69 responses to “Só as magras são felizes??”

  1. 1Carol

    Oi Linda!!! Eu quero estar magra sim…já fui cheinha, e hoje estou muito bem com meu corpo e comigo…visto 36 e peso 49kg (1,56m)…o meu marido diz que não quer que eu perca mais nem um quilinho e diz exatamente o que seu irmão disse…eu, claro, penso as vezes nisso, que a gente fica se matando pra ser magra e nem pensa em agradar quem a gente deveria, mas sim a sociedade que recrimina quem está acima do peso. Acho que ele preferia qndo eu tinha 8kg a mais, que foi qndo a gente se conheceu, mas se eu continuasse daquele jeito qndo eu engravidar ou qndo a idade fosse chegando as coisas iam só piorar!!!

    Mesmo gordinha eu era amada, vaidosa, linda…e feliz pq comia sem preocupação…mas era infeliz qndo vestia um biquíni, ou quando uma roupa não me caía bem…isso porquê? Por medo das pessoas, do que elas vão falar, por medo do preconceito…é tão triste isso né!!!

    Hoje, continuo amada, vaidosa, linda e feliz por poder me vestir sem me preocupar, poder desfilar de biquíni a vontade…obvio, não posso comer tudo que amo se quero continuar assim… e isso não é o fim…a gente deve comer pra viver e ao viver pra comer…mas temos que às vezes pensar até onde vale a pena sermos felizes por estarmos num padrão que a sociedade impõe…será que vc não está fazendo sacrifícios demais pra conseguir parecer algo que não é?? Eu digo isso não só pras pessoas que deixam de comer as coisas que amam, mas é que muitas vezes colocamos nossa saúde em risco, tomando remédios, não comendo direito, comendo coisas erradas, poucas vitaminas…e no final das contas a maior prejudicada somos nós mesmos…

    Eu não estou prejudicada diante dos meus sacrifícios pq hoje me sinto muito bem e alcancei meu objetivo de forma saudável (apesar de antigamente já ter tentado vários métodos duvidosos..hoje eu malho, fiz uma reeducação alimentar com acompanhamento de uma nutricionista… estou olhando não só o agora, mas meu futuro, o que eu quero ser e passar pra um filho que em breve virá…posso dizer que estou mto feliz mais magra…mas não MUITO mais…isso é um pouco de ilusão…ser magra não é a solução de todos os problemas!!!

    Mas estou me sentindo muito feliz por estar assim hoje e ter chegado aonde eu queria!!

    Beijos

  2. 2alda

    acho que principalmente p/ nós mulheres esse assunto de ser magra ou não tão magra (pq. gordura demais acho mais um problema de saúde do que estético) vai ser sempre um dilema, de um lado a ditadura da moda, padrões estéticos ditados por uma parcela da sociedade que diz que ser “magro” é ser feliz e deixa a gente c/ auto estima high, lógico que isso é balela pq. conheço um monte de gente magérrima que têm zero auto estima e pessoas gordinhas que se sentem sexy e têm auto estima boa.Então penso que a gente têm que tentar ser feliz e saudável pq. consequentemente fazendo alguma atividade física e comendo bem vc. vai estar mais bonita, não quero e não preciso ser magra como uma modelo p/ ser feliz, até pq. se vc. não têm a estrutua física p/ ser tão magra meu Deus como seria cruel tentar a vida inteira ser assim.E como todas nós já ouvimos homem gosta mesmo de mulher que se gosta e assume o que é, isso é muito mais sensual e atrativo do que um corpo magro!
    bjka

  3. 3hehl

    antes de qualquer coisa, em primeiro lugar eu tenho que estar magra.
    depois eu começo a pensar no resto.

  4. 4Eliza

    Chérie, na minha opinião não é peso que define felicidade, messssssmo! Isso é tolice, falácia!
    O que define a fantástica e as vezes, utópica felicidade, não é estar magra, gorda, mediana, mas sim estar bem consigo mesmo, lato sensu, é uma questão que associa muitas instâncias que nos faça sentir bem e abrir os sentidos para a leveza da vida. A vida é leve e branda, nós é que a transformamos em tormento, peso e estorvo.
    E a moda pede sim mulheres magras, porque é este biótipo que atende bem a função de cabide de roupa. Não é uma ofensa, de forma alguma. Mas a função da modelo de passarela é apresentar a roupa, que é mais fácil de ser apresentada e reparada em todos os sentidos num corpo esguio, que é uma tendência antiga já! A gente estuda isso em história da arte, história da beleza, história da moda. Há um sentido para as coisas serem assim, não é culpa da moda, mas sim de quem corrompe as coisas sem responsabilidade, sem prestar atenção nas referências que se deve produzir quando se é uma figura pública, como essa modelo. Ela falou de algo que é a realidade dela, do mundo dela que não é de forma alguma a realidade de todas nós, que não precisamos de manequins 36, 34 para passarmos no vestibular, conseguirmos emprego, para sermos amadas, para sermos mães, esposas, amantes, seres humanos. Ela precisa, é a realidade dela, mas não é uníssono. O problema é a pobreza espiritual de uma pessoa assim que fica vendendo, mesmo que sem querer, a impressão de que é linda e feliz, porque é magra. Daí um monte de meninas com problemas de alto-estima, com tendências depressivas dão de cara com uma puta-ajuda dessas, literalmente falando, é dose!

  5. 5Flavia

    Eu já estive dos dois lados e minha opinião é que as magras são mais felizes.
    Eu prefiro estar magra sim, além de ficar mais bonita eu me sinto mais disposta.
    Tenho 1,56m e peso 48kg

    Beijos

  6. 6Sabrina Mix

    Ah, Paulinha!

    Eu prefiro ser magra, sim. Não por uma questão apenas estética, mas pela saúde mesmo. Estamos aí sempre sendo bombardeados por informações de como ser obeso é prejudicial à saúde. E hoje vejo revistas pregando cada vez mais exercícios físicos e vida saudável do que apenas a magreza por si só.

    Beijos e sucesso!!!

  7. 7NADIAH

    eu odeio a isabeli
    num sei num vou com a cara dela e nem com as suas benditas declarações
    mas ela é linda né!
    Então é triste em pleno seculo em que estamos pessoas comprometerem sua saude pra ficar magerrimas…
    Temos que nos preocuparmos com a saude,muita magreza nem muita gordura dá né gente!

  8. 8renatabatata

    Oi, Paulinha!
    Acho que magreza não pode ser confundida com ser esquelética e abatida. Temos que manter um corpo saudável, alongado e cheio de energia e só conseguimos isso sem gorduras e peles pelo caminho.
    Magreza tamanho 34 num corpo de mulher é esquisito e feio, na minha opinião. Mas saúde exige um corpo em forma e isso significa ser magro, não cadavérico.
    Beijinhos!

