Amor Myself

Aventurera,diferente,apasionada

06/10/2008

“Quién te dijo que deseo ser feliz, severo? Es el último adjetivo que emplearía para definir el futuro al cual aspiro. Quiero una vida interesante, aventurera, diferente, apasionada, en fin, cualquier cosa antes que feliz.”

— Isabel Allende. (daqui,ó)

Sweeties, é muito bacana receber os emails de vocês me contando os “causos” amorosos. Adoro, me divirto e aprendo um monte com eles! E depois de respondê-los fico pensando no tempo que gastamos quebrando a cabeça com uns caras naaaada a ver. O triste da história é que, quando a gente inventa de GOSTAR de um traste, pode vir a Oprah em pessoa  dizer o quanto estamos insistindo no erro, que não adianta. It’s ok. Temos esse direito.

As cagadas mais comuns são: insistir com um ex e insistir com alguém que nunca foi nada e não te quer. Putz, existe coisa mais destruidora de auto-estima que isso?? NÃO!! Por isso o conselho mais básico de todos é: não insista! Quem quer dá um jeito, quem não quer desliga o celular, não abre o email, some do msn,finge que não te vê na rua, inventa mil compromissos pra parecer a pessoa mais ocupada do planeta (e pelamordedeusss, ocupado pra mim é cirurgião cerebral, prontofalei!) Oi? Dignidade?? Sério, quem não responde o torpedo número 1 não responderá o torpedo número 25; quem some repentinamente não quer ser encontrado. Pra quê rastejar?? Pra quê se colocar na posição ridícula de tomar xingão?? Não vejo lógica nisso. Quando estamos cegas de (cof,cof,cof) “amor” nada do que fazemos é lógico. Mas sou terminantemente contra pagar esses micos.  Garotas com mais de 18 aninhos não podem nem devem cometer essas atrocidades contra si mesmas! Força,sweeties! Em vez de perder tempo cavando a própria cova, que tal ser aventureira, interessante,diferente,apaixonada (como bem disse a Isabel Allende aí em cima) ? Que tal entrar num curso, fazer ou planejar uma viagem, paquerar um moço “impossível”, entrar na academia? O segredo do sucesso é redirecionar a energia auto-destruidora para outras coisas. Nada de ficar dando chance pra quem não merece (e quem pensou e repensou em nos dar uma bela dispensada e deu, não merece chance,tá?). Nada de ser segunda opção. Dêem uma olhada nessa foto do Before Sunset. E me digam: tentar segurar alguém que não quer ficar é triste demais, né? Então, vamos deixar os ebós irem embora djá!

PS: Em tempo: tem muito lobo mau travestido de cordeirinho por aí. É por essas e outras que cada vez mais admiro os cafajestes assumidos!! Esses sim, têm caráter. Abrem o jogo de primeira e não ficam enrolando a mulherada.

1 pessoa amou.

Você também poderá gostar

17 Comentários

  • Responder Caroline® 06/10/2008 at 6:34 pm

    Paulinha, uma dica: o livro “ele simplesmente não está a fim de você”. É do roteirista de SATC, e trata justamente disso. A visão masculina que diz: se um cara te quer, ele vai atrás de vc, e ponto. Ficar arrumando desculpas para o desinteresse do sujeito é tentar se enganar e suprir a carência com esperanças vãs de que uma das lorotas seja verdade. A gente (me inclui porque já fui assim, mas aprendi!) não consegue aceitar o fato de que aquele indivíduo não caiu de amores por nossos belos olhos, e fica justificando com absurdos.

  • Responder Lou 06/10/2008 at 7:04 pm

    Concordo em gênero, número e grau! Vamos parar de amar demais, temos que aprender a amar a nós mesmas! Falando de amor… gamei neste post! Beijos
    Lou

  • Responder Rita 06/10/2008 at 7:09 pm

    Mais uma vez, adorei!!! Vc escreve bem pra caramba!
    Já gastei tanto tempo tentando “entender” o comportamento dos rapazes que foi libertador pra mim simplesmente dizer: Tá legal, ele não tá mesmo a fim de mim, só isso! O mundo não acaba, nada de pior do que já aconteceu vai rolar e, na boa, também concordo com vc que é melhor gastar tempo com a gente e com nossas coisas que esperando do lado do telefone uma ligação que nem vale a pena, porque quem vale a pena não nos deixa esperando, né?
    Beijocas!

  • Responder Carol Scheid 06/10/2008 at 7:25 pm

    Que linda..como sempre, tu arrasa nos posts, em especial esses que tratam do “coração”. Um beijo, querida.

  • Responder alda 06/10/2008 at 8:15 pm

    Pois é atire a primeira pedra quem nunca acreditou em estória da carochinha, papai noel, coelhinho da páscoa e por aí vai por conta de querer muito arranjar uma justificativa pra bofe que não retorna ligações, some/desaparece, diz que liga mas não liga, rsrsrsrs LOUCURA TOTAL, porém, penso que experiências servem p/ gente amadurecer e ficar mais safa desse tipo de cilada, fico triste qdo. vejo uma amiga que entra e sai desse tipo de situação freqüentemente e por mais que saiba que isso só detona a auto estima dela continua a bater na mesma tecla.Fico pensando qual a linha tênue que separa auto estima baixa de uma patologia?
    Bjinhos

  • Responder Marina 06/10/2008 at 8:27 pm

    mas o pior de tudo é quando o cara é suuper simpático, não te quer mas finge que tá querendo pq um dia pode vir a querer e vc fica lá na “geladeira”.
    e muito pior quando vc descobre que o dito cujo tinha uma namorada, ou uma ficante fixa depois…quem engana alguém assim é pior tipo.
    por isso que gamei quando vi um ” solteiro” escancara no orkut de um pretê, porque isso podia significar ” pego 15 ao mesmo tempo” hahaha…mas pelo menos ele não esteva enganando ninguém! sei que ele vai me dar muuito trabalho se eu quiser algo mais sério com ele depois e se eu perceber que ele tá ” fugindo” vou nem insistir… mas fazer o que se eu adooro um desafio?rsrs
    agora, meninas realmente ir atrás de alguém que não nos quer ou que já tem compromisso é trevas, tem muito cara dando sopa por aí!
    ok, a maioria não vai prestar, mas pelo menos a gente se distraí até ver se alguma realmente presta!

