, ignoro. Assumimos um comportamento maternal quando tentamos entender o ponto de vista masculino. Será que algum deles já parou pra pensar que perdeu um super mulherão para outro que tem uma cabeça mais legal? Duvido! Mas isso é azar deles.
    Temos que melhorar nossos radares para encontrar esse outros caras bacanas que nos enxergam como seres humanos, e esse sim, é um problema nosso. Não gosto da idéia de ficar discutindo sobre o comportamento alheio, quero é melhorar o meu, e pra ontem!

    Adorei a polêmica!
    Beijocas!

  • Responder Juliana A 18/06/2009 at 6:18 pm

    Ah ta, quem vê assim até pensa que esses homens que querem uma amélia conseguem sustentar a casa e o padrao de vida do casal (ou familia ne)! Ser amélia com um marido cheio da grana é até facil ne? A gente inventava umas atividades e trabalhava por hobby. Quero ver ficar em casa e nao ver a grana do bofe entrar pra pagar as contas!!!!!! Não há amelia e relacionamento que resista!!!!
    Pronto, falei! 🙂

  • Responder Carol Scheid 18/06/2009 at 10:39 pm

    MEU DEEEEEEEEEEUS..AMEI ISSO!!!
    quero maaaais!

    beijoos

  • Responder Mari 19/06/2009 at 1:16 am

    Gente, mas o que é issooo??? O nosso amigo 7 esta tentando dizer que os homens preferem que uma mulher esteja com ele, por depender de alguma coisa que ela não tenha conceguido sozinha? pq não dependerá do dinheiro dele etc…e por isso pode ir embora??? HOMENS ACORDEM, vcs ainda se sentem mais seguros com uma mulher que esteja com vcs por “depender”???Isso é estar com alguém por interesse, e se o MEDO é de corno ai sim vcs correm risco. Se uma mulher independente esta com vcs sem depender de nada do que é de vocês é pq ela realmente esta por amor, por querer e só amandonará o barco se o sentimento for sucumbido, e isso ocorrerá sem traição, pq as mulheres quando pensam em outro homem que não o seu é pq o fim da relação esta muito próxima. Podem crer que na maioria das vezes É ASSIM E PONTO. E não se desesperem pq a mulher moderna tb pode esperar um homem com uma jantinha quentinha pronta, ela sabe agradar seu homem e por amor, nós temos o instinto do “cuidado” queira ou não.
    A verdade é que as mulheres modernas podem ser namoradas e esposas perfeitas, não depender de vcs é não se estressar com coisas pequenas que massacram o relacionamento, a MATURIDADE é que rege o relacionamento. Agora é dureza a mulher ser madura, ser amorosa, estar sempre cheirosa, proporcionando o mínimo de stress na relação e o homem não colaborar em nada, ou seja quando vcs são imaturos de mais para estas mulheres, pq vcs se sentem inseguros com estas mulheres, o medo de perde-las é tão grande que vcs preferem nem a ter ao lado uma pessoa tão especial assim. Sejam CORAJOSOS, falem claro como nós, sem mistérios, sem deixar tudo pelo arrr como vcs adoram, isso é imaturidade. Qualquer um tem o direito de querer ter uma aventura apenas, mas a outra parte também tem o direito de decidir se cai nesta ou não. Todo mundo tem o direito de ter dúvida ou não, mas a outra parte tem que ter o direito de esperar a decisão ou não. Deletem a famosa frase da Máfia Italiana “O silêncio não comete erros”, comete sim e muito, o silêncio é para os covarde, para os imaturos, para homem sem argumentos! Silenciar quando a pergunta não merece resposta é outra coisa. Sorry, queremos homens companheiros, ninguém de nós mulheres quer apagar o “brilho” de homem nenhum, queremos acompanhar o sucesso dos nossos parceiros, isso sim!Pensem bem!