  9. 9Carol Scheid

    O que me revolta nessa Isabeli não é o fato dela ter dito que o mercado exige a magreza. Isso todo mundo sabe. O que eu acho um absurdo é ela ter dito que o bonito mesmo é ser magra. Ela legitimou esse pensamento do mercado da moda e foi uma irresponsável pq tem milhares de gurias que se inspiram nela e que agora, mais do que nunca, vão acreditar que só é bonita quem é magra.
    Beijos gurias

  10. 10Luísa Theodoro

    uuuh será que a isabele tem sicilone? rs
    Felicidade é estar bem consigo mesmo, mas o problema é que como a sociedade exige que sejamos magras, não nos sentimos tão bem quando estamos cheinhas.
    O negócio é saúde, se você estando gordinha não faz bem pra saúde é bom emagrecer de um jeito saudavel.

  11. 11Melissa

    Olá!

    Primeiro de tudo: que coisa horrível essas duas bolas na frentre do corpo dela!

    Segundo: Eu gosto de ser magra, me esforço pra isso, mas não acho legal ser aquelas magras doentias. Fica legal só na passarela, na vida real é muito feio e realmente os “guris” não curtem. Agora, eu conheço um monte de caras que gostam de mulher magra e não deixam elas comerem (experiencia propria hein?)

  12. 12Tchella

    ai eu confesso! sou uma idiota quando o assunto é esse! tá tá, eu confessei! hehehe sempre BRINCO que não existe “mulher muito magra”, ngm nunca é magra demais, hehehe… óbvio, que sei que não sou gorda, seria uma estupida se dissesse que tô gorda, mas que eu queria dá uma baita duma emagrecida pra ficar toda cheia de osso, ahhhh gurias isso eu qria! uso manequim 38 e não me peso há… uns 6 anos mais ou menos pq um dia me pesei e estava com 54kg, foi o fim… sim, sempre tem a primeira vez q a gnt pesa 54 ne… nunca tinha pesado ai qdo pesei, pronto… nunca mais vou me pesar! só q hj eu encaro isso diferente, não to nem ai para oq a balança tem a me dizer, eu desejo me olhar no espelho e achar q to bem, seja com 54 ou 49 ou 58, sei la… não sei qto eu peso, nem pretendo saber… qro tá bem, qro tá feliz, qro me olhar no espelho e gostar doq vejo. Eu gosto do q vejo hj, mas q eu não tinha essa barriguinha antes eu não tinha mesmo! e gostaria de perde-la! pra isso uns 5 kilinhos tava bom, hehehe, mas eu tô feliz! claro q podia tá mais hahaha bjoooo gurias… e levem td q escrevi com bom humor pq eu tô rindo aki, hein! bjoooo

  13. 13Gabriela Fuschini

    Concordo SIM com a Isabeli, e concordo mesmo! É verdade que os homens não gostam de esqueletos magérrimas, sem peito nem bunca – completamente retas – mas eu acho que dá SIM pra usar um manequim 36 e ainda ter um corpão!! Agora que o verão tá chegando, eu corri pra academia e já perdi 4 kg :O
    (de 54, estou com 50 e …) e ainda pretendo alcancar 49, para ficar perto da minha altura (1,67!). Tenho perna fina sim, e acho q alguns homens nao gostam, pq gostam de pegar na coxa.. mas eu gosto, e me sinto linda assim! Com o corpo como de modelo, não como de uma típica brasileira (com uma perna groooossa!). E quer saber? Essa é uma das coisas que fazem eu me sentir bem comigo mesma, e que sempre que aquela pessoa chata tenta me por pra baixo, ou fala alguma coisa chata a gente pensa: hum… pelo menos sou mais magra que vc! Isso pode ser maldade, mas siim recupera o humor!No fundo no fundo MESMO, as pessoas mais pesadinhas se sentem gordas e por mais que se achem lindas e falem que isto é ”excesso de gostosura” siim, elas queriam ser magras!
    beijos!

  14. 14suzi

    existem belezas e belezas. kate moss é magra e linda. scarlett johanson é rechonchudinha e linda (vai me dizer que ela é magra? não, não é! e é lindíssima assim).
    idiotice da isabeli achar que uma pessoa magra é necessariamente bela. ela é magra e linda (por fora), mas poderia não ser se esse tipo de corpo não combinasse com ela.
    acredito que o principal é ser saudável, com o corpo e com a mente. isso é o mais importante e, pra mim, isso é que te deixa verdadeiramente bonita.
    talvez seja facil pra mim falar isso, sempre fui magra, nunca fiz dieta pra isso, mas não acho que meu corpo e nem o de ninguém deva ser um padrão que deve ser seguido. e, na verdade, gostaria sim de ter um corpão à la brasileira (que menosprezaram aqui), mas sei que não combinaria comigo e, por isso, continuo magra, saudável e feliz. é preciso bom senso.
    seus posts são ótimos. parabéns pelo blog.

  15. 15suzi

    e, fuschini, acho que não cabe a nós julgar a felicidade e auto-estima das gordinhas. somente para reflexão mesmo… talvez sirva pra alguns esse ideal de beleza magra, mas não pra todos, com certeza.

  16. 16marina

    assunto polêmico, mas de forma alguma eu acho que só as magras são felizes, até porque pra mim mulher tem que ter peito bunda e perna. sem exageros claro. é tão bonito as curvas femininas…
    talvez eu tenha um pouco de sorte proque posso comer de tudo um pouco e manter o esp.. claro tbm que não detono uma caixa de bombons em uma hora!
    é tudo uma questão de bom senso…
    mas já fui bem magrela, e graça ao anticoncepcional ganhei um pouco mais de peito e quadril e apsar de achar um barriguinha ali e outa godrudinha aqui, prefiro o meu corpo hoje. sou muito mais olhada,rsrsrs…
    infelizmente o mundo dita que as pessoas devem ser magras e isso no reflete no nosso dia dia já trabalhei em uma loja com precos acessíveis que as pessoas normais compram e os tamanhos eram mínimos, algo acima de 42?!
    esquece…ach oque qualquer extremo sofre preconceito tanto as muitas magras quanto as gordinhas, mas ach oque o mais importante é semrpe trabalahr a nossa auto estima e educar a nossa mente para hábitos saudáveis.
    ah, alguém já viu a corpulenta Kate Winslet naquel fime ” O amor não tira férias?” na cena que ela aparece pra uma festa num tubinho preto?
    Aquilo que era mulher!…

  17. 17Maria Sofia

    Olha, eu acho muito relativo.

    Eu acho que é um elogio muito maior ser gostosa do que ser magrela. Mas gordinha e fofinha for feliz, cara, quem é essa Isabeli pra dizer ao contrário???

    Só pra constar, a Marilyn Monroe usava 46.

