Restaurantes Rio de Janeiro

Dicas de restaurantes no Rio

01/02/2016

Uma boa dica para quem vem ao Rio de Janeiro e quer comer bem e não gastar muito (tarefa difícil!!) é dar uma olhada nas promoções do seu cartão de crédito. Fuçando, descobri que o programa Mastercard Surpreenda tem uns benefícios bem interessantes: você troca um voucher da lista de restaurantes credenciados, liga e reserva, e no dia ganha direito ao prato do acompanhante. Na lista tem CT Brasserie, Rubaiyat, Brasileirinho e vários outros. Ainda não usei, mas já troquei vouchers nas promoções em que você compra um produto e ganha outro e deu super certo. Cada restaurante tem sua regra, basta ler com calma. Hoje deu vontade de dar umas dicas de restaurantes que adoro daqui.

leble noir sweetest.bmp

A primeira vez que fui ao Le Blé Noir lembro do Luciano falando: “Vamos comer um crepe?”. Só que crepe pra mim eram aqueles de Capão da Canoa, pura massa de panqueca no palito com queijo e algo más. Chegando ao bat-local, fiquei passada ao provar o crepe de trigo sarraceno, finíssimo, crocantíssimo e com recheios deliciosíssimos. Os ‘íssimos’ são necessários, só conhecendo para entender que precisa de um superlativo para fazer jus aos crepes de lá, que são sem igual. O ambiente é bem low profile e a comida arrebata qualquer um. Também sou louca pelo omelete deles, nunca provei nenhum parecido na vida. O único porém é que precisa chegar às 19:30, assim que abre, pois são poucas mesas e eles não reservam. Sempre tem fila. Fica em Copacabana, na Xavier da Silveira, a uma quadra atrás da praia.

imako.bmp

O Miako fica em Botafogo e é um dos melhores japas que já fui para almoçar. Fica na Rua Farani, 20, em Botafogo. É um japa autêntico, frequentado e tocado por japoneses. Rola um creamcheesezinho básico mas, who cares? Não lembro exatamente o valor, acho que na casa dos R$60, que te dá a direito a escolher vários itens para almoçar. É tão farto que você sai de lá rolando. Muito, muito bom.

rubayiat sweetest.bmp

O atendimento do Rubaiyat aqui do Rio é, no geral, péssimo. Não tem uma vez em que a gente vá lá e seja de fato bem atendido e volte elogiando esse quesito. Na última ida, o tal do Adriano Imperador estava numa mesa e tinha um time de garçons por perto, o que fez com que o resto das pessoas precisasse quase implorar atenção. Mas enfim, eu gosto da comida de lá, especialmente das entradas porque não sou muito carnívora. Dessa vez testei o Cosmopolitan e acabei pedindo três!! #shameonme As mesas com vista para a pista dos cavalos são boas para dias fresquinhos, pois no calorão habitual é difícil aguentar e manter a dignidade derretendo. Gostei muito do tartare de atum preparado em frente à mesa. Fica em frente à entrada do Jardim Botânico.

Captura de tela inteira 01022016 154406.bmp

O melhor lugar para comer no Arpoador é, sem dúvida, o Hotel Arpoador Inn, que mantém umas 10 mesas à beira-mar. Acho os preços bem honestos para aquela região e como muito bem quando vou lá. O prato de trás da foto vem com 4 bolinhos enormes de carne de siri sobre uma cama de guacamole por R$33. Só com ele já mato minha fome. Não tenho dificuldade de conseguir mesa pois a rotatividade é alta, e o público é, em sua grande maioria, gringo.

feijoada sweetest.bmp

Por último, não sei se já dei essa dica aqui: os bolinhos de feijoada do Duda Cavadas, que estão à venda nos melhores restaurantes do Rio. O legal é que a gente pode encomendar em casa – se não me engano estão custando R$3,50 cada e o pedido mínimo é de 20 unidades. São enormes e deeeeeliciosos. Fazem o maior sucesso. Quando recebemos amigos sempre esperamos com uns bolinhos, e gostamos mais de colocar no forno do que de fritar. O telefone do Duda é 21 98149-7856. Não deixem de experimentar.

24 amaram.

Você também poderá gostar

3 Comentários

  • Responder Analice 01/02/2016 at 5:48 pm

    Paula, tb adoro o Le Blé Noir, mas c td no Rio é bem carinho… Qto ao Rubayat acho o mesmo, e nem gostei tanto das carnes, acho o Braseiro da Gávea bem melhor nesse quesito. Vc já foi no Joaquina no Leme? Meu barzinho preferido, uma caipi maravilhosa.

    • Responder Paula Pfeifer Moreira 02/02/2016 at 10:56 am

      Ainda nao, no Leme eu sempre vou no Fiorentina!

      • Responder Analice 03/02/2016 at 7:21 pm

        Fiorentina é ótimo, Joaquina é mais informal e do lado tem tb o La Fabrique q tb gosto. Os dois são quase ao lado do Windsor.

    Deixe seu comentário