  • Responder Carina 19/06/2009 at 11:50 am

    Bom, acredito que não é só por uma questão que isso acontece e nem acontece com todos os homens. Mas esse “medo” de mulheres modernas é antigo, vem da II Guerra Mundial, quando muitos homens foram mandados para guerrear e as mulheres tiveram de entrar no mercado de trabalho no lugar deles, para que a economia não parasse. Depois, quando eles voltaram e tomara o lugar delas novamente, acho que a mulher entendeu que podia fazer parte daquilo também e foi tirada a força de uma oportunidade. Até tentaram lançar as propagandas de “vamos ser uma boa dona de casa” de novo, mas o espírito de liberdade já estava implantado. O medo do homem aqui acho que vem da mulher tomar seu lugar no mercado de trabalho.
    Mas porque isso existe até hoje? Acho que, em parte, o homem busca numa companheira a figura da mãe. Não como um complexo de Édipo nem nada, mas assim. Quando o homem sai de seu lar, sai dos cuidados da mãe a que estava acostumado e talvez busque isso, insconcientemente, também nas companheiras. Não que todas as màes sejam Amélias, mas até pouco tempo atrás, poucas mulheres trabalhavam. E o homem tinha na mãe seu primeiro exemplo de mulher. Tanto que dizem por aí que “se vc quiser saber como o seu namorado vai ser depois de casar, é só ver o relacionamento dele com a mãe”. Não em relação a amor ou essas coisas, mas o que ele está acostumado a viver com ela. A maioria dos homens não gostam muito de mudar ou sair de suas zonas de conforto.

    Claro que hoje em dia envolve muito mais questões do que simples “quero uma mãe para companheira”, mas isso também pode contribuir para a questão do medo da mulher moderna. Não é algo que eles se acostumaram durante a vida. Tanto que, daqui a alguns anos, essa questão vai cair por terra e a mulher moderna será tão banal que vai ser difícil encontrar Amélias por aí.

    Espero ter contribuído para a questão. ;D

  • Responder Kelly 19/06/2009 at 8:07 pm

    Hoje em dia tem homem pra caramba inseguro.
    Mas a insegurança deles fica escondida atrás de vários comportamentos, como ciúmes, medo das mulheres, machismos. Homens realmente tem medo de mulheres mais fortes, com personalidade e independência financeira. Não é qualquer um que aguenta o tranco, pois, ao meu ver, além de alguns serem machistas, a maior parte é insegura. É mais fácil para um homem inseguro uma mulher que seja menos independente.

    O que deixa realmente triste é o fato de existir muito machismo hoje em dia. E machismo vindo de homens e muitas mulheres. As próprias mulheres inseguras e machistas metem o pau em mulheres com personalidade forte. É incrível isto. E são essas mulheres que educarão filhos machistas e inseguros. Me desculpem, mas aí tem muito problema.

    Em contrapartida, fico feliz vendo que muitas mulheres tem seu ideal, sua personalidade, sua independência e lutam por direitos iguais. E sim, existem muitos homens que adoram isto em uma mulher, mesmo que não tanto quanto deveria.
    A insegurança dos homens e o machismo deixam eles medrosos demais. Uma boa terapia para os homens ajudaria… e muito!!! ehehehehe.

    Bjs

  • Responder Gleyda Cordeiro 20/06/2009 at 1:41 am

    Eu não concordo que mulheres independentes assustam, nem que homens interessantes “acabam ficando com as amélias”. Isso me parece desculpa-consolo para quem está só. É muito mais fácil acreditar nessa afirmação do que se ver com auto-crítica (e convenhamos, se conhecer dá trabalho e leva tempo). Ser independente não apaga outros defeitos tampouco é a melhor qualidade do mundo. Nem todas mulheres independentes tem os mesmos defeitos e as mesmas qualidades.
    E eu acho que a gente tem aquilo procura e merece. Se um cara prefere ficar com alguém que é submissa ou sem perspectivas é porque ele tem afinidade com alguém assim.O problema não tá na mulher “escolhida” mas no cara “que escolhe”, se é que há problema aí.
    Generalizar é sempre perigoso. Pelo que li, o problema é dos homens(“eles são inseguros”, “têm medo”, “preferem as submissas”, “são machistas”) e as mulheres são perfeitas. É justamente esse pensamento arrogante que atrapalha os relacionamentos. Se acreditar perfeito (independente do sexo) e colocar a culpa no outro é uma forma de não crescer, de persistir no mesmo erro (sem nem chegar a tomar consciência deles).
    E só complementando o comentário acima: uma boa terapia para as mulheres ajudaria e muito!

