Dicas de viagem Restaurantes Viagem

Las Leñas: 10 dicas para aproveitar bem a sua viagem de ski

17/09/2012

Ele me iniciou ao  HomeoPast (quem já usou esse creme que opera milagres em pele e pés secos chora diamantes de gratidão pela sua existência) e meu amigo de looooonga data. Sabe aquela pessoa que você simplesmente ama de paixão e que leva uma vida tipo cem milhões de vezes mais agitada e interessante que a sua? Pois o Renato Crestincov é um amigo jetsetter, energia boa, do tipo que passa temporadas velejando em St Barth’s e carimba o passaporte umas vinte vezes por ano coisa simples e humilde, sabe como é, rsrsrsrs. Ele começou a escrever o delicioso HEDONAUTA e, quando vi que o fofo estava em Las Leñas, muy educadamente encomendei um post com dicas pra nós. Segue o relato!

“Teoricamente, a última semana de agosto e as duas primeiras de setembro são as melhores para se esquiar na América Latina: não está mais tão frio, as pistas ficam vazias e geralmente acontece um fenômeno chamado “La Tormenta de Santa Rosa“, que enche as pistas de boa neve. O ponto de fusão da água sobe à medida em que sobe a altitude. Ou seja, a água vira neve em temperaturas mais amenas na alto da montanha. O que é ótimo pra mim, que não sou muito chegado em frio. Infelizmente a tormenta não veio esse ano, mas nem por isso a viagem deixou de ser incrível. A neve estava ok e a companhia foi a melhor possível. Vim com meu amigo argentino Agustin, que esquia desde os 3 anos de idade várias vezes por ano. Sua família toda veio junto e eles são máximo!

Cheguei uns dias antes em Buenos Aires decidido a comprar meu próprio equipamento de ski pra não mais perder metade do dia em que chego na estação pra fazer todo o trâmite do aluguel, nem os últimos momentos de diversão do último dia fazendo a devolução. Descobri onde ficam os outlets esportivos: na Avenida Libertador entre Martinez e San Isidro, e lá fui eu. Entre os números 1.400 e 1.500 da avenida tem a Casa Del Esquiador, o Universo Aventura, o Euroski Outlet, que estava em “Rebajas” (ver as palavras “outlet” e “rebajas” juntas me deixa muito feliz). Tem também algumas outras lojinhas menores, algumas ficam em galerias. Tem que explorar. Mas as três principais são essas mesmo.

 

Percorri todas as lojas, pesquisei preços, experimentei botas, skis, etc. pela manhã. Almocei no Kansas, que fica lá perto e é uma delícia, e à tarde fui comprar. Minha prioridade eram as botas – já que tenho um certo nojo das botas que eles alugam nas estações de ski. Talvez seja trauma de tantos congressos de podologia que frequento desde muito jovem, onde fotos horríveis de micose de unha vão passando no telão. Decidi comprar as botas e os bastões no Euroski e o par de ski na Casa Del Esquiador. Como calço 44/45, não tive muita opção e tive que comprar as únicas que encontrei para o meu tamanho. O vendedor disse que eram boas e eu achei bem mais confortáveis do que as que aluguei nas temporadas anteriores. Aproveitei pra comprar um par de bastões e fui à Casa Del Esquiador comprar os skis que tinha escolhido, mas eles não aceitavam cartão e a máquina de sacar dinheiro próxima da loja estava quebrada. Fiquei de voltar mais tarde, mas acabou que não foi dessa vez que esquiei com meus próprios skis.

 

Na primeira vez que fui a Las Leñas não acreditei nos meus amigos argentinos quando me disseram que era melhor tomar um ônibus de Buenos Aires até o resort e fui de avião. Quebrei a cara, porque o aeroporto de Malargue fica longe pra caramba de Las Leñas, perde-se um tempão com o transfer, espera-se as malas, fora que meu vôo atrasou. Isso sem contar que todo esse trajeto é feito durante o dia, ou seja: perde-se um dia de ski na ida e outro na volta e é meio estressante. Já o busão é um luxo, a poltrona é espaçosa e 100% reclináveis, vira uma verdadeira cama. Sai de BA’s no começo da noite e chega em Las Leñas de manhãzinha e te deixa na porta do resort. Depois vem uma van que te leva até o hotel e você já vai esquiar. Dormi a viagem inteira que nem uma pedra e cheguei super disposto e empolgado!

 

Ficamos no apart-hotel Esparta, que é uma das melhores opções de Las Leñas. Fica bem perto da base onde ficam os ski-lifts e isso é um luxo, porque você não precisa camelar que nem robô por causa das botas carregando os skis, que são pesados. Você sai e já vai direto pra pistas, como se fosse um hotel “pé na areia”, só que na versão neve. Apesar de não ter tido a tal “Tormenta de Santa Rosa”, estava nevando no primeiro dia, o que rendeu uma ótima condição de neve nos 4 primeiros dias. No final da semana a condição já estava mais precária, mas ainda dava pra esquiar gostoso.