  18. 18NÃO SOMOS APENAS ROSTINHOS BONITOS

    Para o mundo da moda, infelizmente sim…

  19. 19Tássia Akemi

    É mais fácil comprar roupas qdo se está magra… não sei dizer se tem relação com a felicidade, mas, mudando de assunto, que roupa é essa?!? Aquilo é a aréola dela? Isso vai ser moda é?

    Me recuso a sair pelada na rua…. gorda ou magra, tanto faz, mas pelada não! ;P

  20. 20Leticia

    Oi Paula!

    Cheguei ao seu blog quando navegava no blog da Vanessa Rozan. E sempre venho aqui, a cada novo post e AMO! Mas nunca comento… Preguica total!

    Hj o assunto me inspirou a comentar pq estou aqui em uma das 2532673576 vezes em q penso em cuidar do corpitcho e perder peso… Acho que as magras sao talvez mais felizes que as gordinhas sim. Eu sou bem gordinha e sou feliz, muito feliz, sou apaixonada por mim e pela minha vida! Mas eu nao posso negar que me sinto bem frustada quando entro em uma loja e nao tem jeans do meu tamanho, quando o bikini nao fica legal na praia ou quando me chamam p festa na psicna com todos os outros amigos semi-nus… kkk

    Ser magra h o ideal, de moda, de beleza, de saude. Nao esqueletica, isso e doenca e a gente ja sabe, mas quilos a mais tambem nunca sao desejados…

    Acho que e bem importante para a auto-estima manter-se em forma, sim!
    E eu to aqui, tentando conversar com a amiga balanca… Vamos ver oq ela me fala!

    Beijos guriaaaa!

  21. 21Fernanda

    magra e não anorexica!!!!
    claro q ser magra é legal,as roupas acabam tendo um caimento melhor,mas prejudicar a saúde por causa disso é totalmente out…

  22. 22Nai Romero

    Nem vou comentar muito porque estou com preguiça, mas… Qualquer pessoa que não tenha esses lábios e esse silicone (medonho! peraí, não inventaram faz tem umas protéses mais “normais”?) é feliz. o.O

  23. 23Celina Alves

    Esse assunto realmente é polêmico, já fui magra, já fui gorda e agora estou emagrecendo de novo porque me gosto mais sendo magra, mas não é isso que define minha felicidade, mas que com certeza as roupas ficam melhores nas magras, isso fica, mas não as esqueléticas, magras normais e saudáveis. Mas deve ter um monte de gordinha feliz por aí, eu não fico muito feliz não quando estou muito acima do meu peso, gosto de me olhar no espelho e sorrir e me sentir bem, se isso não acontece, tento fechar a boca, porque no meu caso é porque sou gulosa mesmo rsrsrsr
    Bjobjo ;)

  24. 24glorinha

    “Bao” rsrsrsrsrs p variar nao deu p ficar quieta!KKKKKK
    Afinal quem tem um blog chamado “a gordinha ficou doida” rsrsrs nao pode ficar sem dar pitaco num assunto desses.RSRSRSRSRSRS

    o ser magra e ser mais feliz tem que se encaixar na pergunta do que e importante para voce…

    adoro aquela musica que a CASSIA ELLER cantava que diz:
    “deus e um cara gozador,adora brincadeira….”

    la nos idos de 2000,enfiei na cabeca que ia emagrecer e ficar igual ao peso dos 18 anos so que nao era mais por mim do que pelos outros.Era na sempre procura de encontrar O CARA,o principe e ser feliz a vida inteira!

    Esse dia chegou,eu consegui.Em 6 meses havia saido dos 95 p os 60 kilos.
    EU FIQUEI FELIZ DA VIDA COMIGO MAS FRUSTRADA ATE O ULTIMO SUSPIRO DA ALMA PQ NOS OUTROS QUESITOS,TROUXE TUDO MENOS a tal FELICIDADE de encontrar ALGUEM P CHAMAR DE SEU.

    O ANINHO QUE EU CHOREI POR CAUSA DE FALSOS AMORES…vixe!

    HJ, quase nove anos depois,eu peso o dobro e tb num ta legal…mas sou feliz de um jeito que eu nunca sonhei na minha vida.Sou insatisfeita com meu peso,com meu corpo mas sou a mulher mais feliz do mundo de ter o namorado MARAVILHOSO que eu tenho,a filhinha mais linda,os amigos mais sinceros…

    Batalhei tanto p caber no sonho dos outros achando que bastava ser gostosa e linda e tava tudo resolvido e fui ser feliz de verdade pesando mais de 100 kilos.

    Como me disse a psicologa do SPA:”O HOMEM QUE DEUS SEPAROU P VOCE E O QUE VAI AMAR VOCE DO JEITO QUE VOCE ESTIVER”

    Agora me diz rsrsrsrs “DEUS E UM CARA GOZADOR,ADORA BRINCADEIRA”

    qq dia eu conto “a lenda da coxinha” mil bjk

  25. 25Elo

    Vamos deixar a hipocrisia de lado né! O mundo não mudou e as magras continuam sendo o padrão. É claro que tem que haver magreza, mas no limite de cada uma e que seja sinônimo de saúde, não de anorexia e/ou bulimia. Assim como também a moda usa as magrinhas porque o caimento nelas é melhor. Eu já fui bem mais magrinha, em uma época cheguei a usar 32/34, sendo que tenho 1,71; ou seja; por mais que não aparentasse que eu estava magrinha com as roupas que disfarçavam minha falta de pele, eu não estava bem. Aos poucos voltei para o meu 36, é claro que gostaria de ser mais magrinha ainda mais que o 36 virou o novo 38. Bom por enquanto, mas que dá uma invejinha das magrinhas isso dá!

    Beijos sweet :*

  26. 26Marcela

    Desculpa mas só as que se amam são felizes…

  27. 27Gabriela

    Olaa
    entao, afinal, o objetivo da moda não é fazer as pessoas se sentirem bem e felizes?? Então pra que toda essa pressão em cima de um publico que deve sim, influenciar a moda e não serem influenciados por ela a ponto de se quase se destruirem.

    Nunca se esquecam que grande parte da beleza vista em revistas é pura maquiagme e um belo photoshop e que aquelas modelos simplismente não comem(tá a maioria)!

    O importante é se sentir bem e saudável e nos esforçarmos ao máximo para criarmos um flitro: o que somos e o que queremos ser deve vir da nossa cabeça e não do que ditam as outras pessoas.

    Como você já vi alguns casos de garotas que eram lindas e passaram a se auto-punir por não serem simplismente perfeitas. Acho que ninguem é nem mesmo a modelo mais desejada, nem mesmo Isabeli, por mais linda que seja.

    E quanto á se homem gosta ou não de mulher magrinha, quem deve achar ou não é você, e um cara deve gostar de você pelo que você é, icluindo suas imperfeições.

