Compras Viagem

Dicas de compras em Rivera, Uruguai

13/12/2011

Quem quer ir estourar o cartão de crédito em Rivera (Uruguai) precisa de muita paciência, especialmente nessa época do ano (e parcimônia, porque você ultrapassar a cota permitida e não fizer uma denúncia espontânea na Receita Federal, ferrou!). É gente que não acaba mais!!! Mas, mesmo com toda a muvuca, vale a pena. Para quem não sabe, Rivera faz divisa com a cidade de Santana do Livramento (RS) e é o paraíso dos freeshops a céu aberto.

Acho mega cansativo ir e voltar no mesmo dia. De carro, pela estrada nova, levo 2hs e 30min para chegar lá – e o melhor é que só tem pardal em Rosário do Sul, ou seja, como a estrada é bem calma, você consegue manter uma velocidade média de 100km/hora. A primeira providência é reservar um hotel. Costumo ficar no Jandaia. Dessa vez, queria me hospedar no novíssimo Rivera Casino&Resort, mas estava lotado.

O hotel é muito legal, e está ligado ao antigo (e agora reformadíssimo e zero bala) cassino de Rivera através de uma passarela. Você caminha por cima da rua para chegar lá. Se não me engano, a diária era de U$180 por casal. Mas, como eu disse, a primeira coisa que deve ser feita antes de colocar o pé na estrada é reservar hotel, caso contrário, você não consegue MESMO lugar pra dormir. Fiquei no Jandaia e vi várias pessoas chorosas na recepção implorando por um quarto! Esse hotel novo tem um deck com vista privilegiada da cidade, piscinas, restaurantes e até spa!

Jogo me dá sono! Só curti a máquina do Sex And The City (prêmio máximo era pro Mr.Big hahahaha) e fiquei impressionada com a quantidade de gente que veio lá do Nordeste do Brasil pra fazer uma fezinha. Um povo de Fortaleza, Recife e afins. Se você ganhar uma graninha, eles pagam em pesos uruguaios, e o primeiro impulso é trocar por reais. Mas faça isso fora do cassino, caso contrário, vai deixar um bom dinheiro de lambuja pra casa de câmbio deles.

Os freeshops ficam ao longo da Avenisa Sarandi e de várias ruas que cortam a mesma. Depois de subir e descer a Sarandi umas 3 vezes batendo perna em lojas, parece que você vai morrer de tanto cansaço. E não fique achando que existem vááários lugares pra sentar e tomar uma água e descansar os pés. Os poucos existentes vivem lotados. Dessa vez descobri um lugar novo e agradabilíssimo, chamado Aroma. Fica na rua que corta a avenida, uma esquina antes do Indian Emporium, antes de chegar no freeshop Barão.

De todos as lojas, a Barão é a que mais gosto. É ampla, as vendedoras não são pentelhas e você encontra de esmaltes Chanel à todas as pimentas e temperos possíveis e imagináveis. Não me entra na cabeça porque diabos a sistemática de atendimento dos uruguaios é a mesma desde os anos 90. Você escolhe algo no setor de vinhos, algo no setor de perfumes, algo no setor de eletrônicos. Em vez de enfiar tudo no carrinho e ir direto pro caixa, eles te fazem tomar o maior chá de banco: tem que tirar notinha separada em cada setor, entregar a identidade, depois ir pro caixa. E quase sempre você chega no caixa e esqueceram de colocar alguma compra sua no sistema, aí você surta e diz que abortem a missão e leva só o que já consta – afinal, quem quer amargar mais 40 minutos de fila??? Já passou da hora dos uruguaios darem um jeito nisso. É chato e irritante, uma tremenda perda de tempo. E ainda tem a fila pra retirar as coisas depois, e eles conferem item por item, carimbam tudo…um verdadeiro exercício de paciência.