  • Responder Olga 20/06/2009 at 4:15 pm

    AMIGO nº 7, nós sabemos que você não existe. rs 😉

  • Responder Andréia 20/06/2009 at 8:55 pm

    É difícil ver esse tipo de assunto em blogs voltados pra moda, make e afins. Fico feliz de ver essa questão levantada e o número de comentários (e o nível deles). Apenas dois ou três colocaram a independência da mulher como algo ruim. Legal ver tantas mulheres com o pensamento à frente, ótima sensação de “não estou sozinha”.

    Há um pensamento geral de que mulher tem fazer isso e aquilo pra agradar o parceiro, blablablá. Mulher nenhuma deveria deixar de ser ela mesma por causa de homem nenhum. O mesmo para o homem. Num relacionamento saudável cada um vibra com as conquistas do outro, sem mesquinharia de ficar medindo quem se dá melhor. Um home decente não fica bravo ou diminuído com o sucesso da mulher. Isso é coisa de homem egoísta e inseguro, não se pode chamar isso de amor de modo algum. O amor “não sente inveja ou se envaidece”, lembram? Um homem decente não vai deixar de amar sua mulher porque ela é independente, porque ela tem suas coisas, seu trabalho, seus afazeres, seus amigos, uma vida PRÓPRIA. Pelo contrário, eu acho que um homem decente fica feliz de viver com uma mulher desse nível. ;]

    O resto é resto. Como bem disse a Rita: ”Por que que a gente perde tanto tempo refletindo sobre o que os homens acham a nosso respeito? Se eles são inseguros, medrosos, machistas, isso é problema deles! Não ligo pra homem assim, ignoro.”

  • Responder Mari 21/06/2009 at 1:59 am

    APOIADO! “…dai a César o que é de César….”. Mulheres tem a capacidade de pensar e se envolver em várias coisas ao mesmo tempo e fazer muitas coisas bem feitas e concomitantemente. Sendo assim, ja somos ocupadas de mais “Se eles são inseguros, medrosos, machistas, isso é problema deles!(como disse nossa amiga ai acima) e NÃO NOSSOS! Terapia meninos, pois ja fiz isto por mais de 10 anos e hoje vejo que o problema não é só meu. Afinal, cada um com seus problemas!Nós mulheres não queremos salvar o mundo sozinhas, então uma ajudinha de vcs cairia bem.

  • Responder Alê Marques 21/06/2009 at 10:31 pm

    Quanto ao amigo 3 uma conclusão:
    entre ser bem sucedida ou ter um homemo ao lado, fico com o primeiro, pois homem assim boa coisa não é.

  • Responder suzi 22/06/2009 at 1:40 pm

    hum. tá explicado pq nao consigo levar adiante um namoro há mais de três anos. exatamente quando comecei a conseguir mais coisas: no trabalho, comecei a pós graduação, etc… no ultimo namoro, deixavamos de sair pq o cara as vezes nao tinha dinheiro e nao aceitava que eu pagasse. canseeeeeeeeei de ficar em casa com ele, enquanto queria estar no cinema assistindo um filme legal. até que terminamos.
    “A independente demais fica muito solta e homem que se preze não gosta disso.”. E MULHER QUE SE PREZE não deve se submeter a homem assim. se o cara fica com mulher ofélia por medo, nao tenham duvidas que ela fica com homem machista pelo mesmo motivo…

  • Responder Miah 23/06/2009 at 12:42 pm

    Meninas,

    Quando leio isso, me da até um arrepio!
    Eu passei os ultimos seis meses cega, muda, e surda pra muita coisa do mundo masculino, engoli coisas que nem comento aqui por vergonha, mas agora que li isso tudo se encaixa sabe?
    Dizer que homem é tudo igual é tao batido…me restinjo a dizer que não creio mais na espécie. Agora depois desse post, desses depoimentos que respiram machismo, estou sem palavras. Mesmo mesmo, fail totaaaal!

    gota d’água master saber disso tdo….