    Viva a liberdade!
    Beijos e tudo de bom, Gabi

  28. 28Carla (Paradis)

    Eu acho que toda essa crítica em cima da Isabelli é pura hipocrisia. =/
    Eu gosto de ser magra, mas essa tranquilidade e maturidade com relação ao peso e à saúde só vem com o tempo. O padrão estético da moda dificilmente mudará, mas se criassemos as crianças desde pequenas com hábitos saudáveis (praticar esportes e aprender a comer salada, por exemplo) talvez o número de garotas anoréxicas fosse menor.

    http://www.leblogdeparadis.blogspot.com

  29. 29Roberta

    Meus pais têm o biotipo de magrinho palito, mas eu nunca fui assim, nem quando criança.
    Gosto do meu corpo como ele é, e mesmo assim eu tenho que fazer alguns sacríficios em nome dele.
    Tenho quadris largos e coxas grossas. Uso calça 42 mas na cintura poderia ser 38.
    Isso sempre foi bom em termos de.. conquista. Me senti meio vagaba agora, ahahaah
    Mas em termos de vestir, realmente, a coisa pega. Muitas das roupas que eu acho lindas, modelagens excelentes me deixam enoooorme de gorda.

  30. 30Mis

    1° parabéns pelo post, mt pertinente….
    eu sou meio gordinha, mas meu sonho é ser magra, não de forma excessiva, mas magra pra que qd eu for comprar roupas, não precise experimentar a loja inteira, nada ficar legal, ficar depre por isso e ir comprar sapatos ja que ropuas não ficam mt bem!!!!
    o ruimm dissoé que uma hora vc é obrigada a comprar uma que fique ruim pq se não fica sem roupa!!!
    minha vida, meu drama, rsrsrsr

  31. 31PAZIAM

    gostaria que voce visse minhas fotos no http://www.paziam.wordpress.com
    e se voce gostar me coloque na lista dos blog fashion friends.
    beijao
    paziam

  32. 32Nai Romero

    Ok, voltei. rs

    Ser magra é uma coisa. Todo mundo gosta, afinal, nós sabemos que o excesso de peso vem junto com vários problemas de saúde; a questão é como ela se expressou e bom, nós sabemos muito bem que ela não se “expressou mal”, sabemos sim o que está na cabeça dessas pessoas.

    A parte do “é mais chic” é péssima, quem disse que não existem muitas gordinhas chics? Quem aqui não lembra de uma menina gordinha em um post do “Oficina de Estilo”, acho que o nome dela era Ivi – a menina era linda e super bem vestida, ou seja, era chic sim!

    O mundo da moda pede mulheres magras? Não, ele pede mulheres magérrimas que quase sempre estão abaixo do peso ideal para sua altura e sofrem para mantê-lo; desenvolvem doenças (bulimia/anorexia), doenças pela falta de nutrientes adequados e até tomam remédios, ou como minha irmã me contou (ela estuda enfermagem e isso é uma informação passada por um professor), compram proglotes no mercado negro (um absurdo, né!).

    Quando eu queria fazer moda, meu sonho era promover um desfile com mulheres normais: magras, magérrimas e gordinhas. Queria colocar um desfile só com mulheres magras, mas magras mesmo e não esqueléticas – vejamos várias atrizes lindas e que são só magras e não esqueléticas, ou seja, o “padrão normal”.

    Sinto muito, mas as peças de roupas Não caem melhor naqueles esqueletos ambulantes que vemos na passarela! Caem melhor em mulheres magras? Bom, até caem, mas não naquelas que vemos na passarela; quantas vezes não falta um “recheio” ali? rss

    Pra mim, a escolha por mulheres-esqueletos é economia… gasta-se menos panos ;)

  33. 33Paty

    Nunca fui seca, mesmo quando tava magrinha magrinha por causa de um problema de tireóide…sou bem brasileira, bundão, coxão hahahahaha e sinceramente ?? A-D-O-R-O pagar de gostosona hahahahahaha coloca uma calça jeans nessas modeletes pra ver se “preenche” ? Prefiro minhas calças 40 e meu corpão violão (conquistado com muita corrida meninas, nada é de graça) do que uma calça 30 e uma ausência total de cérebro e vida…

  34. 34dayana

    (hahaha momentinho nerd e fora do assunto também, quando fui pro Japao em 2005 com a torcida organizada do Sao Paulo (meu lado maloqueira, rs) ver o mundial, essa figura foi com o ex marido dela, o Henri Castelli, e fato colega que ela soltava umas perguntas bem toscas. Tudo bem que mulher não é obrigada a entender de futebol, mas saber o que é lateral, bem, acho que isso sabe!)

  35. 35Thalita Domingues

    Como muitas, já estive dos dois lados.. aliás, 2 vezes em cada.. Explico: qndo criança, eu era magrela, dakelas crianças que não tem barriga, o braço é só akela carninha em volta do osso e tal.. até os 12 anos era assim.. Até que aos 13, a combinação corticóide+hormônios da puberdade me deixaram gordinha! sim, e aí foi um perrengue.. pq se a sociedade já é má com os gordos, os coleguinhas de escola conseguem ser piores.. e olha q eu nem era GORDA.. eu só fikei acima do peso.. bem, 1 ano e meio depois eu emagreci tudo que pude e gente, fikei horrivel! haha! era só cabeça!!! engordei um poukinho e fikei ótima.. enfim, assim fikei por mais 6 anos, até chegarmos aos meus 20 anos quando mais uma vez uma mega hiper ultra dosagem de corticoide me fez ganhar 10kgs a mais e uma pré-diabetes… comecei o tratamento ano passado e a pré-diabetes foi controlada mas só perdi 2 dos 10kgs que engordei..

    Aí o ‘problema’: eu gostaria de estar mais magra? sim! mas não sofro por isso… lógico que qndo ponho um bikini eu não me sinto a mulher mais linda e gostosa do mundo.. e isso eu quero mudar (minhas resoluções de ano novo são: passar num concurso e emagrecer).. mas eu sou tão feliz, vivo bem, sem problemas de saúde (além do peso claro), amo e sou amada, tenho um namorado maravilhoso (começamos a namorar antes de eu engordar, ele sabe do pq do ganho de peso, me incentiva a comer melhor e emagrecer se essa for minha opção..)..

    Acho que a felicidade de alguem não se baseia no peso.. afinal, vemos mtas magras em depressão, certo? felicidade é algo que se cultiva ao longo da vida! tds temos direito a ela e devemos saber disso para sair do fundo do poço em que as vezes nos encontramos.