Não posso deixar de comentar algo que me arrepia os cabelos toda santa vez que vou pra lá. Na Avenida Sarandi existem dois salões: o Salon K (da Kerastase) e um salão que não lembro o nome dentro do freeshop The Place. Sou meio sádica e repito a experiência every single time. Passo pelos dois e vejo que em ambos as cabeleireiras estão sentadas sem fazer nada, lendo revista. Entro e pergunto: “Tem hora agora pra fazer uma escova?”. Tipo, vocês não estão fazendo nada mesmo, será que podem me atender? E a resposta é SEMPRE a mesma: “Não é assim. A gente não atende assim. Tem que ligar e marcar hora!”. Aí dou uma choradinha, elas pegam a planilha do dia e, mesmo que não tenha nenhuma cliente marcada nem para 2hs depois, elas NÃO me atendem. Pode???? Aaaargh.

Nos sábados, em frente à loja Parisien, rola uma feirinha tipo uma micro-micro-micro San Telmo. Pra quem curte antiguidades e cacarecos.

Descobri, graaaças a Deus, que existe um salão novo lá no final da Avenida Sarandi. Chama Salon One. Milagrosamente, foram super educadas comigo, não estavam atendendo ninguém quando cheguei e me atenderam prontamente. Fiquei surpresa!!! A escova custou míseros R$20, atendimento de primeira, produtos Redken e Kerastase. Comprei um protetor solar pro cabelo da Kerastase por R$40! Adorei e vou voltar lá forever!

Outro freeshop que gosto é o Duty Free Americas. É muito espaçoso, o que significa que, mesmo que esteja super lotado, você consegue se mexer e respirar lá dentro. E o ar condicionado bomba – no verão, só assim pra aguentar a maratona de compras. É o que mais tem estoque de Tommy Hilfiger, Lacoste e Ralph Lauren.

Ah, estacionar o carro. Missão impossível é arranjar lugar na Sarandi. Minha dica é deixar o carro na garagem do hotel, só que aí você passa por um belo perrengue: nenhuma loja nos deixa entrar segurando sacolas de outras lojas. Tem que guardar num armário, mas quando tá cheio de gente os armários vivem lotados. Se você estacionar na rua, aí compra num freeshop, vai no carro, joga tudo no porta-malas e tá pronta pra ir comprar mais em outras lojas. E é mais prático, porque chega um momento em que o peso das sacolas é desesperador. Rsrsrsrsrs!! Os tiozinhos que cuidam do ‘estacionamento’ são gente fina – tem que pagar se estacionar na Av. Sarandi.

Indian Emporium: tem em Punta del Este também. No dia que fui, tudo estava com 50%OFF. Dei um pulo na loja do Daniel Cassin, que ainda não conhecia, e achei, cá entre nós, que as roupas são aquele estilo ‘trapinho super faturado’.  E acho a Parisien muito ‘marcadiabo’ pro meu gosto. A Indian Emporium continua sendo a melhor pedida pra quem quer comprar bem gastando pouco. É óbvio que tem que passar um par de horas garimpando. Mas vale a pena! 🙂

Confeitaria City: antes de pegar a estrada pra voltar pra casa, passe lá e compre 1kg de doces. É uma tradição! Só não acho boa idéia usar a City pra sentar, tomar um refrigerante e aproveitar pra ir ao banheiro. O banheiro deles é um nooojo, de sair correndo e não voltar nunca mais!

Fiquei felicíssima de ter descoberto nessa viagem a Heladeria Martinez. Fica na Agraciada, 778 (uma rua paralela atrás da Sarandi, bem no final da rua). Passei por lá de noite, voltando do cassino no caminho do restaurante. No outro dia, maior calorão dos infernos, todos os lugares bufando de gente disputando a tapa uma cadeira, e lembrei de dar uma passadinha pra conhecer! Entramos, ar condicionado geladinho, cadeiras confortáveis,e  todos os sabores de sorvete que vocês possam imaginar. A dona, Terezita Martinez, é uma foooofa!! Me viu tirando fotos (achei que ia levar um xingão, rsrsrs) e logo se ofereceu pra montar uma banana split que saísse bem na foto!!