  • Responder Ana Thais 23/06/2009 at 5:42 pm

    Paula, ADOREI o post! E fiz até uma versão resposta no meu blog. Dá uma olhada lá depois, pra saber o que a gente acha: http://onciinha.wordpress.com/2009/06/23/quem-nao-sabe-o-que-procura-nao-percebe-quando-encontra/

    Beeeijo, mulher! Adoro e leio sempre seu blog – apesar de não comentar =X

  • Responder Paula 23/06/2009 at 6:59 pm

    Meus exs sempre cozinharam pra mim, sempre arrumaram a casa e sempre ganharam menos. As coisas lá em casa são assim: eu sou independente, amo sair com as amigas, tenho meu dia pra beber cerveja e se eu precisar ficar até tarde no trabalho, ele tem que entender.
    Se gostar, ótimo. Se não, vai embora que eu não vou sentir a falta de um homem tão fraco. A gente acha que homem é complicado, mas complicadas somos nós: pra quê ficar com um cara que procura uma amélia, sendo que vc não é? É simplesmente procurar nos lugares errados. Tem mulher que gosta de homem que liga o dia inteiro. Tem outras que não. Tem homem que gosta de amélia. Tem homem que não! É simples assim, mas tem gente que complica e fica procurando coisa no lugar errado.

    Eu sou assim! Quem quiser que fique!

  • Responder cyncynn 25/06/2009 at 12:15 am

    Paula,

    Eu normalmente não comento, mas há algum tempo procuro respostas para essa sua pergunta.Falo isso pq sinto que os homens tem medo de mim. Modéstia parte eu sou linda, bem sucedida pra minha idade, saio mt cedo, chego muito tarde, tenho minhas próprias coisas e meu próprio brilho! E as pessoas me questionam em relação a minha solidão: “Como uma menina tão linda, inteligente, bem sucedida como vc está solteira?” E a pergunta é recorrente. tão recorrente que incomoda e que comecei a conversar com algumas pessoas mais intimas sobre isso…

    Cheguei há algumas conclusões:
    1)As pessoas tem medo de se aproximar desse tipo de mulher “moderna” pq acham que ela pode estar acima dele.
    2)Homens tem medo de não estar a altura dessas mulheres e de ficarem frustrados caso não consigam satisfaze-las
    3)Homens são absurdamente inseguros.
    4)Sabe aquela frase “as melhores mulheres pertencem aos homens mais atrevidos”? Eu acho que resume bem a situação da mulher moderna!Só esses dão a cara a tapa na minha opinião! Que não desiste, que insiste, que mostra o que quer, pq quer e que não vai desistir!

    Agora dando enfase há um comentário que li no seu post que acreditei ilustrar bem a realidade(pelo menos no meu caso) é essa:

    ‘Homem não aceita que a mulher brilhe mais, ganhe mais.”

    Fico triste de ler isso, e as vzs até um pouco desesperançosa, mas enfim achei ótima a sua iniciativa( ainda mais pq já era uma pesquisa que eu já vinha fazendo) e acredito que vá ajudar há muitas meninas por aí.

    Beijos,

    Cyncynn

  • Responder Marina Gomes 08/07/2009 at 10:34 pm

    Paula,

    Vamos lá rs… Eu tenho 24 anos, trabalho desde os 16, me banco totalmente desde os 18. Já fui mais independentezinha do tipo não preciso de homem pra nada e sinceramente?
    ASSUSTA muito um homem que nós não precisemos deles pra nada, não digo nem financeiramente, mas homem tem que sentir que é o seu herói.
    Tive um namorado há um tempo atrás que um dia virou pra mim e disse: ” Não me sinto necessário na sua vida, não vejo o porque continuarmos”. Alooooooooooou?
    Levei um baita chifre uns meses depois, com uma mocinha estilo Amélia que em seis meses ( eu tinha um ano e meio de namoro) arrancou carro (Audi A3 rs) e um apartamento dele porque ” não tinha quem cuidasse dela” . Conclusão, homens gostam sim de mulheres dependentes, mas não creio que tenha que ser generalizado com relação ao dinheiro.
    No meu caso por exemplo eu sou independente total financeiramente, mas sinceramente? Adoro ter pra quem ligar quando meu carro dá problema, adoro ter pra quem correr em um dia ruim e talves os homens sintam falta esse tipo de dependecia nas garotas.
    E acho sim que no fundo, toda mulher gosta de ser cuidada e zelada pelo compranheiro.

  • Responder vania 21/07/2009 at 1:35 am

    A coisa é pratica.
    Homens que gosta da mulheres que sejam machodependentes, ve que ela tá se anulando por ele e não dá um toque, sugere a ela para procurar um tratamento estão usando as amélias para a fachina doméstica e outros fins. Na certa trai de monte

  • Responder fatima \freire 12/08/2009 at 3:47 am

    Adorei seu artigo.
    Os homens em geral casam com as santinhas, mais se realizam sexualmente com mulheres independentes. Pensando eles, que as independentes são mulheres objetos e fácil de trair.
    É ai que eles se enganam. Toda mulher moderna está a fim de um homem companheiro, amante, amigo,fiel, bem humorado, trabalhador…
    Eu sou mulher moderna independente , moro sozinha, e adoraria ir pra cozinha,sempre que fosse possivel, e fazer um comidinha gostosa para o Homem Amado.(estou a procura desse ser tão complicado)

  • Responder Ingrid Linck 06/06/2010 at 9:57 pm

    Oi Paula…
    Amo ler seus posts.. e amei muito esse…
    Nos últimos tempos venho concluíndo que não sou apenas eu que passo por esse tipo de situação…
    Moro sozinha… tenho meu carro… vou pra onde e quando quero… tenho um bom papo e sei até dançar… não posso compreender, não faz nenhum efeito… diz a música…
    Mas sobre os amigos…
    Amigo 1 – Nossa… tá solteiro?? Minha filosofia ainda é… de duas vidas se faz uma, mas as duas vidas já existentes não precisam acabar…
    Amigo 2 – Tá solteiro?? Sobre mulheres inteligentes e ativas com homens babacas… um dia cansa de tentar algo mais interessante… tenho amigas assim.. com caras muito dementes… sério.. é de chorar… mas esses não fogem…
    Amigo 3 – entrei em deprê!
    Amigo 4 e 5 – Sniff!! Vocês levam tempo demais pra se acostumarem…
    Amigo 6 – Pq vocês gostam tanto das dependentes?? conheço meninas que os namorados carregam pra tudo que é lado… até para fazerem depilação.. que é isso??
    Amigo 7 – Interessante… Tu realmente existe??

