Bafão by Paula Pfeifer

Digital Influencer de araque: 10 regras para se tornar uma

30/08/2017

A digital influencer de araque (DIA para os íntimos) é uma categoria de seres humanos evoluída, que enxerga coisas que você não consegue – como a sua legião de fãs e de pessoas que dormem sentadas na pia de ansiedade pela sua próxima dica. Se o seu sonho é ser famosa mas você ainda não descobriu como, senta aí e leia essas dicas que vão te catapultar para a fama instantânea. O sentimento vai ser meio parecido com aquele que você tinha ao se tornar rico no Banco Imobiliário, mas, who cares? Hoje todos querem os seus 15 minutos de fama!

1.Comprar seguidores

Toda digital influencer de araque precisa seguir a regra clássica e mandatória de quem quer virar alguém na noite sem esforço e sem conteúdo. Não é muito barato não, então, prepare o bolso! As fazendas chinesas de likes estão aí, gente. Por trás daquelas pessoas absolutamente sem talento e sem nada a dizer com dezenas ou centenas de milhares de ‘followers’ nas redes sociais, há uma fazendinha, nada orgânica, que faz surgir miraculosamente comentários, likes e ‘pessoas’. Não finge que tá chocada, darling! Qual a explicação para aquelas pessoas que na vida real são odiosas, cafonas, sem assunto, do mal e blablabla do nada virarem DIA’s? Se liga na missão. Bobas somos nozes, as fias investem pesado no seu público do Pakistão, Índia e China, baby. Verdadeiras globettes abraçadoras da globalização e da tecnologia.

2. Se considerar absolutamente incrível

Toda digital influencer de araque enche a boca para falar qualquer coisa como se fosse Steve Jobs na apresentação de um novo iPhone.

3. Se denominar ‘Digital Influencer’

Toda digital influencer de araque se autodenomina assim – mas sem o ‘de araque’, tá pessoal? Conhecem aquela máxima que diz que as pessoas fodásticas não precisam se apresentar porque a fama do seu trabalho ou do que elas fazem de bom chega antes e faz a apresentação? Basta dar uma verificada nos perfis das pessoas que têm milhões de seguidores verdadeiros nas redes sociais e que fazem um trabalho de fundamento, e constatar: não está escrito ‘digital influencer’ ali. Até porque quem influencia pessoas – com seu bom gosto, trabalho, conhecimento, talento, etc – não precisa dizer que faz isso. Se autodenominar assim tá no mesmo nível de se autodenominar ‘boa de cama’: se você realmente é, não precisa ficar anunciando, né não?

4. Ser viciada na palavra parceria

Toda digital influencer de araque pede parceria constantemente, seja pro salão da esquina, pra empresa de ônibus, pra tia do brownie, pro barzinho do amigo. Elas sabem enxergar oportunidade em tudo, esse talento não podemos negar, as beeshas são boas nisso. DIA não tem assessoria de imprensa, tem email para parcerias. Você que está precisando alavancar sua nova marca de brigadeiros, lingerie ou esfihas, não fique tímida: bora testar o poder de venda da sua digital influencer de araque favorita! Seu espectro é amplo, para elas, não existe a palavra nicho: falou parceria, fechado! Tenho um medo especial dos dermatologistas que se unem às DIA’s – vocês já viram que algumas estão se transformando em personagens de mangá japonês e outras, no Fofão?

5. Usar frases inspiracionais no meio da jabalândia

Embora a jabalândia da digital influencer de araque seja, como diria Lala Rudge, pobrinha, ela não só existe como costuma ser frenética. Para dar uma disfarçada entre cupom de depilação de buço, esmalte com formol, looks made in China e sapatos de plástico, a DIA precisa intercalar umas frases inspiracionais no seu feed. Prepare o saquinho de vômito pois elas sempre vêm acompanhadas de uma pose olhando para o além com cara de quem está planejando a cura da fome mundial. E pra que deixar pra ser feliz amanhã quando você pode ser hoje, né gente?

