Myself

Falta conteúdo que preste na web?

30/04/2014

imagesE87UO6GH

Se você, como eu, sente falta de conteúdo que preste na web, vem cá e vamos bater um papo. Quando pulo de site em site e de blog em blog acabo não ficando mais do que um minuto ou dois em cada. Sinto muita falta de sites nos quais pudesse passar pelo menos uns quinze minutos – lendo, me interessando e acrescentando algo à minha vida. Não sei quando foi que essa banalização UOH de look do dia tomou conta de tudo de um modo generalizado, chato e extremamente sem graça. Cá entre nós: como alguém pode se inspirar em looks totalmente patrocinados (ou, pior, emprestados de lojas), com personalidade zero e, de brinde, textos bizarros ‘explicando’ a ‘escolha’ das peças? Às vezes a pessoa tem um baita talento (sabe cozinhar, sabe decorar, sabe organizar viagens, etc) mas, por falta de criatividade, insiste em look do dia. Sou uma consumidora-padrão às avessas, se todo mundo quer, não quero; se todo mundo usa, não me atrai; se é must have, no me gusta. Sendo assim, lógico que não entendo essa obsessão da maioria das pessoas em ser mera cópia de alguém. Até entendo quem quer copiar a personalidade interessante alheia, quem tem invejinha branca de quem descobre sozinho (e antes) tudo o que é bacana, mas querer ser parecida com a versão paga de alguma blogueira é uma pobreza de espírito sem precedentes. Mãozinha na cintura, sorrisinho fake ensaiado, olhar pro além com naturalidade, pose mexendo no cabelo, trinta fotos do mesmo look no mesmo post – como alguém ainda aguenta isso? Sem falar nos braços afinados e pernas e rostos brilhando de tanto Photoshop. Pegaram a fórmula que deu certo pra meia dúzia e detonaram com ela sem dó nem piedade.

Algumas ficam milionárias (quem leu a matéria da Mônica Bergamo?) e a fórmula segue a mesma. É fácil ser linda com uma equipe a postos para isso: cabeleireiro, maquiador, assessor, stylist. Quem nunca pensou ‘certas estão elas’ que atire a primeira pedra – quem seria capaz de dizer não para R$7.000 por um look no Instagram, sejamos honestas. Não há absolutamente nada de errado em ficar milionária tendo a chance de fazer isso, mas me pergunto se não há algo de errado em ter tanto poder e alcance nas mãos e não usar isso de um modo melhor, mais criativo e interessante. Quem revoluciona a internet uma vez é capaz de revolucionar de novo! Ou não?

Sinto falta de gente se abrindo, dizendo o que pensa e sente, contando aspectos da própria vida que podem mudar a vida alheia. Sinto falta de algo que toque a alma, toque o coração, toque o cérebro. Não quero só sentir coceira na mão pra sacar voando meu cartão de crédito e fazer uma compra. Quero sentir empatia por quem escreve, quero ter uma lista de favoritos no computador cheia outra vez. Talvez as pessoas interessantes e com algo a dizer, que produziriam o ‘conteúdo que preste’ que adoraríamos ler, estejam escondidas atrás da tela do PC pensando que não querem fazer parte dessa chatice tediosa. Enquanto uma galera vazia segue se levando suuuper a sério, gente com conteúdo se sente intimidada a mostrar seu talento pro mundo.

Sendo assim, se alguma de vocês tiver uma ótima dica de leitura (site/blog) pra me passar, agradeço muito! 🙂

65 amaram.

Você também poderá gostar

19 Comentários

  • Responder Taby 30/04/2014 at 4:20 pm

    AMEI O TEXTO PAULA!
    Penso exatamente como você e já não aguento mais esses looks em todo canto.
    Alias ver “look do dia” demais me faz pegar um bode eterno do blog.
    Também não gosto de ter o que todo mundo tem e não fico colada pra saber qual a peça “must have” do momento o que faz esses looks (mesmo que fossem verdadeiros) ainda mais desinteressantes pra mim.
    Falo pouco por aqui, mas te acompanho há anos, como sempre você foi ótima. 🙂

  • Responder Vanessa 30/04/2014 at 4:27 pm

    Falou tudo, Paulinha!! Os blogs perderam um pouco a alma e viraram verdadeiras revistas online. Tb fico um minuto nesses aí… e nem deveria ficar meio minuto pq nada do q elas indicam ou usam cabe no meu bolso.