 

Feitas as funções de check-in, compra do skipass e aluguel dos skis, fui à sede da escola pegar um professor pra me acompanhar no primeiro dia, já que meus amigos todos têm um nível muito mais avançado do que o meu e eu não queria correr riscos desnecessários logo no primeiro dia. Aproveitei e me matriculei para as aulas matinais em grupo, o que foi maravilhoso! Além de me “obrigar” a acordar cedo e aproveitar mais o dia, tive companha pra esquiar, evoluí pra caramba e economizei um dinheirão com professor particular. A escola de ski e snowboard de Las Leñas tem uma preocupação bem importante com a questão da acessibilidade. Vi dois cadeirantes tomando aulas e o diretor da escola me disse que já deu aula pra alunos 100% cegos, achei o máximo!

 

Quando perguntaram meu nível, disse que era intermediário com um certo frio na barriga. Foi minha terceira temporada de ski da vida e talvez fosse mais prudente ir pro nível básico. E qual não foi minha surpresa ao fim do dia quando o instrutor disse que meu nível era avançado e que eu deveria mudar de grupo no dia seguinte?! Lá fui eu no dia seguinte pro grupo avançado. 20 minutos de meditação zen pra não entrar em pânico antes da aula, capacete na cabeça e eu estava alguma coisa parecida com “pronto”.

 

O segredo é tomar todas as precauções possíveis e manter a calma. Quando me dei conta, já tinha descido por TODAS as pistas de Las Leñas, até por algumas que eu achava que jamais desceria. Até uns fora de pista curtinhos arrisquei. E mais: comecei me destacar no grupo. No último dia teve um brinde com espumante pra comemorar o fim da temporada e me elegeram o melhor aluno da turma. Na falta de um troféu, ganhei um porta sachê de ketchup com o logo de Las Leñas. É engraçado, mas eu adorei! Adoro o logo deles e vai acabar virando cinzeiro ou algo do tipo.

 

Não saímos nenhum dia pra balada, apenas tomávamos um vinhozinho no après ski do UFO Point (aqui tem post detalhado sobre ele), onde também jantamos um dia. Íamos pro nosso chalet, onde a mãe do Agustin preparava um chá da tarde delicioso, depois tomávamos uma sauna, voltávamos pro chalet e a santa da mãe do Agustin preparava nosso jantar. Tomávamos vinho , assistíamos Avenida Brasil pela Globo Internacional (existe coisa no mundo mais deprimente do que a publicidade veiculada na Globo Internacional destinada aos brasileiros completamente ferrados em todos os sentidos que foram tentar a vida no exterior?). Aí cada um caia no sono lendo seu respectivo livro e acordávamos cedo pra mais um dia de adrenalina. Que saudade dessa rotina! Uma semana é pouco!

 

O frio resseca a pele de todo mundo (olhem só o estado da minha na foto acima), e a galera ficou impressionada com o HomeoPast, fez o maior sucesso e eles querem levar pra Argentina. Na volta, conheci o famoso El Sosneado, passei mais uns dias em Buenos Aires (aqui tem post sobre isso) e voltei pra São Paulo prometendo a mim mesmo que minha próxima temporada de ski será mais longa.

Não percam o GUIA DO ESQUIADOR DE PRIMEIRA VIAGEM. E as top 10 dicas do Renato:

  1. Tome aulas! É praticamente impossível aprender sozinho
  2. Use capacete! Se você quebrar uma perna, braço ou costela, você se recupera. Mas se você bater a cabeça contra uma pedra, já era!
  3. Prefira acomodação próxima à base dos skilifts. Em Las Leñas tem os hoteis Virgo e Acuário. E o apart-hotel Esparta.
  4. Vá de ônibus de luxo de Buenos Aires à Las Leñas, é mais tranquilo, confortável, barato, e você ganha dois dias a mais esquiando, já que os ônibus são noturnos
  5. Proteja-se contra o sol! A neve vira um grande refletor que faz o efeito do sol se multiplicar na sua pele.
  6. Beba muita água! Não se esqueça que você estará fazendo esporte o dia todo.
  7. Prepare o bolso: uma viagem pra qualquer estação de ski acaba sendo mais cara do que você imagina. Se você for ficar em um chalé com cozinha, vale levar uma mala de comidas de Buenos Aires. O único mercadinho de Las Leñas mete a faca sem dó!
  8. Hidrate sua pele com HomeoPast. Juro que eu falaria a mesma coisa se não fosse herdeiro! Experimenta que você vai ver que tenho razão! E mais! Desafio alguém a me mostrar um creme que hidrate a pele mais profundamente que ele!
  9. Não tente improvisar nem dar um jeitinho em relação às roupas e equipamentos de neve. Tenha tudo o que precisa: das meias às luvas até o capacete. E nada de achar que seu agasalho mais pesado vai resolver o problema. Você pode acabar o dia encharcada e congelada!
  10. Mantenha a calma, respire fundo e divirta-se!

