Navegue por Categorias

Amor

Amor by Paula Pfeifer

Estou grávida: gravidez aos 36 anos

15/11/2017

Agora que já posso contar, deu vontade de compartilhar essa jornada. Descobri minha gravidez um dia antes do meu aniversário de 36 anos, em Chicago, e minha reação foi engraçada: eu chorei copiosamente e meu corpo recebeu uma descarga de adrenalina que me deixou com mãos e pés parecendo cubos de gelo. Acho que, no fim das contas, ninguém está de fato ‘preparado’ para essa notícia. Mesmo uma gravidez planejada, como a nossa, deixa a pessoa de cabelos em pé! Quando…

Leia mais

Amor by Paula Pfeifer

Vamos falar sobre a morte

20/02/2017

Estou me preparando psicologicamente para o mês de março, que achei que nunca fosse chegar – pra mim estava lá longe numa distância inalcançável. Mas não. Está quase chegando para me relembrar que um ano se passou. Um ano se passou desde que ela se foi, desde que meu celular nunca mais recebeu uma chamada, uma mensagem, um recado, nada. Desde que minha única alternativa é rezar para encontra-la, vezenquando, em sonhos. Não sei como sobrevivi ao primeiro ano com…

Leia mais

Amor Myself

Gratidão

17/10/2016

Li por aí que gratidão é uma carta de amor que você envia para o Universo. Faz sentido. Esses dias sentei no terraço de casa e fiquei olhando as estrelas. Me peguei pensando na minha mãe, se ela está bem onde quer que esteja, essas coisas. Pedi: “Mãe, me dá um sinal!”. Cataploft, uma estrela cadente bem na minha cara, o que me fez cair aos prantos no ato – a última vez em que vi uma foi há quatro…

Leia mais

Amor Sweetest Things

Coisas que ninguém conta sobre casamento

13/01/2016

Quando se fala em casamento 99% das pessoas só pensa no vestido, na festa, na lua-de-mel e nos presentes. Hoje consigo compreender claramente porque os casais se separam tanto: acho que ninguém conta pra gente a realidade dos fatos. Aí, dá-lhe ilusões e idealizações equivocadas. Equivocadíssimas, aliás. Quem sou eu pra dar palpite estando casada há tão pouco tempo (1 ano e 1 mês, rá!), não? Mas aprendi MUITO nesse ano, aprendi mais do que em qualquer outra situação que…

Leia mais

Amor Pequenos Escritos

Pequenos Escritos XIV

23/06/2010

  Foi como subir as escadas e encontrar um livro aleatório. Daqueles que mudam tudo. Tem algo em você. Indefinível. Mistura de urgência e encontro. Num deslize te perco, num enfrentamento te ganho. E nesse jogo infinito, olhos fechados; a abertura dos caminhos. Não me importam os medos. Não sei dançar, não sei amar, nem fazer uma porção dessas coisas bobas importantes. Com significado. Me perco de mim, mil tropeços. Vem me buscar.  Toca o meu cabelo, me protege da…

Leia mais