6. Usar a velha mentira ‘já que milhares de vocês pediram’

Ai Jezus meu santo quando me deparo com vídeos ou fotos de alguma digital influencer de araque – usei o pronome feminino mas tá cheio de digital influencer de araque do sexo masculino também – cuja primeira frase é ‘já que milhares de vocês pediram’. Gente! Milhares de pessoas devem escrever para atrizes de Hollywood ou da Globo, milhares de pessoas devem mandar uma mensagem para um apresentador famoso após um ótimo programa, agora, de boas, vocês conseguem imaginar MILHARES de pessoas escrevendo para uma DIA implorando que pelamordedelsss ela compartilhe sua última dica babadeira imperdível do cupom de desconto do Peixe Urbano ou afins? Afe!

7. Andar em bando

Uma digital influencer de araque que se preze não anda sozinha, anda em bando, com uma turma de outras DIA’s. Afinal, alguém precisa saber quem elas são quando vão a algum eventinho, né gatas? Os fãs não reconhecem mas azamigue tão ali do lado pra dar uma forcinha e fazer um stories fake que ninguém é de ferro. Uma mão lava a outra – e depois é só passar aquele creme-que-estou-viciada-e-não-vivo-mais-sem para a pele ficar bem hidratada.

8. Usar black hashtags

A digital influencer de araque que se preze tem no seu bloco de notas do celular um textinho pronto com trocentas mil hashtags que são usadas em todo e qualquer post! Isso garante que os smartphones das fazendinhas chinesas, azamigues compradoras de likes e as empresas especializadas em escolher microinfluencers as encontrem rapidamente. As black hashtags como #tagsforlikes #sorteiogram #tags4follow e afins estarão sempre escondidinhas no meio de #ootd #lookdodia #fashion.

9. Postar compras como se fossem presentes

A digital influencer de araque não faz parte dos mailings bombados do nosso Braseeel, então o jeito é comprar os produtinhos que as reais DI’s receberam e postar tagueando a marca para que o estagiário que cuida do perfil do Instagram veja e, quem sabe, proponha uma parceria, um sorteio ou mande um batom. Aliás as DIA’s amam marcar perfis nas fotos – com um clique você vai ver da marca do óculos até o Instagram da depiladora, devidamente posicionado na perna da fofa.

10. Colocar “Oficial” no perfil

A digital de influencer de araque fica tão contaminada pelo mundo fake no qual vive que acaba criando alguns mecanismos de defesa, sendo o mais clássico de todos colocar ‘oficial’ no seu perfil. Afinal ela existe, ela é de verdade, ela é de carne e osso, ela tem sentimentos, ela é original e não aceita imitações. Dizem as más línguas que Markinho Zuckerberg ainda não está certificando os perfis oficiais das DIA’s, mas a esperança é a última que morre.

460 amaram.

Você também poderá gostar

31 Comentários

  • Responder Natalie 30/08/2017 at 2:00 pm

    E você já viu quem coloca “publieditoral” sem nem ter fechado esse tipo de publicidade só pra mostrar tal marca como anunciante? o.0

  • Responder Ines Martins 30/08/2017 at 4:06 pm

    Rolando de rir com seu post!

  • Responder Cris Felix 30/08/2017 at 4:16 pm

    USHAUHSUAHHSUH
    Li várias vezes e to aqui rindo muuuito, melhor post!

    Beijocas
    http://www.crisfelix.com.br/

  • Responder Myriam Cedro 30/08/2017 at 5:16 pm

    Oi, Paula! Amei seu post! Sabe quando alguém diz tudo o que a gente pensa? Obrigada!

  • Responder Flá Baroni 30/08/2017 at 5:47 pm

    Só tenho uma coisa a dizer: SÓ VERDADES!
    De um jeito divertido uma baita crítica! 👏🏻Melhor post que li ultimamente!

  • Responder Paula 30/08/2017 at 6:37 pm

    Gente, que máximo, só li verdades! Principalmente a 3, super concordo – mas infelizmente a maioria não pensa como a gente!

  • Responder Jackie 30/08/2017 at 7:13 pm

    hauhaua tô morrenduuuuu

  • Responder Claudia Heg 30/08/2017 at 7:48 pm

    Morri com seu post, adorei e vou compartilhar, show! Bjs

    Mostrando as Garras
    Canal YouTube
    Instagram
    Facebook
    Google+

  • Responder Jessica 30/08/2017 at 9:54 pm

    Ótimo post. O que tem na cabeça dessas pessoas que colocam fulana_oficial? Como se alguém fosse fazer um outro perfil para idolatrar elas, kkkkkkkkkkkk

  • Responder Fernanda 30/08/2017 at 10:28 pm

    Amei o Post é bem isso mesmo.