Os sorvetes são de comer ajoelhado, rezando e agradecendo a Deus! Sério! E pouca gente conhece a sorveteria! Enquanto eu estava ali, somente uruguaios entravam pra tomar um sorvetinho e se resfrescar. Quando a turma da foto abaixo entrou, fizemos amizade e acabamos descobrindo uma loja óótima, também só frequentada pelos locais.

É a Redomones, que fica na Figueroa, 1070. A loja é especializada em artigos para jogadores de pólo (eike chiqueza).

Eles vendem uma infinidade de alpargatas masculinas e femininas. A mais cara custa R$30. Tem xadrex, colorida, listrada… Fala sério, não tem porque pagar mais do que esse valor num par de alpargatas né? As marcas brasileiras têm tentado faturar em cima delas, mas acho abuso.

As donas são uns amores! Fiquei louca de vontade de comprar as camisas femininas e uns porta-jóias que misturavam madeira e metal, mas me contive. A Redomones tem filial em Paysandú. A casa é bem rústica, toda de maneira, com aquele piso de tábuas antigão que faz barulho.

A última dica que tenho é um freeshop chamado El Rinconcito. Quando chega na rua da Imigração, dobra à esquerda e anda umas 5 quadras. Ele fica em direção a ruta que leva para Montevideo. Só aceitam pagamento em dinheiro para as bebidas. Eles têm uma grande varidade de artigos pra casa: comprei conjuntos de taças de vinho e de água por uma pechincha.

Ah, mulherada que quer comprar maquiagem: os únicos estoques que não são desfalcadérrimos nas lojas são da Revlon e da L’Oreal. Para todo o resto, é uma questão de sorte. Dessa vez a coisa tava tão desfalcada que voltei pra casa só com 3 esmaltes novos e mais nada! Ah, e os top-super-lançamentos chegam lá muuuito tempo depois de serem lançados. Não vá esperando encontrar os últimos esmaltes Chanel, por exemplo. Sem chance!

Produtos Apple não valem a pena: além de ter que pagar à vista, um iPad com wi-fi de 16GB sai por U$699,99. Levando em conta que o meu de 32GB custou U$500 nos EUA e Rivera é freeshop, achei um ROUBO. 🙂

Quem mais tem dicas de Rivera pra dividir conosco? Deixe nos comments!

57 amaram.

Você também poderá gostar

46 Comentários

  • Responder Fernanda 13/12/2011 at 11:16 am

    Eu gosto de ficar no novo hotel, em Rivera mesmo. Fica 1 quadra da sarandi, dá pra levar as sacolas no hotel e voltar pras compras, não precisa sair de carro…

    • Paula Sweetest Person Blog
      Responder Paula Sweetest Person Blog 13/12/2011 at 1:40 pm

      Fe, nesse eu nunca fiquei!
      Bjosss

    • Responder Argemiro 30/10/2013 at 9:55 pm

      Já fiquei neste Hotel, bem localizado, mas foi o pior que já me hospedei na vida, verdadeiro pulgueiro.

  • Responder Mah 13/12/2011 at 11:30 am

    Amei a dica da sorveteria! Não conhecia e já fiquei louca pra ir lá na minha próxima ida a Rivera.

    • Paula Sweetest Person Blog
      Responder Paula Sweetest Person Blog 13/12/2011 at 1:39 pm

      Mah, vai lá que tu nao vai te arrepender!
      Bjosss

  • Responder Carla Wiederkehr 13/12/2011 at 11:53 am

    Oi Paula
    Estive em Rivera dia 02/12
    Aquilo é uma perdição mesmo.
    Estava procurando Shampoo da John Frieda e Tresemme, mas ninguém tinha.
    vale a pena comferir os Free Shops menores tb, tem muita coisa legal.
    Agora fiquei triste porque não vi esta sorveteria.
    Normalmente a gente não caminha fora da sarandi.
    Adorei tuas dicas.
    carla

    • Paula Sweetest Person Blog
      Responder Paula Sweetest Person Blog 13/12/2011 at 1:39 pm

      Carlinha, pois tu sabe que eu vi pouquissima coisa da Tresemme por lá tb!
      Dos freeshops enores gosto do Peppo!
      Bjoss

  • Responder Alice Brum Llanos 13/12/2011 at 12:54 pm

    Riveira é tudo de bom!