  • Responder Pri S 30/04/2014 at 6:00 pm

    Verdade! Antes os blogs eram meios de buscar resposta para um problema: um cabelo bem hidratado, um batom legal, saber se o creme X funcionava em pele oleosa… Dicas “de amiga para amiga”, trocas de informação mil nos comentários. Agora é tudo tão comercial, textos comprometidos com as cifras que eles geram. Acho uma pena. Aí dá preguicinha do conteúdo mega pasteurizado que anda por aí. E em vários nichos, viu… De beleza, literatura… Mas se estão por aí é porque tem público. Talvez eu é que esteja procurando coisa no lugar errado! rsrsrs Caso apareçam boas indicações de blogs por aqui, compartilha em forma de post? 😉 Beijos!

  • Responder Cristina 30/04/2014 at 6:14 pm

    Conexãoparis. Adoro!

  • Responder Harumi 30/04/2014 at 6:46 pm

    Oi!
    Conheço um blog muito bom chamado Sweetest Person. Conhece?!

    Harumi.

  • Responder Fabiola 30/04/2014 at 9:24 pm

    Paula, concordo com tuas palavras! Esses bloguinhos de moda e de fitness me parecem tão vazios… E o pior: super mal escritos!!! Até a linguagem se repete, é uma escrita pasteurizada e autômata (até quando leremos “deusos” e “divos”?)…

    Enfim, alguns blogs que tenho acompanhado:
    http://livrada.com.br
    http://livrosmaislivros.com.br
    http://nomadesdigitais.com
    http://www.behappynow.com.br
    http://www.consueloblog.com
    http://www.futilish.com

    E o meu rsrs…
    http://bemsortido.wordpress.com

    Beijos!

  • Responder eve 01/05/2014 at 9:34 am

    Nossa voce leu minha mente. Eu já estava cansada desses looks do dia, que de real não tem nada, pois na minha realidade não dá para trabalhar de salto alto, escovada e com vestido de festa todo dia. Cansei de todas usando o mesmo óculos de sol e a mesma bolsa. Blogs vazios, de pessoas que não acrescentam nada. Fiquei repugnada com a matéria, claro elas não estão erradas em querer ganhar uma fortuna, mas ter um pouco de conteudo ajudaria bastante.
    Eu agora não fico nem um minuto mais em alguns blogs, não vou ajudar a manter o vazio, prefiro frequentar blogs de pessoas reais, que falem algo, que tenha personalidade.
    bjs

  • Responder Mariana 01/05/2014 at 6:02 pm

    Oi Paula!

    Sei bem o que é isso. Não pense que é apenas ums questão ligada aos blogs de moda e estilo de vida, me parece que está sendo assim em várias áreas.

    Um oásis de leitura no meio de tudo isso, no entanto, é a confeitaria mag, uma publicação online que reune muita gente interessante e ilustrações incríveis. Passa lá depois e conta o que achou!
    Um beijo!

  • Responder Liana 02/05/2014 at 10:17 am

    Achei certeira!
    Olha gosto muito deste blog: http://deleedela.com/
    é muito fofo e inspirador!

    Beijos Paula!
    Liana
    http://www.makeuphoney.com

  • Responder Tay 02/05/2014 at 10:28 am

    Gosto muito de acompanhar alguns blogs, mas minha expectativa quando abro não esta em ver o look do dia, mas sim ver a personalidade das pessoas descrita em muitas linhas, dicas são interessantes porque mesmo quando não cabem no bolso dos leitores é bom saber o que estão vestindo, o que esta “na moda” para não comprar, porque se comprar corremos o risco de esbarrar com muitas pessoas em uma festa com o mesmo modelo que o nosso. rsrs
    Dicas de viagem que não tenham no roteiro só lojas, aprender as comidas tipicas de outras regiões, os lugares mais distantes de onde os turistas ficam também é valido. Enfim, esta cada vez mais raro posts do dia a dia das pessoas estão mais parecidos com lojas virtuais, descrevendo nome de lojas e valores.