 

O Hedonauta também tem Twitter @hedonauta e Instagram @RenatoCrestincov! 😉

15 amaram.

Você também poderá gostar

13 Comentários

  • Responder renato 17/09/2012 at 12:43 pm

    Adorei as palavras Paula! Mas acho que nossos passaportes estão pau a pau hein?!

  • Responder candida 17/09/2012 at 2:00 pm

    Amei as dicas! Adorei o amigo…rsrs bjoooo

  • Responder Tatiana Almeida 17/09/2012 at 10:52 pm

    Eu quero esse creme milagroso. Aqui no Rio não acho dele. Entrei em contato pelo site deles perguntando dos endereços do Rio e até agora nada. Meu pé tá pior de pé de pedreiro. kkkkkkkkkkkkkkkk

    • Paula Sweetest Person Blog
      Responder Paula Sweetest Person Blog 18/09/2012 at 8:58 am

      Compra online no site da HomeoMag se nao achar!!
      beijos

    • Responder renato 18/09/2012 at 12:09 pm

      Compra pela internet ou liga no nosso SAC: (11) 2605-6239 informando o seu CEP. A atendente vai lhe informar sobre todos os pontos de venda mais próximos da sua casa! 🙂

      • Responder Tatiana Almeida 18/09/2012 at 7:24 pm

        Vou ligar então….Depois conto aqui se deu jeito no meu pé de pedreiro master (daqui a pouco perco o marido)!

  • Responder Dani 18/09/2012 at 10:23 pm

    Tati, tem para vender em lojas de podologia, tipo Spé ou similares. Também adoro Homeopast, meu pé ficou horrível depois do ultimo carnaval (pense numa pessoa que passou os 5 dias andando de Havaianas pelos blocos do Rio) e só ele salvou!

  • Responder HysaacSpencer 14/01/2014 at 4:37 pm

    Gostaria apenas de saber onde posso comprar os bilhetes de ônibus para Las Leñas!!!

  • Responder HysaacSpencer 14/01/2014 at 4:39 pm

    Nos estamos querendo ir para Las Leñas, mas não conseguimos encontrar onde compra os bilhetes do ônibus. Onde podemos encontrar??? Grato por tudo.

  • Responder Fernando Martins 27/05/2014 at 6:16 pm

    Ola.
    Estou planejando minha viajem para las lenas para essa temporada de agosto agra, 7 dias !
    Estou muito perdido e gostaria de uma ajuda rs.
    1° é bem mais em conta mesmo um voo ate Buenos aires do que um voo direto para San Rafael ou Mendoza e la prosseguir de bus ?!
    2° Penso em ficar em Malargue e subir todos os dias para las lenas, imagino ser mais em conta do que se hospedar em las lenas ?!Oque vc acha ?(em las lenas apenas almoçar e um café da tarde, sei la).
    3°Va que eu prefira um voo ate BA’s e seguir de Bus ate las lenas, os dias tem que coincidir, pois vi que as saídas de Bus de BA ate las lenas são apenas nas quintas e domingos. Oque vc me sugere ? Sou de BH ?e na volta, como é a volta de BUS ate Ba’s ?
    Como vou viajar sozinho rola um frio na barriga !!
    4° aluguel de roupas de frio onde vc me sugere alugar é caro ??

    Espero que vc possa me ajudar rsrs, quero mto realizar este sonho…
    Não quero gastar mto…vou tirar 3500 reais para minhas férias (passagens,comer,dormi e esquiar com equipamentos e roupas alugadas) …Isso é oque eu tenho para viajar !
    Sera que consigo realizar !?
    abraços

  • Responder Ismael Augusto 25/06/2014 at 10:44 am

    Olá, muito legal o relato. Vou seguir as dicas. Só ficou faltando o custo do aluguel dos equipamentos e hospedagem. Se puder disponibilizar, seria de grande ajuda. Obrigado.

  • Responder Vanelle 03/03/2015 at 10:50 pm

    Olá, gostaria de saber sobre a possibilidade de ir de carro para Las Leñas, saindo de Buenos Aires, no mês de setembro. Estamos pensando em ficar na região; ou Malargue ou próximo a Las Leñas. As estradas são boas? Tem muita curva ou trecho perigoso? E ainda tem neve no caminho essa época? Muito obrigada!

  • Deixe seu comentário