  • Responder Luisa Reginatto de Oliveira 30/08/2017 at 10:49 pm

    Só li verdades! Morrendo de rir com seu post.

  • Responder Nathalia 31/08/2017 at 12:07 am

    Hahahaha hilário 🙂 adorei a forma descontraida de escrever, arrasou!!

  • Responder Palloma Rocha 31/08/2017 at 2:35 am

    Amei demais kkkkk

  • Responder Marina de Vasconcelos 31/08/2017 at 7:24 am

    Tô rindo mas tô chorando porque é 100% real!

  • Responder Clayci 31/08/2017 at 9:24 am

    Nunca li tantas verdadesem uma publicação só ahuhaiuhauhauihau

  • Responder Camila 31/08/2017 at 9:42 am

    Maravilhoso!!!! Kkkkkk

  • Responder Daniela Barcelos 31/08/2017 at 10:11 am

    Pura verdade! Melhor texto!

  • Responder Yonara Carmen 31/08/2017 at 10:41 am

    Hahaha sabe aquele post que você mira na fulana e pensa: a carapuça serviu? Amei teu post 😂

  • Responder Andressa Campos 01/09/2017 at 12:17 pm

    Verdades foram ditas! E devo dizer que além de ótimo é super bem humorado. Amei!

  • Responder Pedro Machado 01/09/2017 at 3:18 pm

    Nem te conheço, mas já te considero pacas! ♥ PQP que delicia de post!

  • Responder Aline Lima 01/09/2017 at 7:39 pm

    Incrível como o termo digital influencer (em inglês porque é mais chique) caiu mesmo no gosto popular. Outro dia li um artigo sobre pessoas que mal tem 200 seguidores no perfil do Instagram, mas tinham o digital influencer bem bonitinho na descrição é já faziam propostas para trabalhar com marcas, como se o termo se referisse a uma profissão. E o autor destacava (ele é dono de um portal que, muitas vezes, é confundido com uma empresa devido ao nome) que recebia muitas propostas de parceria cheias de erros e sem o mínimo tato para o contato comercial. A questão é que falta entender o que realmente significa influenciador digital e isso fica cada dia mais difícil, ainda mais com faculdades criando cursos graduação para isso. Vamos ver no que essa tendência vai dar.

  • Responder Flavio DCastro 01/09/2017 at 11:51 pm

    Minha amiga li varias vezes e achei top! Perfeito, não tem com não olhar para DIA e nao lembrar do post! 😍

  • Responder Amanda Querobino Cordeiro 02/09/2017 at 7:45 am

    Só li verdades! haha
    Parabéns pelo texto =)

  • Responder amanda 02/09/2017 at 8:32 am

    Bem escrito, sensato, lúcido. Um facho de luz em meio à escuridão da enganação e do comércio. Parabéns!

  • Responder Lola Farias 02/09/2017 at 11:48 am

    Paulinha, só tu poderia escrever um baita
    post como esse.
    Cheio de humor e verdades.

    Beijo!!

  • Responder Oddih 09/09/2017 at 8:36 am

    DEMAIS!!!
    Agora adoro achar “Dia’s” pra lembrar desse texto!!!
    Sensacional!!!
    Parabens!!!

  • Responder Nanda Ferreira 12/09/2017 at 9:41 pm

    Não tenho palavras pra dizer o quanto amei (e ri com) esse post! Arrasou nas colocações!

  • Responder Hellen 25/09/2017 at 11:28 pm

    Eu só consigo RIR KKKKKKKKKKKKKK MAAAAAAARAAAAAAVILHOSAAAAAA

  • Responder Camila 05/10/2017 at 9:02 am

    Ameeei. Mto bomm

  • Responder Mauricio Oliveira 05/10/2017 at 11:36 am

    kkkkkkkkkkkk maravilhosooooooooooo!
    Fui lendo e identificando pessoas que fazem isso direto, ahahahaha

  • Responder Marcos madeira 28/10/2017 at 10:17 am

    Olhe dona moça, com tantas verdades, só fico aqui torcendo que algumas DIAs tem tenham o mínimo de neurónios funcionais para conseguir, digamos, captar sua msg.
    Agora vou ver se cato um dos seus livros, parabéns
    Num mar de mediocridade, estimulante ler o seu texto!

  • Deixe seu comentário