Dicas de viagem Restaurantes Viagem

Dicas do Rio de Janeiro

22/01/2014

Como diria meu amigo Gilberto, “Já foi em Itacoatiara? E na Joatinga? Já comeu cabrito no Capela? Filé a Osvaldo Aranha no Cosmopolita? Já subiu a Pedra da Gávea? E o mirante no Morro do Leblon? Jogou frescobol a beira-mar? Aplaudiu o pôr-do-sol no 9? Se entupiu na Confeitaria Colombo? Passeou no Aterro? Deu uma corrida na Lagoa? Comeu um sushi no Nik? E um rodízio no Porcão Rio’s? Um passeio em Santa Teresa? Uma caminhada com banho de bica nas Paineiras? SUP na Lagoa da Barra? Sambou no Rio Scenarium? Frutos do Mar com vista pra Restinga de Marambaia? Um clássico no Maraca?“. É preciso tempo para fazer tudo isso, hein? Dessa vez passei 12 dias no Rio de Janeiro e fiz uma listinha dos lugares que mais gostei e programas preferidos.

8a5b0328829b11e3927d12fd8d397d26_7

Café da manhã no Parque Lage: o lugar é maravilhoso, a natureza é estonteante e vale muito a pena tomar um café da manhã por lá em vez de apenas passear. Dá pra curtir e aproveitar bem mais.

9a936e78813411e39b8f0ebc2702080c_7

Andar de bicicleta sem rumo: nem lembro quando foi a última vez em que andei de bicicleta, mas é como dizem, depois de aprender a gente não esquece mais. E qualquer paisagem do Rio é de encher os olhos. Gostei de ir no Arpoador, dar a volta na Lagoa e depois tomar água de coco. Programa zen. Só não pode esquecer de passar MUITO filtro solar.

8668e5d67fa411e3a32d12c1496b421b_7

CT Brasserie: a marrravilha do Claude Troisgros. Pedi esse hambúrguer com cebolas caramelizadas moinnnto bom e precisei aturar o namorando comendo escargot do meu lado, em câmera lenta. Queria ter ido também ao TT Burguer, do filho dele, que vive lotada.

d6d32770809e11e3b7ee0e0b0d7ce679_7

Pub Escondido: beer point de alto nível, do mesmo dono do Colarinho. Fica em Copacabana. Fui de Cosmopolitan só pra variar um pouquinho, mas o pessoal elogiou bastante a carta de cervejas. Só achei um pouco quente lá dentro. Comi uns bolinhos de arroz com molho picante deliciosos.

2d68cbd2805c11e3842f1226673eaad5_7

Parque Nacional da Tijuca: passeio delícia, com direito a parada na Vista Chinesa para aquele momentinho básico de turista. Essa foto é a Cascatinha Taunay.

Captura de tela inteira 22012014 135506.bmp

Le Pré Catelan: fica dentro do Sofitel e tem a vista mais espetacular de Copacabana. Comandado pelo chef Roland Villard, é um dos restaurantes mais sofisticados da cidade, se não for o mais-mais. Carta de vinhos espetacular. Comida idem. No meu caso, não aguentei chegar até as sobremesas 🙁

6091

Pobre Juan: no Village Mall. A especialidade da casa são as carnes mas sou do contra e fui de salmão. Porções generosas, difícil conseguir comer tudo sozinho.

guerin

Boulangerie Guerin: ah, esses franceses. Não basta fazer a tortinha de queijo mais sensacional que já comi na vida. Não basta colocar framboesas, mirtilo, morangos, blueberry. Tem que arrematar com romãs. De comer rezando.

CasaCor_DaniPereira_FlaviaSantoro_041011_001-1024x683

Chocolateria Aquim: o negócio é muito sério. O vidro grande de nuts deve ter umas 30.000 calorias e cada uma delas vale muito a pena. A vontade é comprar todos os itens disponíveis nessa loja. Uma caixa de macaron de cada cor. E vinte vidros de nuts. Dureza conseguir resistir.

capixaba

Talho Capixaba: no olho do furacão no Leblon. Pedi um suco de morango e fiquei me babando. Bom point para quem quer encontrar globais.

inicial

La Fiorentina: um clássico carioca no Leme. A massa ao pesto é uma boa pedida. As paredes têm autógrafos de todos os artistas possíveis e imagináveis.

the-frontroteiro-comidinhas-abre

Le Blé Noir: esqueça tudo o que você pensava que sabia sobre crepes. Eu, por exemplo, fui para lá imaginando que comeria um crepe ‘panqueca feelings‘, grossinho, meio molengo. Quando chegou meu crepe de atum morno com roquefort e nozes foi amor à primeira mordida. O que é a massa dessa creperia, meldels? Nunca vi NADA igual. Finíssima, crocantíssima, dos deuses, parecia uma nuvem. Só trate de guardar um espacinho para o crepe doce com morangos, sorvete e farofa de amêndoas. Da série ‘lugares para voltar mil vezes antes de morrer’. 🙂

23 amaram.

Você também poderá gostar

10 Comentários

  • Responder candida 22/01/2014 at 3:03 pm

    Amei as dicas da minha cidade…..feliz de vc se sentir feliz aqui…bjooooo

  • Responder Analice 22/01/2014 at 9:45 pm

    Só faltava encontrar vc por aqui, mto legal! E as dicas realmente são imperdíveis, beijos e volte sempre!

  • Responder Andrea Givigi 27/01/2014 at 9:32 am

    Não sei se vc nas outras vezes que esteve no Rio experimentou o suco de Uva Cacau do Balada Mix (vale muito a pena) e o mais novo queridinho carioca é o Paris 6, que tem sobremesas maravilhosas e está aberto 24h (dá para jantar as 9:30h)!!!

  • Responder Luiza 29/01/2014 at 10:44 am

    Vale acrescentar também o Gula Gula, que é um dos restaurantes mais a cara do RIO 🙂 Tem desde saladinhas até batata inglesa recheada.

  • Responder Boia Paulista 30/01/2014 at 9:32 am

    Oi, Paulinha. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  • Responder Mariana Castela 30/01/2014 at 6:05 pm

    sou carioca e nunca fui em nenhum desses lugares ! meta pra vida !

  • Responder Thais 30/01/2014 at 11:06 pm

    Aja surreis para ir a esses lugares….

    • Responder Analice 02/02/2014 at 11:12 am

      Verdade! As dicas são ótimas, mas realmente mto caras 🙁

    • Responder Analice 02/02/2014 at 11:13 am

      Verdade! As dicas são ótimas, mas realmente mto caras 🙁

  • Responder Marcia 31/01/2014 at 9:49 pm

    Olá, Paula, cheguei aqui através do Viajenaviagem e adorei. Incrível que sou carioca há 49 anos e não conheço alguns lugares. Aonde fica os Le Blé Noir, Chocolateria Aquim e a Boulangerie Guerin ? Não conhecia estes. Incrível também que não valorizamos muitas vezes os locais da nossa própria cidade, talvez por ter a facilidade de ir lá quando quiser. É o caso do Parque lage, que não vou há séculos , Parque Nacional da Tijuca e também andar de bicicleta na orla. Um abraço.

  • Deixe seu comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.