    Beijooo

    • Paula Sweetest Person Blog
      Responder Paula Sweetest Person Blog 13/12/2011 at 1:38 pm

      I agree!
      \o/

  • Responder Carla Aseff 13/12/2011 at 1:30 pm

    Oi Paula,
    eu como uma boa local (de Livramento) frequento a H.Martinez desde criancinha. Sim, ele é das antigas e sempre foi o programa favorito de domingo, tomar un helado na Martinez depois do almoço ou no fim da tarde. Divino…
    Também adoro as praças de Rivera, são muito mais cuidadas e civilizadas que as nossas. Recomendo uns minutinhos apreciando o movimento, é ótimo pra descansar entre muitas lojas e outras tantas.
    Que saudades da minha fronteira querida, deu pra matar um pouquinho por aqui. Obrigada *_*

    Bjnhos

    • Paula Sweetest Person Blog
      Responder Paula Sweetest Person Blog 13/12/2011 at 1:35 pm

      Carla!!
      Eu achei a dona uma fofa…primeiro levei um susto pq ela veio na minha direção enfática ‘tu ta tirando foto ou filmando?” e jurei que ela ia me dizer pra deletar tudo. Que nada!!! Se ofereceu pra fazer uma banana split pras fotos ficarem mais bonitas! Rsrsrsrs!
      Vou ir lá sempre que for a Rivera agora!
      Beijos mil

  • Responder Viviane Rosa 13/12/2011 at 1:43 pm

    Eu e meu namorado fomos há umas duas semanas e acho que foi a última vez. Rio Branco é melhor acho, lojas melhores e maiores, com mais caixas, as compras ficam mais objetivas, vc encontra td num só lugar. Em Rivera se anda demais pra achar lojas boas. A DFA é uma das melhores lojas eu acho, vc vai pegando as coisas sem ngm precisar te atender. Acabo sempre ficando pela avenida principal, vou na Neutral, Zebra, The Place, DFA, e depois não sobra dinheiro pra ir nas outras hehe. A Sineriz tava um horror, ngm para atender e mto cheia. Sábado quase não fizemos compras pq todas as lojas estavam lotadas. Quem puder tem que ir durante a semana.
    Ficamos no jandaia e achei muito fraquinho dessa vez! Td velho..
    Mas valeu a pena, fiz umas comprinhas legais, finalmente achei um óculos pra mim e tbm comprei uma mascara kerastase, dentre outras coisinhas!
    Fiquei com vontade de um helado. E agora? hehe
    Beijo.

  • Responder Daniela 13/12/2011 at 4:05 pm

    Oi Paula,

    Muito bom o seu post pra quem não conhece Rivera.
    As lojas que mais gosto são a Sineriz e a Barão(melhor lugar para comprar bebida e rímel da marca Max Factor, que na minha opinião é melhor que a Lâncome).
    Em agosto fui até Rio Branco pq não é tão longe de Poa, fui de Microonibus fretado e paguei R$85,00, achei que valeu a pena pq tem lojas legais, mas é claro que prefiro Rivera.

    Bjs

  • Responder Luana 13/12/2011 at 4:08 pm

    E quanto à praia… conheceu as praias do Uruguai? Tem alguma dica?

  • Responder leila machado 13/12/2011 at 4:09 pm

    Naquele Salão que vc. comentou, que as vendedoras não quiseram atender sem hora marcada, eu sacanearia elas, eu pegava o celular e ligaria dali mesmo p/ elas e marcaria e depois não apareceria!! ái que ódio de gente burra!!
    Bjo

  • Responder Juliana Moreira 13/12/2011 at 4:13 pm

    Adoro tuas dicas!! Bjs!

  • Responder Alessandra Flores 13/12/2011 at 4:50 pm

    Gostei muito das dicas e não conhecia a sorveteria!Vou essa semana pra lá e vou conferir.Se conseguir é claro,porque agora próximo do natal é complicado…Sei que vai ser uma correria,mas vou arriscar,rsrs
    Sempre vou nas tradicionais,Sinereiz,Neutral e tem uma outra em uma esquina que não consigo lembrar o nome.Depois passo aqui pra contar.
    Beijos
    http://www.miinteressa.com

  • Responder Jana Paniz 13/12/2011 at 8:58 pm

    Oi Paula!!
    Adorei o guia de compras. Já fui em Rivera uma vez, em julho deste ano e estava bombando, imagino agora, perto do natal.
    Não tinha hotel disponível também e eu minha mãe ficamos num perto da rodoviária. Daí para voltar e deixar as compras ficava bem longe. Foi cansativo, mas bom.
    Achei muita coisa da Essence na Barão. Também é um dos meus free shops favoritos. Tem um outro bem grande agora, se não me engano Siñeriz, que tinha muita make e alguns esmaltes… Depois fomos garimpando lojinhas ao longo da rua.
    Uma coisa que amei e não conhecia, foi a sorveteria. Quando voltar, vou dar um pulo lá. Moro em Brasília, mas como tenho família em Santa Maria, tô sempre por aí, e quando dá, dou um pulo em Rivera!
    Beijocas!!

  • Responder Elvira 13/12/2011 at 10:31 pm

    Passamos por Rivera no ano passado antes de irmos pra Buenos
    Aires, iremos novamente no final de 2012, valeu as dicas.

  • Responder Patricia 14/12/2011 at 8:03 am

    Nossa não sabia que tinha free shop assim para comprar na rua, deve ser uma perdição para as meninas que moram próximo…
    Agora, uma pergunta:
    -Vale a pena sair de SP para comprar?

    bjs!! adoro o blog!

  • Responder Debora Motta 14/12/2011 at 8:53 am

    Vou muito a Rio Branco. Tem menos Free Shops do que Riveira, mas para mim fica mais perto!
    E o sistema de compras é mais decente, digamos assim! Rss! Joga tudo na cesta e paga no caixa. Sem notas ou afins! E mesmo assim, nos finais de semana, as filas são uma chatice!
    Besos!

  • Responder Michelli 14/12/2011 at 3:24 pm

    Oi Paula,
    Ai que saudade das idas para Rivera. Como eu adorava!
    Agora, morando em Foz do Iguaçu, compritchas só no Paraguai e no Free Shop da Argentina. Que tbém são ótimos!!!
    Qdo quiser aparecer por aqui, prende o grito!
    E se quiseres dicas de compras por estas bandas, pode pedir, pois ando rata de paraguai. hehehehe
    Beijão,
    Michelli.

  • Responder Gabriella 16/12/2011 at 10:26 am

    Oi!Adorei as dicas de Riveira!Minha família é assidua,adoramos ir e vamos quase todo mês hehe
    Vi que nos comentarios tinha gente querendo tresseme e john frieda,pois então,na ultima vez que fui achei essas duas marcas numa lojinha que é meio uma joalheria/free shop tudo junto e misturado hehe tinha vááários produtos de ambos e o preço bem em conta,inclusive comprei um shampoo em spray(seco) que deixa o cabelo com volume da jonhn frieda que é maraaa! aah e essa lojinha fica na sarandi,vale a pena ir lá! beijo

  • Responder Clarissa 17/12/2011 at 7:42 pm

    Oi Paula,
    A Indian Emporium é a mesma rede da Parisien! Elas tem praticamente os mesmos produtos!
    Beijo

  • Responder Ricardo 20/12/2011 at 4:15 pm

    Nossa.. Sacanagem esse sorvete ai kkkkk

    Gostei muito do post. Vontade de ir lá conhecer e gastar não está faltando. Se tudo correr certinho em março estarei lá…

    Abraços e parabéns pelo blog..

  • Responder Edinho 09/01/2012 at 2:59 pm

    Eu nunca fui para Riviera, alguem sabe dizer quanto custa uma camisa da Tommy?