  36. 36Thalita Domingues

    AH, outra coisa.. semana passada passou um programa da Oprah sobre pesoe beleza.. No programa (só vi uma parte) foram convidadas mulheres de diferentes nacionalidades e eu vi a parte em que estava uma brasileira e uma menina da Mauritânia… A brasileira fez uma materia em que nós apareciamos como obcecadas pelo corpo, pela beleza e que faziamos de tudo inclusive gastar td o salario com salão de beleza (mostraram uam moradora de uma favela, acho, do rio falando isso).. A menina da Mauritânia (que aki seria considerada gordinha e fora dos padrões de beleza) disse que lá ela era considerada ok, mas que podia ser mais gordinha, que tds ficam loucos qndo ela diz que está de dieta e que rola um mercadonegro de estimulantes de apetite….

    vai entender…..

  37. 37Letícia Oliveira

    NOSSA RIDÍCULA ESSA É MULHER!JOGA UM TOMATE NELA!

  38. 38Cacau

    ôu ôu ôu ôu, pega o banquinho nacarado para eu sentar!!! Quanta informação!!!

    Antes de mais nada, voltei, minha linda amiga!!! Obrigada pelo seu carinho! Tô ótema, trabalhando, postando, comentando, feliz e contente!!! Rs…

    Vamos à sua pergunta: “Só as magras são felizes?” Claro que dãaaao!!!

    Muita gente aqui escreveu que o padrão de beleza é o da magreza. Pára tudo. Vamos como Jack: depende do que se define por padrão. Se for o padrão ocidental, de século XXI, sim, o padrão é o da magreza. Mas se for em relação a outras culturas, o negócio é diferente.

    O conceito de beleza é algo que podemos estudar, estudar, estudar e ainda teremos mais para discutir. Não é à toa que existem até pós e mestrados em estética (da arte).

    Basta lembrar que em outros períodos, a gordura era vista como algo lindo, magnífico, super dentro dos “padrões”. Quem não lembra da Vênus de Willendorf da era paleolítica? Aquilo era o verdadeiro padrão para eles, pois representava a fertilidade. Assim como quem não lembra das gordinhas de poucos seios do Renascimento? Os homens babavam por elas e aquele era o padrão estético da época.

    Hoje em dia temos o padrão da magreza aqui no ocidente, mas devemos lembrar que em muitas regiões do oriente o belo é o “corpo que enche uma cama” – segundo frases ditas e repetidas por eles. Eles associam o corpo rechonchudo, quadris largos, com aquela mulher generosa, que será capaz de dar ao homem belos e muitos filhos, desempenhando belamente seu papel de mulher/mãe.

    Algumas tribos também enxergam o peso acima do “nosso” padrão como fertilidade.

    Muito se fala em ter um peso magro para ter uma vida saudável. Mas a saúde não passa só pelo corpo, a cabeça tem que estar legal também. Se o corpo está em dia, mas a cabeça tá um nó, sinto em dizer, mas essa pessoa não está saudável.

    Aí é que está o X da questão. Tem gente que faz de tudo para alcançar o padrão que o mundo impõe e não respeita os próprios limites. Todo mundo conhece alguém que se entupiu de remédios para emagrecer e se tornou uma pessoa magra e mal humorada, estressada, de difícil convívio.

    A receita é tão simples… Cada um deve se olhar no espelho e verificar se está satisfeito/saudável ou não com o que vê. Se não estiver, modifique de forma gradativa, sem se auto-implodir. Mas essa visão tem que ser uma visão certeira, sem poluições midiáticas, sem pressões da sociedade. Daí é que se torna complicado. Pois querendo ou não, sempre buscamos ser aceitos. Somente quando conseguimos distanciar a nossa consciência integral do nosso EU físico é que somos capazes de tal façanha…

    Se eu consegui isso? Claro que dãooooo!!! Rs… Mas sei que esse é o caminho, mas conseguir isso são outros 500. Sempre nos vemos pressionados e cedemos, cedo ou tarde. Benditos aqueles que conseguem chegar lá…

    Agora a pergunta: quantos aqui disseram que sim, somente as magras são felizes mas tem mãe ou avó gordinhas? Possivelmente algumas. Ou muitas. E serão essas mamães e vovós infelizes por estarem acima do peso “padrão”? DU-VI-DO! A experiência traz a sabedoria!!!

    Beijocas, lindona!

  39. 39Karen

    Isso é bem pessoal. Acho que a pessoa deve se sentir bem com o peso que tem. Algumas pessoas se sentem melhor estando magra. Eu, por exemplo, tenho 1,67 e já cheguei a pesar 56, num período que morei fora, mas esse não é meu peso normal, que sempre foi 53/52 kg. Mas com o tempo, trabalho, estudos, o tempo pra comer ficou escasso, e eu comecei a praticar corrida há 1 ano e emagraci já faz um tempo pra 50kg. Sei que estou meio magra, mas eu como direito! foi por causa do esporte mesmo. Mas confesso que meu peso ideal, é 52, por aí. Eu com uns quilos a mais não me sinto bem, embora as pessoas continuem me achando magra. o que não pode é a pessoa ficar doente, fazendo mil dietas, comendo comidas erradas, pra se encaixar no padrão de beleza de revista. mas concordo que as pessoas tem que buscar o peso ideal, e isso é muito pessoal, vai de cada um.

  40. 40JuD.

    Sweetie,pelo que ví as meninas fizeram verdadeiros tratados sobre o assunto por aqui,e confesso que tou com preguicinha de ler,então vou dar logo meu pitaco.
    Morro de nojinho da Isabelli, os olhos dela são lindos, mas o olhar dela,para mim, é super triste! Além da mona ser uma porta de burra,néééam? Só um ser humano MUITO cabeça oca para não levar em consideração o impacto que sua opinião,como pessoa pública e bem sucedida no que faz, pode acabar com a auto-estima e a saúde de muuuuitas meninas que sonham ser que nem ela.
    Sobre a pergunta do post, vou concordar com a Marcela aí de cima que disse que só quem ama é feliz! Tive um problema hormonal,engordei bastante em um curto espaço de tempo,mas me sinto amada, e amo móóóinto, por isso me considero super feliz. Hoje com o problema hormonal regulado,tou emagrecendo normalmente, sem dietas radicais, sem nada,mas sempre feliz e amando,hahahaha.

    Beijocas!

  41. 41Lorena Abdala

    Gente, alguem aqui por acaso perdeu um trabalho ou foi demitida por estar pesando 3 quilos a mais, ou foi alvo de fofoca no prédio todo porque decobriram que vc tinha uma pobre celulitezinha??? Creio que não. De fato, a fala da Isabeli foi bem infeliz, pois o impacto social disto é grande, em plena campanha contra a anorxia-bulimia a bela solta uma perola dessas. Mas vejam um outro lado, Isabeli é apenas um produto do sistema, ele vive disso é a profissão que ela escolheu, no meio profissional dela, um dos quesitos é ser magra, pra um bom advogado é ter ganho muitas causas, por exemplo…A fala da modelo não é novidade, Coco Chanel já dizia isso: que suas roupas eram para modelos eram magras pois caiam melhor.
    E pensando em sistema capitalista…se temos que fazer com que um produto seja vendavel, eral será melhor aceito se acampanhado de um belo cabide e não de uma bigorna
    Então acho que a mensagem de isabeli, pode querer dizer,apesar de ela nao ter congnição para entender isso é que o ser boa no seu trablaho é ser feliz, no caso dela ser boa no que faz, entre outras coisas é ser magra, no caso de uma professora é fazer com que seu aluno parenda…
    acho que é isso!
    kisses!

