Restaurantes Rio de Janeiro Viagem

L’Etoile: o restaurante do Sheraton Rio

05/01/2015

Agora a vida complicou! Antes, eu vinha pro Rio, ganhava 2kgs e voltava pra Santa Maria e aí tinha 10 ou 15 dias pra voltar ao normal. Aí a pessoa casa com alguém que ama vinhos, ama sair pra jantar e descobrir novos restaurantes sem dor na consciência – e ainda por cima tem uma genética maldita, daquelas em que a pessoa come e você que engorda. Realmente, não sei como vou fazer. É difícil resistir. Minhas bochechas que o digam…

Passamos um final de semana no Sheraton Rio Hotel & Resort (uma delícia, fica a dica pra escapar da loucura urbana de vez em quando) e o ponto alto foi conhecer o L’Etoile, mais novo restaurante francês do lugar. O restaurante possui assinatura do renomado Chef Jean Paul Bondoux, do La Bourgogne de Punta del Este e Buenos Aires. Seu braço direito é o Chef Emmanuel Serrano, que já passou por muitos estrelados Michelin e foi sous Chef no NoSo do W Santigo – amo, tem post sobre o NoSo aqui.

 

IMG_4083 IMG_4092 IMG_4052

 

Nos esbaldamos. O maître era mineiro, simpático e ficou batendo papo conosco, além de dar boas dicas. Como fica no último andar, a vista é sensacional. Começamos com ostras com molho de maçã verde, depois passamos para o camarão gigante em crocante de coco e finalizamos com o duo de foi gras. Eu sei, ficar descrevendo comidas em detalhes é uma p*&% falta de sacanagem! Uma das entradas foi cortesia da casa, se não me engano, foi uma musseline de lagosta de comer rezando.

 

IMG_4046 IMG_4055 IMG_4049 IMG_4057

 

As pessoas exageram nas entradas e ainda têm o peito de pedir pratos principais….hehehe! Eu fui de leitão cozido a baixa temperatura, com abacaxi confit e molho de pimenta preta e precisei cometer o pecado de abandonar mais de 50% do prato. Que dó! O Lu foi de lagosta e também não conseguiu ir até o fim, por pura falta de espaço no estômago.

 

IMG_4058 IMG_4059 IMG_4073

 

E pra provar que não tá morto quem peleia, tivemos a audácia de terminar a noite pedindo uma degustação de Crèmes Brûlées. Pois é. Depois a pessoa se olha no espelho e pergunta: “Mas como foi que eu engordei assim?”. É muita cara de pau, não? O de pistache veio parar direto no meu pneu esquerdo, mas, who cares?

 

IMG_4060 IMG_4048

 

 

Adoramos, mas cabe uma crítica. Um dos pratos principais de carne é trazido para a frente da mesa dos clientes e flambado na hora. Só que, depois, fica uma fumaceira horrorosa e um cheiro super desagradável de queimado no restaurante inteiro. No dia em que fomos, várias pessoas pediram esse prato, então saímos de lá defumados e com os olhos ardidos. Acho que deviam repensar esse prato, porque realmente incomoda e a fumaceira não encaixa com o lugar. De resto, aprovadíssimo.

L’Etoile

Av Niemeyer 121, Leblon

21 2529-1299

14 amaram.

Você também poderá gostar

2 Comentários

  • Responder Jordana Freire 05/01/2015 at 8:28 am

    Triste não é engordar… triste é ver essas comidas gostosas ás 09:26 da manhã sendo que estou de plantão o dia todo no trabalho apenas com um pouco de café, bolacha de aguá e sal e uma marmita de macarrão que sobrou da noite passada.
    AFF…
    HAHAHAHAHAHAHA
    Te amo perua!

  • Responder Lilian 05/01/2015 at 8:38 am

    Adoro o seu blog. Com ele fui a Europa e segui todas as suas dicas e não me decepcionei. Agora com vc aqui no Rio, eu tô ferrada. Já estou aqui cutucando o marido para dar uma escapada igual a sua. Bem vinda ao Rio e que Deus te abençoe cada vez mais. Bjs

  • Deixe seu comentário