by Paula Pfeifer Cabelo Produtos enviados por assessorias

Cabelo fininho e que cai muito?

03/01/2017

Como pessoa que enfrenta uma queda de cabelo louca nos últimos anos e que possui amigas que cuidam dos seus fios com muita dedicação (e passaram a me dar muita bronca porque sou mais desleixada feelings), minha ficha caiu. Comecei a cuidar dos fios que me restam mais amorosamente…Para minha sorte, ganhei um presentão com vários produtos Redken e Kérastase. O top-top-top favorito, usado religiosamente todo-santo-dia desde que caiu nas minhas mãos, é o Crème Magistrale, um leave-in de nutrição profunda que devolve a saúde, força e  brilho aos cabelos ultra ressecados. Não me dou bem com condicionadores, no geral, por causa do combo raiz oleosa+cabelo fininho+pouco cabelo e lavo o cabelo todos os dias por causa da academia! O Crème Magistrale foi providencial na minha vida, há muito tempo que não sabia mais o que era depender psicologicamente de um produto capilar por confiar nele.

O shampoo Kérastase Bain Prévention é de uso frequente e ativa a microcirculação do couro cabeludo – dá um volume instantâneo em vez de me deixar com o cabelo grudado e lambido! É indicado para cabelos normais e com tendência à queda. Possui um agente antibacteriano, calmante e regulador para regenerar e estimular o metabolismo capilar. Foi outra grata surpresa, já que os meus fios andavam viciados dos mesmos shampoos anti-queda de sempre. In love! <3

Depois do shampoo  seco chegou a vez do condicionador seco!  O Brume Sublimatrice é um daqueles luxos que toda mulher merece se dar quando tiver chance – precinho é, infelizmente, não muito convidativo, R$123. É um spray de bolsa de 78ml que desembaraça e ilumina os fios com uma borrifada! Tipo magia & riqueza, enche o cabelo de brilho e maciez sem pesar! Quem tem cabelo oleoso ou fininho sabe como é missão impossível conseguir isso… Mas qual é a diferença entre o condicionador a seco e os outros leave-in? O primeiro garante nutrição e brilho intenso, e é ideal para a escovação. Já o creme proporciona definição e controle do frizz, porém funciona melhor para pós-lavagens. Aprovadíssimo! Uso depois de fazer escova – e confesso que me baixa uma pomba gira das borrifadas pois o cheiro é tão delícia que dá vontade de usar como se fosse um laquê, hahahaha!!

 

 

Sempre levo pra praia o Beach Waves da Kérastase – já escrevi sobre ele aqui, e agora tenho usado o Beach Envy da Redken! Perfeito para aqueles dias em que você não quer ou não tem condições físicas/psicológicas de chegar perto de um secador. O Beach Envy não colou os meus cabelos, que são fininhos. Acho que quem tem bastante cabelo fica louca com um produto desses! Aplico no cabelo úmido, dou uma amassada e fico tensa esperando os cachos se formarem, rsrsrsrs. Ainda não usei com babyliss. Deixo secar naturalmente e ganho volume e um ar de hoje acordei assim com ondas volumosas. É um produto que dura horrores. Bom pra quando a gente quer fingir que é Gisele Bundchen, mesmo que tenha 1/5 do cabelo dela…

PS: quinta-feira vou na endocrinologista analisar os resultados dos últimos exames de sangue, a pedido da dermatologista. Depois disso vou lá visitar a Dra. Letícia Castagna pra decidir uma fórmula de ataque à queda de cabelo! 🙂

15 amaram.

Você também poderá gostar

2 Comentários

  • Responder Claudia Melo 03/01/2017 at 1:25 pm

    Paula,
    A Dermage tem um condicionador a seco maravilhoso que custa 1/3 do preço desse.
    E para o combo raiz oleosas/ pontas secas, uma dica que me deram e uso pra vida é fazer a primeira lavagem, apenas na raiz, com shampoo transparente. A Herbal Essences tem um ótimo e aquele Detox da Tresemme também.
    De modelador estou amando o Potion 9 da Sebastian, mas fiquei tentadissima com esse da Redken que você mostrou.
    😘

  • Responder Andrea 03/01/2017 at 7:55 pm

    O meu encheu muito depois que passei a tratar o couro cabeludo e foi da maneira mais barata e simples. Tenho dois vasões cheinhos de babosa aqui em casa e um dia seguindo os conselhos milenares da minha falecida avó cujos os cabelos davam inveja, resolvi raspar aquela gosma da babosa, juntar um pouco de água e massagear o couro cabeludo. Foi tiro e queda ou seja, sem queda, rsssss O fator adstringente da babosa ou aloe vera limpou o couro cabeludo, oxigenando os vasos e os cabelos renasceram. Hj divido a babosa com meu vizinho, por causa do câncer (vc sabe, toma-se a babosa, é curativo) e para os meus cabelos.
    Fica a dica!

    bjos e sucesso pra ti!
    Andrea

  • Deixe seu comentário