  42. 42Lorena Abdala

    sorry pelos errinhos de português, escrevi rápido!

  43. 43mi

    muito medo dos comments… desde qdo 49kg é OK? oi?? para 1,56, 1,67m????

    pra mim um peso legal é 52, 54kg para essas alturas… enfim…

  44. 44cIL

    Afê… dizer que a Scarlett johanson é rechochuda é ridículo! KKKKKKK!!!!
    Eu já fui magra (1,64 m e 48 Kg). Comia feito uma condenada, tipo em bandejão no restaurante universitário, você não via as divisões… já passei muita vergonha por conta daquilo. E não ganhava um grama. Era difícil comprar roupa, já que na época o ideal era um manequim 40-42. Achar calça 38 ou 36, só na sessão infantil. Era horrível. Eu detestava. Felizmente, nada como os 30 e anticoncepcionais. Hj tenho 63 Kg bem distribuídos. Nunca estive tão feliz.

  45. 45fernanda

    o que pode ser pior? um mulher pesar o mesmo que um africano aidetico que vive abaixo da linha da miséria OU UMA MULHER PREOCUPADA ONDE O HOMEM QUER PEGAR, COXA OU OSSO.
    isso é patético. auto-estima e bom senso JÁ. E FODA-SE onde os homens quererm pegar. no fim das contas as pessoas se apaxonam pelo que? uma bunda ou uma pessoa?

  46. 46Aline

    É mais feliz a mulher que se ama, que tem auto-estima suficiente para não achar que ela só vai ser feliz se tiver um corpo que revista x ou estilista y acha que ela deve ter. Eu não sou modelo, então não tenho necessidade de ser super magra.

    Quando eu era adolescente era alta e magra não porque achava isso bonito mas pq não conseguia engordar mesmo!!! Só que a medida que fui saindo da adolescencia, meu corpo começou a mudar e hj tenho o maior orgulho de ser alta, ter busto grande e quadril largo (tenho 1,76 e 67 kilos)!! No dia q entrei num jeans 42 me senti mega realizada. E sou feliz assim!! Não quero usar jeans 38 nunca mais!! Tenho amigas q gostam de ser magras, não gostam de quadril largo e tb são felizes!!
    Amo meu corpo e jamais vou querer muda-lo só pq meu quadril não “comporta” um vestidinho da moda ou pq meu busto “rejeita” um tomara-que-caia.

    Quanto ao que os homens preferem, não é todos q curtem o estilo “gostosa”. Um dos meus melhores amigos a-d-o-r-a mulher magra. E nenhuma mulher no mundo vai conseguir ser perfeita aos olhos de toda a ala masculina.

    Meninas, auto-estima acima de tudo!! Vamos nos amar!!

  47. 47Érika

    Vou comentar neste post antigo só pq sou do “contra”. Já fiz dieta para chegar ao manequim 40, e não gostei do resultado, me achei muito reta. Larguei da dieta de propósito para engordar um pouco, e hoje estou com manequim 44 e, apesar de achar q eu ficaria até melhor com uns 3 ou no máximo 4 quilos a menos, sei que estou mais feliz com a minha aparência hoje do que quanto pesava 15 quilos a menos. Tenho 1,70 e 66 quilos, o que muita gente aqui consideraria um absurdo, mas meu padrão de beleza sempre foi a Mônica Bellucci, jamais a Kate Moss (eca!). Todos os meus namorados sempre me preferiram mais cheinha. Óbvio que isso é pq sou do tipo que tem “corpo” mas não tem barrigão (mas sim, corpo violão), pois ter barriga não é saudável (cientistas já comprovaram que a gordura que faz mal é aquela que se deposita na barriga, e não nas coxas, quadris etc), logo, como meu IMC está dentro no normal, sou saudável, e não estou fazendo apologia da gordura, pois hoje em dia tem muita menina largada e relaxada por aí que engorda, fica com uma pança absurda, algo que até coloca em risco a saúde. Mas, entre o manequim 40 e o 44, que uso hoje, sou mais o 44, tenho corpão e com orgulho. Mas é claro que gosto é gosto, essa é a minha opinião. Quanto à Isabeli Fontana , ela é modelo e tem que ser magra mesmo, pois a indústria da moda pede isso. Mas o que não entendo é pq não assumir tudo o que vem com a “magrice”, ou seja, os seios pequenos. Essas duas bolas de silicone totalmente artificiais na frente do corpo dela são ri-dí-cu-las, e são a prova de que as magras não são necesariamente mais felizes com seus corpos. Se ela fosse feliz, sentiria-se suficientemente mulher sem precisar implantar um bagulho desses, que chega a ser grotesco de tão fake.

  48. 48gleice

    olha nessa foto a isabeli ta horrorosa o vestido deixou os seios dela orriveis!
    de bonito nela so tinha o henri so que nem isso ela soube segurar.
    sei que so as magras são felizes.por que? por que tudo foi feito pra elas. vc entra numa loja e roupa bonita so vende do manequim 38 pra 36. vc pega o mesmo modelo 42 e fica horrivel. o mercado faz roupa pensando nas magras como se so existissem elas no mundo! tenho 20 anos 1,60de altura e peso 65kg sei que meu peso ideal seria uns 49 a 50kg mais é tão dificil. se alguém poder me ajudar me dando dicas, conselhos é so mandarem imail pra mim para o endereço: gleicevieira@ymail.com desde ja agradeço e mando o seguinte recado. gordura não é sinal de saúde procurem olhar pelo lado medico pois os gordos são os que mais sofrem com problemas de saude!!!