  • Responder Ana Paula 06/06/2010 at 11:45 pm

    Post bem bacana!
    E pelo menos os respectivos responderam com classe.
    Acho que nada nesse mundo deve ser generalizado. Minha mãe, por exemplo, vive dizendo que trabalhou duro por anos para poder pagar uma empregada, pois não gosta de fazer serviços domésticos e fica de mau humor quando tem que fazer. Minha irmã e eu sempre falamos que se algum dia eles se separassem, moraríamos com meu pai, pois ele sempre fez tudo dentro de casa. Daquele jeitinho masculino, meio pelas tabelas, mas faz. Ele lava, limpa, esfrega, cozinha, arruma tudo que estiver quebrado, nos serve quase sempre que pedimos e não reclama, faz porque gosta, não se sente inferior por isso e nunca pediu nada em troca. Hoje os dois são aposentados, minha mãe fica em casa fazendo o que bem entende e ele trabalha todo dia em um negócio da família, ainda sem reclamar. É do tipo que não consegue ficar parado. Mas enfim, quis dizer que são casados há 35 anos, felizes, discutiram muito pouco em todos esses anos e estão aí pra provar que existem sim, homens bons, que podem se encaixar ou adaptar a qualquer perfil, assim como nós, mulheres, podemos fazer. Tem espaço pra todo tipo de gente. Acho sim, que a mulher moderna assusta alguns homens, mas acho também que a quantidade de “assustados” está diminuindo consideravelmente. Para mim, pelo menos, parece que o mundo se acostuma rápido com as mudanças, tende a se adaptar ao novo.
    As amélias vão continuar existindo, seja porque gostam ou porque foram criadas para viver assim, mas assim como as mulheres tornaram-se modernas, os homens (ou uma parte deles) gostam da evolução. Os que não gostam, claro, tornam-se os “bobões que ficam com as descoladas dependentes” pois possuem alguém para moldar e mandar.
    Resumindo, ainda acho que tem de tudo nesse mundo e continuo aqui, esperando o príncipe encantado aparecer. Um desses, estilo meu paizão…
    Me estendi no comentário e não sei se fui clara, mas deixo aqui meu registro, de qualquer forma.

  • Responder ta_camargo (Talita Camargo) 07/06/2010 at 1:15 am

    Muito bom o post do @sweetestpblog de hj, giirls! #ficaadica pq eu adorei!! RT: Mulheres modernas, tremei!! http://tinyurl.com/ye4l3ub

  • Responder anathais (Ana T. Sasso) 07/06/2010 at 1:20 am

    nem sei pq isso não me surpreende. RT @sweetestpblog Mulheres modernas, tremei!! http://tinyurl.com/ye4l3ub

  • Responder Korolieva (Korolieva Magaton) 07/06/2010 at 12:54 pm

    Se alguém duvidava, aí estão as respostas…rsrs http://tinyurl.com/ye4l3ub

  • Responder Luciene Cristina 22/06/2010 at 4:08 pm

    Os machistas que me perdoem mas os modernos são melhores…muuito melhores
    é o seguinte:
    Não estou criando minha filha para ser amélia ou capacho de nenhum filho da mãe, por isso ela tem 13 anos e ja sabe o que quer: ser independente.
    E o meu filho adolescente de 15 anos ja sabe fazer trabalhos domésticos inclusive lavar banheiros, nem por isso ele é menos homem, ao contrário ele é um verdadeiro príncipe um amor de menino ( e ja chove de gatinhas atrás dele rs…)
    O caminho é esse: mudar as raízes educar para a igualdade, eliminar de uma vez os escombros dessa sociedade machista cristã-patriarcal . Afinal mulheres submissas são mulheres vítimas, por isso tantos maridos e companheiros continuam espancando e até matando suas mulheres nesse país ( eles se sentem donos delas) Tipo: muitos agem como se a mulher não tivesse o direito de terminar um relacionamento, então vão lá e a matam.
    É por isso q eu sou feminista roxa e revolatada mesmo e digo mais,
    Mulheres: não devemos ser criticadas por gastar o nosso próprio dinheiro afinal estamos gerando emprego . O que seria do mundo capitalista não fossem os produtos femininos? Existem milhares de empregos nas fábricas porque nós mulheres compramos!
    Acorda mulherada !
    E atenção você que escolheu ser dona de casa, (embora eu ache burrice e desperdício). Saiba que o dinheiro que seu marido ganha também é seu afianal se você não estivesse em casa trabalhando pra ele feito uma amélia ele teria de pagar uma empregada para cuidar de tudo. Quem trabalha de graça é escrava amigas!
    Hei! Estamos no século XXI. Eu amo meu marido demais e estamos juntos a 16 anos porém se um dia ele me pedisse para ser amélia eu pagaria pra ele uma passagem só de ida para 190000000e oooooooooooooooooooooooooo!Homens acordem ! O machismo é negativo até mesmo pra vocês!
    Sempre digo ao meu filho que homem machista é homem burro; vejam só:
    Quase nunca aceitam a opinião de ninguém- pessoas inteligentes sempre consideram a opinião dos outros
    Não gostam de ir ao médico e se acham tão fortões que quando vão é tarde demais ( na verdade, a maioria se bórra de medo mesmo rs- muitos morrem por causa de tamanha burrice.
    A lista é extensa…..esses dias eu disse a um amigo nosso que ele precisava descansar um pouco e sabem o que ele me respondeu? – “Eu sou homem ” Aí eu respondi: Então homem tem que se ferrar mesmo!