  • Responder Marina 06/10/2008 at 8:30 pm

    mas só uma obs: acho que no caso desse filme o Jesse queria ficar com a Celine, sim! e ela também, mas talvez nenhum dos 2 quisesse o suficiente, prefiriram ficar com a ilusão daquela noite boa ( do Before Sunrise) do que estragar tudo com uma relação real.. .Ah, sei lá eu amo esse filme mas ele me deixa melancolíca, melancolíca… Fica aquela sensação chata do ” e se…” .

  • Responder Bel 06/10/2008 at 9:52 pm

    Eu (ainda) não vi esse filme Marina, mas essa sensação do “e se…” acontece várias vezes! Hahahaha.

    Eu nem sei se tenho o que comentar, cada vez que eu entro aqui é um post diferente que vai adicionando à maneira como estou sentindo. Estou começando a deixar pra trás uma história dessas com um lobo-mau-cafajeste-assumido (rendeu até uma crônica, hahaha!). Ê história longa e cheia de reviravoltas, por sinal, rs! Acho que é preciso ter um desses na vida pelo menos uma vez, pra aprendermos a ser aventureiras, interessantes, diferentes e apaixonadas. Não é fácil desapegar, mas ensina muita coisa. Auto estima higher é uma delas…
    Beijos sweetie, ótima semana!

  • Responder Laura 07/10/2008 at 12:09 am

    Sei que contribuí para a existência desse post, hahaha! Acabei de chegar em casa, vou te mandar um mail depois do banho. Bjssss!

  • Responder fran 07/10/2008 at 1:16 am

    concordo com você!!! tem um blog que fala sobre isso, dá dicas, etc
    http://www.manualdocafajeste.com/

  • Responder Emblemática 07/10/2008 at 2:02 am

    Mas Paula, hoje mesmo eu vi este filme, Before Sunset, adorei, muito bom. E sabe que este seu post me caiu como uma luva. Sabe que venho pensando muito nisso, às vezes ficamos com uma pessoa que achamos que gostamos e nos submetemos a tanta coisa ruim, e isso faz um mal danado, humilha sabe?? Passamos por cima dos nossos valores para “poder” ficar com tal pessoa, que na real não se importa, porque, como tu disse, quem realmente quer, vai atrás. Realmente, sem chances para quem não merece!!! E da-lhe auto-estima!! Beijos

  • Responder Fernanda 07/10/2008 at 3:00 am

    Simplesmente amo esse blog e esse texto foi simplesmente perfeito…
    Bloqueei e exclui um traste desse q vc descreveu no texto e tava quase readicionando qdo li seu texto q me disse tudo o q eu precisava ouvir…
    Obrigada por textos tão fantásticos e por essa sua auto estima q contagia…
    bjão

  • Responder Amanda 07/10/2008 at 10:10 am

    Hehehehe, essa perseguição de ‘gato’ e ‘rato’ é mesmo perda de tempo. O negócio é fazer uma vez e aprender pela porrada que não se faz, além de não fazer de novo, né? O problema é repetir esse mesmo padrão infeliz.

  • Responder Amanda 07/10/2008 at 10:11 am

    Sweetie, vou te mandar um email sobre o domínio! Beijo grande!
    Obs.: atualiza o endereço do site nos seus links, please!

  • Responder Daiana 07/10/2008 at 1:43 pm

    Marinheira de primeira viagem no seu blog e A-D-O-R-E-I !!!! É muito interessante e achei seus posts muito legais, é bom encontrar alguém que não fala das mesmas coisas, tenho feito tentativas frustradas de fazer um blog não sei ainda porque acho que falta inspiração, mas adoro ficar navegando em busca de blogs legais porque tem cada coisa por aí… ah um dia consigo botar o meu nos trilhos.
    Concordo com vc essa história de dar atenção pra quem não te curte é muito baixo astral e eu afasto sempre pessoas negativas acho que se elas não se tocam do mal que fazem para sí e para as pessoas em volta hello?? asta la vista baby!!

  • Responder Zabéti 07/10/2008 at 3:35 pm

    Concordo com tudo, Paulinha… Infelizmente, levamos tempo pra aprender… Que as meninas de 18 anos nos ouçam e não cometam atos de desrespeito consigo mesmas. Muitas amigas minhas me consideram radicais nos meus relacionamentos, mas eu sou do princípio que sou muito especial e que não mereço menos do que o melhor: muito carinho, respeito e dedicação. Afinal, sou assim com quem gosto tb.! E se não for pra ser assim, so sorry, eu não tneho tempo pra perder e a vida e muito cheia de opções pra perdermos tempos ficando com quem não vale! Bjssssss felpudos, Z.

  • Responder Andie Duarte 26/02/2009 at 2:49 pm

    Caí na bobagem de achar que um carinha que eu saí uma vez era tímido e eu fui com tudo! Mandava e-mails sem obter resposta.. nem meu telefone ele pediu.. parei nowwwww! Não quero quem não me quer, isso é se valorizar! Me perdoei por ter tentado. Ser persistente às vezes dá margem pra pagar de otária! Mas valeu a experiência… tem quem queira! rs
    Bjokas

  • Deixe seu comentário