  49. 49Gabriela

    Olá querida, sou uma fiel leitora do seu blog, dificilmente comento porque não disponho de muito tempo.
    Primeiro gostaria de elogiar seu trabalho e sua pessoa, além de linda é inteligentíssima e não me venha com contradições do tipo: Você precisa de óculos rs.
    Respondendo a questão do post: Tenho complexo com meu corpo desde sempre, tenho 49 kg, 1,72 de altura, bastante busto e nadaaa de popozuda kkk.
    O que me preocupa são essas meninas querendo a todo custo serem magras, enquanto eu venho tentando desde pequena engordar (por isso entende-se vitaminas, academia e afins).
    Entendo que estamos todas erradas vivendo descontentes com nossa aparência, pois não estar feliz com o corpo é algo muito, mas muito chato.
    Deveria me orgulhar de minhas pernas finas e compridas, pelo contrário as escondo a todo custo.
    Terapia já pra essa gente doida (incluindo-me rs)
    Ahh desculpa o comentário tardio, só agora deu pra ler os posts gigantões…
    beijoo

  50. 50LM

    Homem não gosta de mulher magrinha? ó! Faz-me rir. Eu tenho 1:60 de altura, peso 42 kg, e sou a garota que mais chama a atenção em meu grupinho de amigas de 5. Minhas outras amigas não são gordonas, 1 é até bem peituda tem o corpão de mulher, já eu sou bem magrinha, meus seios são pequenos, meu bumbum é médio, tudo bem proporcional ao meu corpo. E quem chama mais atenção? adivinha quem? eu, com meu corpinho magérrimo. Não é as “gostosonas” com muito carne não, sou eu. Aonde passo recebo cantadas e mais cantadas, isso é fato. Ano passado eu tava querendo começar uma dieta para ganhar massa muscular, e estava até praticando exercicios fisicos e indo todos os dias para a academia. E sabe o que o pessoal falava para mim lá na academia? incluindo homens também… “Menina você tem o corpo tão lindo, magrinha, uma gracinha, se eu fosse você nem vinha aqui sofrer, porque você não precisa disso!!”, meu ex namorado não queria que eu engordasse de jeito nenhum, pois ele dizia que essa história que mulher tem que ter carne pra apertar é papo furado, babozeira que as gordinhas inventaram!

    É, agora me diga: Será que os homens realmente não gostam das magrinhas?!

  51. 51lu michelon

    EU ACHO BONITO SER MAGRA,E O CORPO DE ALGUMAS MODELOS TBM ESTILO A ADRIANA LIMA,A GISELE,E A ISABELLI…AGORA FALA SERIO ,ELAS SÃO BONITAS PORQUE SÃO MAGRAS MAS ELAS TEM CURVA,NÃO SÃO CMO UM BANDO DE ANORÉXICAS POR AI Q PARECEM UM PALITO…SER MAGRA COM MODERAÇÃO ESSE É O LEMA.

  52. 52brotinho

    EU SOU MAGRA + TENHO BUM BUM LEGAL … JÁ VESTI 36 AGORA VISTO 38 EU HJ OS HOMENS ME OLHÃO +…

  53. 53Carolina

    Se as magras são mais felizes? Eu não sei. Sei que já fui de um extremo ao outro e por ter vivido um bom tempo acima dos 3 dígitos SEI que a vida pras magras é muito mais fácil, digamos assim. O olhar das pessoas pra quem é gordo, especialmente sendo mulher, é o de desaprovação, a pessoa ser gorda = relaxada, suja, porca. Isso digo sobre obesidade mesmo, n estar c 3kg acima do peso. Me sinto hoje muito melhor na faixa dos 59-61kg do que na dos “cento” e não por motivos de saúde… Não tem como a pessoa não se sentir melhor sem aqueles olhares maldosos q a seguem o dia todo…

  54. 54clara

    Eu concordo plenamente com a isabele fontana eu acho q tadas as mulheres deveriam ser magras pois odeio gordura eu sou magra perfeita mais busco emagrecer mais ainda… eu tenho uma amiga obesa todo dia q vem na minha casa eu falo pow vai emagrecer mulher, vc é GORDA isso afasta os rapazes de vc. pelo menos sei q emprego de modelo não vai me faltar porque alem de altura e principalmente magreza eu tenho comigo…. além do mais “É CHIK SER MAGRA…
    BEIJOS…

  55. 55BEATRIZ

    ÉÉÉÉÉÉÉHHHHH isso aí isabele fontana defende suas amigas fãs da beleza feminina ser magra é isso aí, corpo perfeito não só lhe dá bom marido, mas tambem te dá fama…. É ISSO AÍ MULHERADA VAMOS EMAGRECER!!!
    AS MAGRAS CHEGAM PRIMEIRO…

  56. 56Sofia

    Olha em meço 1,65m e peso 44kg, me adoro ver magra…mas tenho muita dificuldade em encontrar roupa para mim…mas digo adoro ser magra …faço uma boa alimentação, e muita ginástica…só é pena é não ter a roupa que eu kero…

  57. 57CRISTIANABEATRIZ

    eu sou muito magra e tenho um bocado de desgosto sou uma das raparigas mais magras da minha escola e ao principio a minha nova turma gozava comigo :(
    mas á pessoas estupidas que até têm vergonha de andar comigo!

  58. 58Laura

    Bem , quanto ao assunto de ser magra é ser feliz , é totalmente errado do meu ponto de vista . Todas nó sabemos que mesmo antes de nascer , somos criadas para seguir um padrão de beleza imposto pelo mundo . Não só da moda , mas em todos os aspectos . Mas , o que estamos jugando aqui , é se a felicidade vem apenas para as pessoas magras . Isso trata-se apenas do que você espera da vida . Não só do auto-estima de cada mulher . Mas o fato é que nós precisamos de alguém que elogie , que coloque pra cima , e que nos faça mulher e para isso algumas pessoas são capazes de tudo pra alcançar . Não estamos falando necessáriamentede magreza e sim de felicidade . Acredito que ela vem , pra quem a merece , pra quem corre atras . Nada na vida , vem a toa , e nem de graça . Precisamos ir atras dos nossos objetivos e encontrar a melhor maneira para alcança-los . Se você acha que a melhor maneira para ser feliz , é ter uma barriguinha sexy , tudo bem , é a sua opinião , mas o que não podemos fazer , é descriminar as outras pessoas que pensam diferente de você , e principalmente , as que são diferentes de você . Não estou dizendo que as pessoas que são magras demais é necessáriamente por sua própria vontade , ou quem está acima do peso está satisfeito com isso . O que quero dizer mesmo com isso , é que se estamos realmente encomodadas com isso , tanto exesso , quando falta de peso , devemos correr atras dos nossos objetivos , independente de quais eles sejam . Respeitando a opinião de todos , e a forma de viver de cada um . Eu tenho apenas 14 anos . Pra algumas pessoas é APENAS 14 anos , mas pra mim , é toda uma vida , em que eu já sei o que é realmente importante para ser feliz . E sei que não se trata de cor , nem de raça , nem do tipo de corpo , mas sim , da vontade que cada um tem de ser feliz .
    Beijos ,
    espero ter ajudado !