  • Responder Luciana 13/11/2010 at 11:52 am

    Concordo que deve haver equilíbrio em TUDO. O fato de uma mulher ser “amélia” não significa que ela não possa conciliar funções e principalmente, que não possa satisfazer TODAS as necessidades de seu marido.
    O importante é ser bem resolvida, sendo você uma mulher “moderna” ou uma “amélia” !!!

  • Responder fer 29/01/2011 at 7:57 pm

    Concordo que deve haver equilíbrio em TUDO. O fato de uma mulher ser “amélia” não significa que ela não possa conciliar funções e principalmente, que não possa satisfazer TODAS as necessidades de seu marido.
    O importante é ser bem resolvida, sendo você uma mulher.

  • Responder Lina Cavalcante 09/04/2011 at 7:08 pm

    Mulher moderna, o que é uma mulher moderna? á mãe que é obrigada á cuidar da familia porque o pai caiu fora?
    O que os homems nos obrigaram foi á ser uma mulher moderna muitas veses por necessidade de sobrevivencia, somos modernas? que bommmmmmmmm! somos independentes? melhor ainda, mas quem fez com que tomasemos essa decisão foram eles! os homems, que com suas fragilidades mostraram que poderiamos conquistar o mumdo, então viva nós mulheres independentes inteligentes, que estamos cada dia mais ativas, mais dignas de respeito, SOMOS MULHERES COM MUITO ORGULHO.

  • Responder Carlos 09/07/2011 at 10:34 pm

    Grande perda de tempo ouvir mulheres falando sobre como os HOMENS pensam. Entendam uma coisa: Vocês nunca vão entender o que passa na nossa cabeça. Mulher em geral busca homens que estejam acima delas e ainda é trabalho do homem conquistar a mulher e assim se expõe ao risco de ser rejeitado e isso dói, e muito. Se vocês invertessem os papéis e passassem pela sensação de levar um fora entenderia porque é inteligente aumentar suas chances ao máximo (indo atrás de mulheres abaixo de você). Tem muito homem inseguro? Com certeza, somos humanos. Não temos que encarnar a fantasia feminina de um homem que não tem medo de nada, temos conflitos e vulnerabilidades como todo mundo. Pra piorar os testes e joguinhos não acabam depois da conquista, inconscientemente (ou conscientemente) a mulher continua testando o pretendente pra ter certeza que está com um “macho alfa” e quanto mais alto for o status de uma mulher, maior ela acha que o homem ideal tem que ter e piores são os testes. Como nossa vida não se resume a conquistar uma mulher, pois queremos um relacionamento pacífico, uma sensação de estabilidade e de que somos admirados realmente e não estamos com vocês por falta de opção. Por isso o homem gosta de sentir que é seu herói, gosta de sentir que tem valor (como qualquer um). Em suma, esse bando de mulher que reclama que homem não gosta de mulher independente simplesmente não sabe, ou não se importa, em fazer seu homem se sentir valorizado. Nada de eu te amos e etc, fazer ele sentir que tem valor, que você não está secretamente a procura de um homem que se encaixe melhor no seu ideal

    • Responder Daniel Ferraz 03/11/2011 at 6:50 pm

      Concordo!