  • Responder Ana Paula Mendes 13/01/2012 at 10:06 am

    Bom dia Paula,

    Adorei seus comentários sobre Rivera,as fotos estão um sucesso!!
    Viajamos sempre a Rivera com nossos clientes e estou sempre pesquisando novas informações.
    As dicas são ótimas e também quero deixar algumas.
    – quando for a Rivera não deixe de conhecer o freeshop REX que fica na rua Figueroa quase em frente a REDOMONES, ele é pequeno, apertado tem um pouco de cada coisa o forte aqui é ar codicionado e video games, mas encontramos outros itens.
    Nele a cotação do dolar geralmente é melhor que nos grandes freeshop
    Procurem o vendedor “Alemão” e diga que foi indicação minha… sempre sai um descontinho.
    – Se for fazer um bate e volta indico excusões como as que eu e meu marido organizamos!
    – Não esqueçam de pesquisar o valor do produto em dolar e a cotação do dolar isso faz a maior a diferença.
    Grande abraço,

  • Responder Carla Wiederkehr 12/02/2012 at 8:12 pm

    Paula
    Esta semana estive em Rivera e fui até a Heladeria Martinez. A tua dica valeu ouro. A Dona do local não podia ser mais querida e atenciosa. Fui caminhando com minha mãe e chegamos lá morrendo de calor e cansadas, é bem longinho do Inicio da sarandi. Ela prontamente chamou um taxi para minha mãe não voltar caminhando.
    Desta vez tinha bastante estoque da Trsemme, mas achei só os fabricados na Argentina. Da outra vez tinha encontrdo os Made In Usa. Não sei se tem diferença entre eles.
    Só não achei este salão de beleza que tu comprou o Kerastase.
    Bj
    Carla

  • Responder luiz 28/02/2012 at 12:36 pm

    Oi pessoal!

    Alguém sabe se em Rivera ou Rio Branco existem lojas que vendem equipamentos de segurança como câmeras ip?

    Desde já agradecendo pela eventual ajuda!
    😉

  • Responder Mara 29/02/2012 at 11:54 pm

    Ola. alguem sabe me dizer se compensa ir em rivera primeiro e depois em rio branco?é longe uma cidade da outra???bjssss

  • Responder Telma 16/04/2012 at 5:31 pm

    Fui nessa sorveteria, delícia…

    Recomendo quando forem a Sineriz, procurarem a vendedora Suli, uma graça de pessoa, superatenciosa, foge completamente das outras de má vontade! Merece a recomendação.
    O que vale comprar lá são os produtos da ROC e protetores solares, muio barato!
    E essas bolsas lindas da Redemones, são caras? Fiquei de olho nelas.
    Bjs

  • Responder Barbara Peruchena 16/07/2012 at 10:39 pm

    Olá, muito legal o post sobre Rivera, super completo.
    Nós iniciamos um blog para falar somente sobre Santana do Livramento e Rivera, é o turismoefronteira.blogspot.com da uma espiadinha lá.

    Obrigada

  • Responder Camila Prado 17/10/2012 at 6:51 pm

    Fui pra Rivera grávida, fazer meu enxoval, descobri em livramento uma loja perfeita, Petipolá Boutique infantil, dobrando o hotel Jandaia, vale muito conferir, roupas lindas, as melhores marcar com ótimo preços e além de parcelar não entra na cota….

  • Responder Marcio 16/12/2012 at 7:26 pm

    OLA ESTOU QUERENDO CONHECER RIVERA, MAS ESTOU TENDO DIFICULDADES EM ENCONTRAR HOSPEDAGEM, ESTOU MANDANDO EMAIL MAS SEM RESPOSTAS!!! ALGUÉM PODERIA DA UMA LUZ????

    Att

    Marcio

  • Responder Caren 26/12/2012 at 1:40 pm

    Estava procurando algumas dicas de Rivera e achei teu blog, muito legal teu post, apesar de eu ir seguido lá eu não sabia de sorveterias, da proxima vez irei lah…
    Mas agora tem uma novidade em Rivera, vende M.A.C. no black freeshop!!!