  • Responder Carina 02/05/2014 at 11:26 am

    Não existe “artista” sem público. O mesmo vale para blogs. Fato é: uma peça usada pela Kate Middleton em algum chá diplomático e clicada pelos tablóides esgota nas lojas em questão de minutos (não dias, não horas, minutos). E ela simplesmente aparece com a roupa, não diz, nada, não posta…ou seja, existe um público que sente que precisa ser informado sobre o que é ou não moda, o que fica ou não bonito, independente de cair bem, ser seu estilo, etc etc etc. Se não tem demanda, a oferta não faz sentido, concordam?

  • Responder Tatiana 02/05/2014 at 2:08 pm

    eu fiquei lendo e pensando: ué, mas ela tbm não faz isso?
    numa boa, não estou fazendo aqueles ataques que os blogueiros sofrem não!Estou conversando com vc.
    Mas a coisa tá tão fake (de uma maneira geral), que a gente vê os mesmos produtos, a divulgação dos mesmos cursos, e a critica aos blogs…por aqui tbm!
    Eu acho que qndo a gente quer encontrar conteudo, a gente BUSCA.
    Eu frequento blogs “perdadetempo” e tbm frequento outros que são uma delicia!Mas são afinidades pessoais né?
    Acho que um bom parametro de conteudo realmente é o tempo que vc fica na pg, mas sinceramente eu não sei se blogueiros tem como avaliar isso!
    É preciso sair do roteiro, para descobrir coisas novas!
    Bjs!

  • Responder Karla 02/05/2014 at 11:54 pm

    Vai ser difícil te indicar algum blog… Tudo uma chatice sem fim!

  • Responder Marcia 04/05/2014 at 8:14 pm

    Uma blogueira inteligente e sempre com otimos textos, é a Fal Azevedo.

  • Responder Verônica 05/05/2014 at 10:27 am

    Eu gosto muito do http://www.hojevouassimoff.com.br da Ana Soares porque, apesar de ter look do dia, ela também se preocupa em ter conteúdo e os looks são em sua maioria com peças off.

    Também vou indicar o meu, é claro kkkk, que já foi exclusivamente um brechó online e hoje é uma mistureba, escrevo tudo o que eu quero e acho relevante!!!

    bjssss

  • Responder Alda Lacerda 05/05/2014 at 7:24 pm

    Um blog muito bom e fala de tudo, casa , moda, psicologia, etc etc
    http://www.suacasaok.blog.br

    Beijos.

  • Responder Flávia 05/05/2014 at 10:10 pm

    Olá,
    Gosto muito da Juliana Cunha do “Já matei por menos” 😉

  • Responder Gabriela 06/05/2014 at 10:11 am

    Também sinto falta de blogs com conteúdo… Gosto de pessoas reais, do cotidiano verdadeiro.
    Sobre sentir empatia pelas pessoas, tem três blogs de quem eu realmente gostaria que fossem meus amigos: O Gui Poulain, do http://moldandoafeto.com/ que é uma pessoa linda, de sentimentos incríveis e que sabe externar isso de uma forma que emociana em todas as suas “Cartas Amarelas”. A segunda é a Carol Burgo do http://www.smallfashiondiary.com/ ela é ótima, inteligente, e tem looks que são realmente do dia, acessíveis e com combinações incríveis. A terceira é a Cony do http://www.futilish.com/ que é super engraçada e que compartilha muita dica boa. Sinto que ela realmente gosta das leitoras.

    Espero ter ajudado a aumentar a sua lista de favoritos!

    Beijos

  • Responder Laura 08/05/2014 at 4:29 pm

    Oi Paula!
    Dá uma olhada na Taki Mag: Cocktails, Countesses & Mental Caviar 🙂 http://takimag.com/
    Com destaque para as colunas do fundador Taki Theodoracopulos e do Gavin McInnes,o criador da Vice.

  • Deixe seu comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.