  • Responder Paty Paiva 23/04/2012 at 4:35 pm

    Meninas e Meninos, adorei o que li. Gostei de cada comentário, de cada ponto de vista.
    Me identifico muito com o estereótipo da mulher moderna. Trabalho, moro sozinha, tenho iniciativa e faço meus sonhos acontecerem. Eu gostaria de encontrar um homem que me incentivasse a sair pra almoçar com minhas amigas enquanto ele vê futebol com os amigos dele. Um cara que achasse o máximo eu me vestir muito bem e caprichar no visual (modéstia à parte sou muito bonita e já tive namorado que não gostava que eu me arrumasse numa tentativa de me “enfeiar”). Gostaria de encontrar um cara que curtisse ver filme agarradinho e discutir o filme comigo depois, numa discussão inteligente (sou estudante de psicologia e adoro filosofar sobre comportamento). Aliás, só o fato de eu ser uma futura terapeuta já é o suficiente pra assustar boa parte dos homens. Eles fantasiam que tenho bola de cristal e que faço uma leitura raio x só de olhar pra cara deles. Ahhh se eu tivesse esse poder (rs)…
    Enfim, procuro um relacionamento de troca: troca de carinho, de palavras gentis, de favores, de agrados, de ideias, de respeito à individualidade e à liberdade, de reciprocidade, de confiança, de sensibilidade e de amor. São essas coisas que procuro e que ainda não encontrei. Infelizmente, ultimamente tenho me deparado com homens cuja dinâmica de funcionamento é baseada no controle e no sentimento de posse, exatamente como foi exposto no post acima. Me parece que somos o tipo de mulher que, à princípio, é muito desejada, mas que, se o homem não se sentir seguro o suficiente para estar lado a lado conosco, ele logo dá um jeito de sabotar a relação.
    Também concordo que as mulheres evoluíram muito e muito rápido, deixando os homens perdidos em relação às suas funções e seus papéis. Acho que com o tempo eles também irão se ajustar à essa nova realidade… só não sei se estarei viva pra ver.
    Como toda escolha tem um preço, também pago caro por escolher ser livre, independente, inteligente e cada vez mais interessada em evoluir como mulher e ser humano.
    O meu recado para os homens: Queridos, não temam as mulheres inteligentes. Elas são parceiras inigualáveis. Ao contrário do que vocês pensam, é exatamente esse tipo de mulher que saberá ser sensível aos seus desejos e sentimentos. Elas saberão, sim, mimar vocês quando chegarem em casa depois de um dia difícil de trabalho e, além de fazer isso, também serão capazes de conversar com vocês com intimidade e profundidade, sendo amigas e parceiras de verdade. Elas são amigas e amantes ardentes. São leais, fiéis e valorizam profundamente os homens que estimulam sua capacidade de evolução constante. Elas não manterão vocês presos, ao contrário, respeitarão sua liberdade, pois são seguras e acreditam no sentimento que os une. A relação de vocês será de troca. Você será a inspiração para ela crescer cada vez mais e ela fará de tudo para torná-lo cada vez mais feliz e bem sucedido na vida. Deixe-a brilhar e sua própria luz ganhará tons e cores inimagináveis… retribua ao amor, às gentilezas, aos carinhos, aos favores, divida as tarefas… e por aí vai… isso, sim, é uma verdadeira parceria.
    Ahh.. e se a iniciativa pra vocês se conhecerem e, até pra algumas intimidades, partir dela, sinta-se o MÁXIMO! Ela, provavelmente, te achou o suprassumo do universo. E isso NÃO quer que ela faça isso com todo mundo, SÓ quer dizer que ela quer VOCÊ na vida dela! Se eu fosse você, usaria isso a meu favor, e não contra…

    À propósito, conheço um Daniel Ferraz (citado acima)… será que nos conhecemos?

  • Responder Paty Paiva 23/04/2012 at 5:51 pm

    Correção: “E isso NÃO quer dizer que ela faça isso com todo mundo, SÓ quer dizer…”

  • Deixe seu comentário

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.