    • Paula Sweetest Person Blog
      Responder Paula Sweetest Person Blog 27/12/2012 at 8:00 am

      sério?
      e onde fica o black freeshop??

      • Responder Caren 31/12/2012 at 5:44 pm

        essa vai ser a 3x que tento te responder, espero que eu consiga!!=D

        este é o link do site onde você pode ver a localização bem certinha!!
        b l a c k f r e e s h o p . c o m / d o n d e – e s t a m o s . h t m l

        aqui está o face deles onde você pode ver os produtos que eles tem
        f a c e b o o k . c o m / b l a c k f r e e s h o p

        pra vc ter uma ideia dos preços, paguei $42 por um blush…

  • Responder Karol 27/12/2012 at 2:09 am

    vou a livramento pelo menos umas 3 vezes por ano, indico o hotel portal! subindo a sarandy em direçao ao brasil, quando chegar na famácia panvel dobre a esquerda, é simples mas o atendimento é bom, e o café da manhã proporciona uma vista da praça da divisa.
    sou fã das bases da Max Factor e sempre encontro minha cor no free shop FERVI, fina na frente da indian. é bem pequeno, daqueles que tem de tudo, mas é bem variado e as vendedoras são ótimas!

  • Responder Maiana 27/12/2012 at 10:57 am

    Ola Paula!
    Gostaria de dicas de locais que aceitem cartão de credito e que não se perca o tal desconto…

    • Responder Caren 28/12/2012 at 11:44 am

      se vc quiser parcelar, tem que comprar acima de $100 e pode parcelar em até 4x, mas só aceitam visa do Bco do Brasil, e acredito que praticamente todos os freeshops aceitam cartão internacional!! =D

  • Responder Rhana 14/01/2013 at 4:53 pm

    Olá,

    Adorei todas as suas dicas aqui… Estou pensando em ir pela 1ª vez no Uruguay, mas seria uma viagem tanto de compras quanto de turismo. Iria com meu marido e meu filho de 6 anos. Você teria alguma dica?
    Não ser se Rivera é a melhor opção de cidade no meu caso.
    Beijos
    Rhana

  • Responder arleicunha 05/02/2013 at 10:21 am

    Ola! onde posso comprar temperos para sushi e outras comidas japonesa em rivera?
    Ficarei grato se alquem tiver esta imformação.
    Arlei Cunha
    055 32190292

  • Responder Ana Raspini 09/09/2013 at 11:58 am

    Paula, o único lugar onde se pode comprar Kerastase é naquele salão? Os duty frees não vendem?

  • Responder Luiza 25/01/2014 at 6:50 pm

    Lu, tu conquistou mais uma fã!! 🙂 Eu queria muito ir ano passado, aí convenci minha mãe (íamos eu, ela e umas quatro amigas numa van) e na metade do caminho sofremos um acidente. Uma delas quebrou um braço, mas agora está bem, graças a Deus não foi nada pior.
    Desde então tenho essa vontade de ir pra Rivera!! Herdei da minha mãe essa coisa de querer comprar BBB (bom, bonito e barato!!!). MUITO obrigada pelas dicas, estávamos eu e a minha mãe num salão hoje à tarde e a dona do salão contou que ia com o marido pra Rivera amanhã. Aí já despertou minha vontade novamente!! E a minha mãe, graças a Deus, falou na hora que queria ir no carnaval. É uma boa época pra ir? Eu queria comprar um Iphone 4, será que tem por um preço em conta? E roupas? Tem algum lugar com roupas tipo marisa, renner, c&a por um preço mais baixo?
    Ps: Tu já foi pros Estados Unidos? Podia fazer as dicas de compras lá, também, né? hahahhaah

  • Responder Viajar de carro pelo Uruguai: dicas de hotéis, passeios, cidades e restaurantes 14/05/2014 at 7:43 pm

    […] Se estiver calor, corra para a Heladeria Martinez, tesourinho escondido da cidade – aqui tem post com detalhes […]

  • Deixe seu comentário