  59. 59aline

    sou magra sou feliz adoro do jeito qui sou mereço muito deus mim fez desse jeito qui sou mas tenhe muitas pessoas qui falo qui sou magra ai eu digo sou magra mas
    sou linda adoro do jeito qui sou beijinhos gente munca quera emgorda pq e feio demas
    um mulher balei beijos

  60. 60aline

    ajudo sim uma bela mesagem

  61. 61Caroline

    Acho que primeiramente, devemos nos sentir bem com o nosso corpo e estar de bem com a nossa saúde. Não adianta falar que estética não importa, porque importa sim. Duvido que uma mulher não gosta de se sentir linda e receber elogios. Já fui muito magra, por questões genéticas mesmo. Eu comia muito e ainda assim pesava 49 kg (1,72), não tinha bunda, coxa, nada. Me sentia um esqueleto, nada me caía bem, sobravam ossos por todos os lados. Tinha uma aparência doente e fraca. Comecei a praticar esportes e fazer musculação e aos poucos fui ganhando corpo. Hoje peso 62 kg e estou muito feliz com o meu corpo. Me sinto uma mulher, não uma menininha. E, na boa, ser muito magra nem é tão bonito. A beleza da mulher está no que só nós temos, as nossas curvas maravilhosas! rsrsrsrs! Hoje não tenho restrições, continuo comendo de tudo, mas não perco a linha pra não prejudicar a minha saúde. Então, será que ser magra é ser feliz?! Bom, cada um sabe de si! Magras, gordinhas, malhadas, nós somos poderosas de qualquer jeito! Uuh!

  62. 62luciana

    Não énada fácil ser magra. Acho que as magras são muito discriminadas principalmente as altas.As pessoas tem muito preconceito com as magras altas.O Jô Soares que o diga,sempre que tem oportunidade ele detona,humilha e é extremamente preconceituoso com as magras.Já
    o vi falar em várias entrevistas que quem gosta de osso é cachorro e esse comentário me deixa completamente irritada e decepcionada vindo de alguém considerado tão inteligente.As vezes as magras são magras por genética,outras vezes são anorexicas o que é uma doença e fazer comentários desse tipo não ajuda em nada!
    Somos sempre motivo de piadinhas como: Olivia palito,vareta,gazela,girafa,anorexica,seca,somalia,e por ai vai.Sofri muito na adolescência com apelidos,roupas,namorados então nem se fala.
    Com 14 anos já media 1,78 ,estabilizei com 1,80 e o peso sempre sempre 52kg.
    Fiz de td pra engordar mas nada acontecia.Só depois da ultima gravidez atingi um pouco mais de peso (hoje 61kg).
    Acho que as magras e altas se dão bem melhor se seguirem carreira na moda ou esporte.
    Hoje aos 40 anos,mãe de tres filhos(3,10 e 16 anos)é que estou realmente aceitando mais meu tipo fisico e conseguindo jogar melhor com as roupas sem abrir mão do salto alto que amo e sem falar no meu marido que tá sempre me elogiando.Procuro tirar o máximo de proveito da moda ,dos comentaristas de moda,revistas ,programas…adoro moda!
    Já a minha auto estima graças a Deus nunca foi abalada totalmente,sempre dei a volta por cima e sempre procurei não me sentir a ultima das criaturas,afinal tem problemas no mundo muito mais sérios e relevantes do que simplesmente nossa aparencia.
    Sou feliz e quero ver as pessoas felizes.
    Palavrinha chave “Aceitação”
    Fraze indispensável”Amor Próprio”

  63. 63leo

    Complementando a opnião acima;
    Acho que não se pode generalizar e umas pagarem pelas
    outras,como por exemplo : tem mulheres que querem ser magras
    e fazem de td pra isso custe o sofrimento que for,outras são doentes(anorexia é doença)
    e a grande maioria é magra por genética e por isso temos que ter cuidado ao falar desse
    assunto e acima de td aprender a respeitar o tipo físico de cada um.
    E VIVA AS DIFERENÇAS!!!

  64. 64Jordana

    Eu sempre tive o biotipo magrinha, de uns 2 anos pra cá ganhei uns quilinhos a mais e um pouco de altura mas mesmo assim não gostava muito do meu corpo porque queria ter um corpo escultural bunda, peitão e magra. Mas hoje me sinto feliz com meu corpo, vou voltar a fazer academia não pra ralar e ter um corpão mas sim pra eu ficar mais saudável e perder uma barriguinha. Tenho 1,65 e 53 quilos! Decidi que não vou ficar mais me importando com que os outros – incluindo os homens – pensam do meu corpo, se eles não curtem uma magrinha problema deles eu sou feliz assim e além disso ser magra ta na moda e faz parte da moda, que é uma coisa sem a qual eu amo muito! As magras podem ousar mais nas roupas sem ficar vulgar, já quem tem muito corpo tem que tomar mais cuidado!

  65. 65nany correia

    olá, eu sou meio cheinha e me sinto uma pessima pessoa as vezes tenho vontade de morrer por causa disso minha familia diz que não sou gorda mais isso é só para me deixar melhor eu tenho 18 anos tenho 1,57m de altura e peso 54 kg me sinto horrivel alem do mais sou sem bunda entrei a mais ou menos uma semana na academia mais minha ansiedade não me faz parar de comer já provoquei vomito algumas vezes e não sei o que fazer estou pirando já pq meu sonho é ter um corpo perfeito desculpe-me pelo desabafo é que não sei como agir e precisava falar………

  66. 66isadora

    este assunto e muito complicado…eu sou magra mas digo uma coisa a todas…fiquem da maneira q vcs acham q vai ser felizes…este negocio de corpo n tem nada haver,e outra…as magrelas tbm tem dificuldades e principalmente na hora de compra roupa =p…entao pense bem antes de começar a para de comer ..

  67. 67Bianca

    O que acontece é que tanto gordinhas quanto magras sofrem preconceito. E uma boa parte das pessoas que estão acima do peso estão porque querem. E ficam reclamando.
    Eu sou magra. Sempre fui muito magra. (visto 34) E sofro muito preconceito.
    E as pessoas acham que eu tenho que aceitar o preconceito e “calar a boca” porque eu tô dentro dos padrões exigidos.
    Com isso magras passam a odiar gordas e as gordas odeiam as magras pelo simples fato delas serem magras, sem nem falarem nada. Isso tudo porque a mídia impos.
    Enfim, isso não vai acabar nunca. Tô cansada de ver site de “orgulho de ser gordinha” falando do lado bom de ter carne a mais. E sempre que falam algo bom pra aumentar a auto-estima das gordinhas, elas ofendem as magras.
    Tentam construir a auto-estima diminuindo quem é magra e não se aceitando.

  68. 68Tatti

    Meninas os homens não gostam das magrelas, pelo menos os heterosexuais.
    Homem que é homem gosta de carne, comprovei isso na vida real …hehehe
    Aliás vcs já pararan para pensar pq o mundo da moda é vidrado em magreza anoréxica?
    Porque quem manda no mundo da moda são os gays!
    Homem gosta de churrascaria, quem curte “saladinha” são os gays.

Leave a Reply