by Paula Pfeifer Restaurantes Viagem

Dica de restaurantes em Saint Germain des Près

27/06/2017

Já são quatro dias caminhando em média 10km entre Saint Germain des Près e Marais toda manhã e toda tarde, então já dá para compartilhar algumas dicas bacanas de lugares para comer. 🙂

Petite Périgourdine: na Rue des Écoles fomos seguir a dica da minha amiga Alexandra Bastos, que disse que lá estava o melhor foie gras de Paris. Fui de atum ao gergelim com molho agridoce e foi ótimo, já o marido ficou enlouquecido com o foie gras e assinou embaixo. Tomamos um vinho da casa e seguimos. Muito bom!

 

Chez Fernand: a casa abriu em 1970 e fica na Rue Guisarde, no coração de Saint Germain des Près. A rua é uma tentação, com um restaurante maravilhoso ao lado do outro, e todos frequentados por locais – pouquíssimos turistas! Esse linguine com camarões king size estava uma delícia. Fomos com amigos e também provamos o tartare de boeuf e o boeuf bourguignon – autêntica comida francesa. Quatro pessoas, quatro pratos (fartos) principais, duas sobremesas e duas garrafas de vinho e a conta fechou em 200 euros.

 

Khao Tai: na Rue Dauphine encontramos um tailandês que vive lotado e cujo perfume dos pratos se alastra por uma quadra inteira. Mesmo que você tenha acabado de comer dá vontade de entrar e pedir alguma coisa. Lugarzinho aconchegante e comida super saborosa!

Outro lugar que amo é o Café Louise no Boulevard Saint Germain. Numa das passages secretas de Paris, cuja entrada-saída dá para o Blvd Saint Germain, está o Le Procope, restaurante de 1686 que segue a todo vapor. Por lá também fica o La Jacobine, charmosérrimo e super bem falado. Na Rue du Buci, bem na esquina, a Maison Sauvage é um fervo incessante. Hoje tentaremos jantar nos Les Bouquinistes, do Guy Savoy, com 1 estrelinha Michelin.

5 amaram.

Você também poderá gostar

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário